blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

Post Top Ad

domingo, 24 de junho de 2018

Decadência Financeira Mundial - A era da crise infinita?

15:48 0

Será que estamos prestes a viver um apocalipse financeiro mundial? Quem nasceu rico vai morrer pobre e quem nasceu pobre vai morrer miserável?


Amigos, estou chegando na metade da vida e digo para vocês: nunca vi anteriormente uma decadência financeira tão grande aqui nesse país chamado Brasil!

Sei lá, parece que as coisas só pioram todo dia! Não vejo quase ninguém mais empolgado quanto ao futuro.

Cada dia que passa parece que fica cada vez mais difícil economizar e planejar a vida financeira e o futuro. 

O que vejo desde meados do fim dos anos 90 e que vem piorando a cada dia:

*mesmo cortando gastos e economizando no nível mais hard core a inflação vai comendo nossas economias;

*quando tentamos fazer render aquelas economias sofridas acabamos por ver os bancos e corretoras comendo mais da metade de nossos lucros com taxas ou o governo levando boa parte embora;

*e para arrebentar a boca do balão, as empresas não pagam mais trabalho extra ou super bem feito com dinheiro ou promoções!

Eu fico pensando revoltado: meus pais conseguiram comprar casas e manter nossas vidas com suas horas extras que eram pagas em dinheiro, eles sequer tinham concluído o primário quando eram solteiros e conseguiram acumular dinheiro através de trabalho extra, e eu hoje com o título de "especialista" em uma área da TI até hoje não vi ainda uma empresa da área que pagasse hora extra em dinheiro, só usam o maldito banco de horas.

Mesmo quando eu trabalhei em outras áreas em outros cargos e funções, NUNCA recebei dinheiro por trabalho extra! Que futuro vai ter uma geração de jovens que além de se vender por tão pouco ainda não recebem em dinheiro o trabalho extra que realizaram! Isso é um escarro na cara do trabalhador! 

Fico imaginando a cena: eu entro no banco e falo para o gerente que pretendo financiar uma casa ou um trator, ele fica feliz e pergunta como eu pretendo pagar as mensalidades, eu então, super sagaz tiro de uma pasta várias folhas de ponto com planilhas do Excel onde podemos ver  milhões de horas extras que me devem como banco de horas nas empresas em que trabalhei ao longo da vida...



A gente assiste esses babacas vendedores de ilusões (cursos) falando que a saída é o empreendedorismo e a inovação... Mas como empreender nesse país lixo em que tudo é taxado e se a gente tenta registrar uma patente ou uma simples marca-logotipo enfrentamos uma burocracia insana e temos que pagar taxas absurdamente altas! 

Para vocês terem uma ideia, fui registrar uma patente de uma aplicação e uma logomarca: o processo ficou em mais de 6 mil reais! SEIS MIL REAIS!!!!! Só para um bando de funças chimpas que não entendem nada de tecnologia darem um carimbo e certificado válido por apenas 10 anos e que uma vez expirado temos que refazer todo o processo idiota novamente. Lixo!

Vejo na minha rua em que moro essa ilusão de ser um microempreendedor: nos últimos 5 anos cansei de ver dezenas de microempreendedores abrindo seus negócios e falindo, um seguido do outro, aqui ao lado tem uma casa em que acabaram de abrir uma ótica que antes já foi: pizzaria, lanchonete, hamburgueria, loja de cosmético, mini-mercado, puteiro e até igreja evangélica, todas quebraram em poucos meses. 

Os que conseguem se manter sobrevivem no esquema de roer uma unha enquanto a outra cresce, empreendedorismo de subsistência. 

Meu inquilino empreendedor é um exemplo: ele me mostra sua folha de impostos e eu fico louco de ver o quanto o governo lucra com tributação! Cadê a minha parte! Cadê o retorno dessa fortuna roubada de nós???

Eu nem me admiro mais quando um conhecido meu com seus quase quarenta anos vai embora do Brasil se aventurar num intercâmbio pra lá de duvidoso em um país semi-pobre da Europa ou da Ásia... Aqui não temos mais esperança de bons tempos e quando a esperança morre meus amigos, fazemos qualquer coisa para te-la de volta, até ir embora para outro lugar e viver fazendo coisas ou trabalhos que somente um analfabeto completo aceitaria fazer.

Desculpem pelo texto tão baixo astral amigos, mas sei lá, estou cansado. Não aguento mais ver tanta desesperança e desvalorização do trabalho...

Estou farto de receber ligações nos dias de minhas folgas e ter que ir trabalhar mesmo sabendo que não receberei aquelas horas sofridas em dinheiro. Banco de horas pra quê? Pra cair morto na cama e somente conseguir se levantar 24 depois de se recuperar a mente cansada? 

E isso não ocorre somente na área de TI não amigos, as empresas estão com equipes reduzidas e por isso sobra trabalho pra fazer, tenho amigos contadores que teoricamente deveriam trabalhar somente nos dias úteis mas vivem o mesmo drama e exploração que eu, meu primo por exemplo, já está quase perdendo sua mulher por conta disso, de nunca estar em casa nos fins de semana e somente pagam seus bancos de horas na SEGUNDA FEIRA quando sua esposa e parentes estão TRABALHANDO...

Tive um patrão que nasceu rico mas estava empobrecendo rapidamente: ele me mostrava as fotos dos bons tempos em que sua família tinha cavalos, fazendas e lojas nas áreas mais nobres de São Paulo, ele, coitado, fazia de tudo para manter sua única loja ainda aberta de pé. E o cara não fez nada de errado, muito pelo contrário, trabalhava até mais que a gente que era empregado, por causa da burocracia, justiça trabalhista corrupta e fiscalização inútil, sua família foi perdendo a riqueza acumulada gradativamente. Lembro que uma de suas empresas que mexiam com outdoors foi à bancarrota quando um prefeito idiota impôs a lei da "cidade limpa": foram centenas de empregados desse meu patrão para a rua da amargura aqui em São Paulo.

Bom final de fim de semana amigos, nem tive folga essa semana novamente... Estou aqui no Home Office, finalizando minha jornada de quase 48 horas (comecei sábado 17 horas e terminei agora), exausto, cansado, com a mente girando, nem sei como consegui escrever esse texto aqui, acho que a raiva desperta minha criatividade, mas o pior mesmo, é saber que não vou receber essas horas extras em dinheiro, sabe-se lá quando vão me pagar.

Att Gerson Ravv 












Read More

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Bitcoin Crash

17:13 9
Esse texto é somente para dar um alerta final para os cripto-otarios:  

VENDAM TUDO OU VOCÊS VÃO SE LASCAR!!

Bitcoin é fraude! É insustentável! É migué pra tirar dinheiro de vocês! Apenas uma bolha! Um cassino com uma conta de luz muito alta! Diga não ao Bitcoin! Boicote as criptomoedas! Saiam desse esquema lixoso!  Att Gerson Ravv
Read More

domingo, 17 de junho de 2018

Pequenas Seitas & Grandes Negócios

19:28 14

Rompendo de vez com as religiões institucionalizadas!


Olá leitores! Tudo bem? Hoje vou tratar de um assunto que muito me incomoda: RELIGIÃO.

Sempre fui muito introspectivo, meditativo e vivia mergulhando em minhas meditações sobre minha vida, o mundo e demais assuntos humanos. Essa minha característica me levou naturalmente à tentar buscar conhecimento nas religiões criadas pelos homens...

Minha mãe frequentava uma seita e apesar de eu praticamente ter nascido lá dentro, com 6 anos de vida eu já torcia o nariz e esperneava para não ter que ir lá: detestava aquele lugar chato, com gente feia, pobre e ferrada, gente que ficava gritando desesperadamente por salvamento espiritual, cura de doenças ou prosperidade financeira... Nem gosto de lembrar! O rejeito da sociedade e a imagem do fracasso pessoal a gente via lá...

Com 10 anos eu já não ia mais nessa seita e graças aos céus, minha mãe, muito mente aberta nem ligava e não pegava no meu pé. Mesmo assim eu rezava várias vezes por dia, rezava para agradecer os momentos felizes, rezava ao enfrentar dificuldades e era algo simples: somente eu e minha mente, eu meu "D'us" particular, acima de tudo, sempre procurava agir no mundo com bom senso e moderação, simples assim...

Mas mesmo assim, eu sentia falta e necessidade de praticar rituais ou práticas em grupo.

Um dos primeiros livros que li no primário e que marcaram meus modos de encarar o mundo e os homens


O Líder Pilantróviskis 

Essa seita que minha mãe frequentava tinha líderes em cada uma das comunidades em que se erguia um local de reunião de seus membros, lembro que o da minha mãe era um tiozinho muito carismático e com tremendos poderes sobre sua congregação de fiéis fanáticos.

Para minha mãe e demais fanáticos, era D'us no céu e o líder Pilantróviskis na Terra! 

Certa vez precisei ir fazer um trabalho em um local bem distante, quase já chegando em outro Estado, terminamos o trabalho (estávamos em equipe) quase uma hora da manhã e o único local em que poderíamos comer pelo menos uns tira gosto seria numa boate do bairro chique em que estávamos.

Fomos para lá, enquanto esperávamos as porções para comer, eu escuto uma voz familiar! O cara visivelmente semi-embriagado contava vantagem:

"Meninas! Meninas! Vocês tem que me obedecer hein?! Eu na minha igreja, só dou um olhar e um monte de otário responder amén! Peço dinheiro e me dão tudo! Dou uma piscadela e as cachorrona cai em cima de mim já colocando as calçolas de lado!" 

Eu olho em direção da voz e quem eu vejo? O próprio Líder Pilantróviskis abraçado com duas prostitutas loiríssimas, parecia um comercial de cerveja nos anos 90 a cena...

Pelo que fiquei sabendo, a casa desse líder caiu alguns anos depois em meio à escândalos e brigas feias por poder e dinheiro dentro dessa seita. Minha mãe quase virou ateia nessa época.

Olha o Spinoza ai man! Uso a dialética marxista para analisar a sociedade moderna e sua vida econômica (não sou comunista!) e Spinoza e sua Ética suprem a minha necessidade de meditar sobre os aspectos não financeiros da vida.



Em busca de algo maior e de um grupo me lasquei!

Molecão, eu com minha necessidade de praticar rituais em grupo, fui parar numa comunidade de malucos naturebas semi-escravos de vigaristas gringos...

 Se quiser saber sobre isso, leia aqui: http://www.blockchainsupertrader.com/2016/06/uma-aventura-fedorenta-em-harmonia-com.html

Quando vi que era uma tremenda roubada cai fora! Ainda hoje dou risadas quando lembro de um tiozinho maluco dessa comunidade que ficava horas sob o Sol, chuva, frio e chuva com as mãos em formato de concha no ouvido como se tentasse ouvir algo, quando eu perguntava pra ele o que ele estava fazendo ele muito irritado respondia: 

"Silêncio! Seu patife! Canalha! Não escutou? Estou ouvindo os tambores de SHIVA!" Eu caia na gargalhada e falava "Aaaaah! Vai se lascá!" e era duramente repreendido pelos outros fanáticos zumbizóides. Kkkkkkkkkk! Eu era um BRHUEHUE na época em que nem existia isso ainda!

Bom, se você leu o texto do link acima sobre esse relato, já sabe que eu consegui cair fora dessa seita maluca sem danos maiores para minha sanidade e bolso.

Diversas experiências: uma mais broxante que a outra

Quando eu tinha 10 anos minha mãe sabendo que eu pirava com biologia e história, me deu de presente dois livros que tenho até hoje: "A origem do Homem" e  "A origem das espécies".

Mesmo sabendo que a ciência poderia nos dar respostas sobre quase todos os fatos e dados da vida, mesmo assim, eu padecia daquele sentimento religioso de realmente acreditar em algo místico, além do alcance do entendimento humano (sou assim até hoje) e por isso, ia atrás de religiões e seitas que me apresentavam.

Como sou muito observador, logo nos primeiros 10 minutos dentro de grupos religiosos eu já sentia as incoerências e absurdos ocultos naquelas práticas e ideias pregadas por seus membros e líderes...

Vocês tinham que ver: na maior parte dessas seitas ou religiões, vi que o que mais importava eram AS DOAÇÕES que os membros eram obrigados à fazer! Não importava se o sujeito era um asquerozo nojento que descia o cacete na mulher e nos filhos, não importava se ele chegava no local drogado e embrigado, o que importava era que as doações em dinheiro que ele fazia mensalmente eram altas, por isso, os líderes relevavam e passavam a mão na cabeça do safado! PQP! 



Estudo de caso real de um fanático ferrado: Carlitos

Numa seita da vida, eu conheci o Carlito (nome fictício), e passei uns 3 meses observando sua triste vida dentro dessa seita maluca... Carlitos estava me contando que os líderes da seita exigiam muito dele, sempre prometendo mais acesso aos conhecimentos ocultos ou subida para postos mais altos dentro da hierarquia secreta. Eu era apenas um neófito em observação ainda. 

Certa vez desabafando comigo sobre uma situação difícil que ele estava passando, eu acabei por fazer esse discurso para ele:

"Cara! Para com isso man! Eu já tomei a decisão de nunca mais por os pés aqui! Você não percebe que somente querem nosso dinheiro e tempo aqui? Cara! Você já está no terceiro casamento que em breve já vai acabar igual os outros dois pois você nunca tem tempo para sua esposa e filhos! Sempre atrás desse líder que te escraviza! Você não percebe isso? Man, hoje você fez uma pergunta simples sobre aquela prática anual e viu o esporro que ele te deu? Ele te trata como lixo, sempre te prometendo responsabilidades que sinceramente, não sei no que vão te ajudar na vida! Você vive sem um tostão no bolso, dá tudo para a instituição, para com isso man! Você tem família pra cuidar! Olha pra você, não para em emprego porque vive atendendo aos pedidos dos líderes que te mandam ir para alí e para acolá! Eu tô caindo fora porque nesses 3 meses não vi nada de bom aqui. Sai dessa viagem cara, vem comigo, toma as rédeas da sua vida de volta! Toda semana inventam algo para arrancar dinheiro da gente e se a gente não dá passam a ignorar nossa presença ou simplesmente nos excluem das atividades do grupo, isso é podridão cara! Você não percebe a dualidade dos líderes? Nas mídias e redes sociais são de um jeito, aqui entre nós mostram outro comportamento completamente diferente! D'us é mais do que isso cara! ELE está em tudo e todos, basta usar o bom senso e ser ético, cai fora desse lugar de ganância por dinheiro, poder e fama! E aí? Vamos vazar daqui? Vem comigo man?"

Carlitos escutou o meu discurso com os olhos esbugalhados e quando eu terminei, caiu uma lágrima do seu olho e eu pensando que tinha conseguido libertar ele dessa prisão, eis que o figura responde:

"Meu amigo! Você está sendo usado pelas forças das trevas para me testar! Que D'us te abençoe pois sei que mesmo as trevas estão sob o poder de D'us! Agora que vou ficar mais firme na convicção de galgar postos mais altos aqui no nosso grupo! Que D'us te proteja dessas suas ideias malignas!"

E eu pensando que o pobre Carlitos tinha entendido o meu discurdo...

Essa foi a última seita da qual eu fui observar. RELIGIÃO E RELIGIOSOS NUNCA MAIS!


Conclusão: o melhor é estar sozinho em suas meditações e ter como líder o bom senso e a ética!

Outros pontos que eu fui observando ao longo dos anos nessas diversas seitas em que fiz sondagens:

*religião só atrai gente ferrada, fudida e mal paga que tem medo ou preguiça de encarar seus defeitos e limitações pois é bem mais fácil usar como bode expiatório causas sobrenaturais como espíritos ruins, karma ou outra bobagem qualquer.

*seitas atraem muita gente com complexo de superioridade: vi muita gente que se sentia o supra sumo da humanidade somente porque não comia carne ou porque fazia 365 rezas de manhã ao acordar, gente que olhava as pessoas que não faziam igual e pensavam "Vocês não passam de insetos imundos!".

*seitas atraem gente com complexo de inferioridade: cansei de ver membros dessas seitas sendo humilhados, pisoteados e escravizados moralmente, fisicamente e financeiramente por seus pastores, rabinos, mulás, líderes, padres, etc. Carlitos é um exemplo disso: entregava todo o seu salário do mês e vivia de doações, contas vencidas e todo ferrado...

*líderes de seitas e religiões na maioria das vezes são psicopatas manipuladores gananciosos que usam as pessoas inocentes

*tem gente boa dentro das instituições religiosas, mas a maioria de seus membros possuem algum problema mental que seria facilmente resolvido numa clínica psiquiátrica ou de reabilitação, outros bastariam conseguir melhores condições de vida ou um emprego: religião reúne o rebotalho da sociedade, a escória mesmo, os rejeitados que na inocência e desespero de se livrarem de suas dores e problemas, acabam nas mãos de psicopatas gananciosos.

Mesmo assim, não me considero ateu, sinto que há algo que realmente nossos intelectos não podem compreender ou ver, e por isso mesmo, para quê perder muito tempo com isso? Basta seguir o bom senso, a ética e meditar sozinho, só você e seu D'us interior que também segue a ética e o bom senso. Leio muito Spinoza desde meus vinte anos.

Att Gerson Ravv










Read More

domingo, 3 de junho de 2018

Formado, ferrado e mal pago! O mercado de trabalho moderno: subemprego e exploração garantidos!

18:44 52

Uma visão realista, porém, pessimista dos empregos modernos, geração nem-nem, empreendedores de crise e outras reflexões 


Olá meus 30 leitores fiéis do blog! Vou deixar de lado a continuação do texto anterior pois estou com uma reflexão pesando na minha mente e preciso compartilhar com vocês, até porque ultimamente eu que sempre fui otimista venho entrando em uma vibe pessimista e depressiva... 

Essa greve dos caminhoneiros que tivemos é só um reflexo do quanto o país está decadente em termos de condições financeiras. Fiquei realmente deprimido vendo o semi-caos aqui em São Paulo que essa greve causou apesar de ser a favor.

Vemos a mídia todo dia nos bombardeando com notícias de que cresce o desemprego e que são mais de 40 milhões de desempregados no Brasil, mas o que vejo, pelo menos na minha área (TI, tecnologia da informação e suas ramificações), realmente vejo que REALMENTE SOBRAM VAGAS nessa área!

Não é brincadeira amigos! Em meu novo emprego (tem menos de 30 dias que entrei nessa empresa), os gestores estão penando para conseguir preencher as vagas em aberto nos diversos departamentos da empresa: faltam programadores de diversas linguagens, DBAS, especialistas em infra e analistas de suporte.

E o mais bizarro agora: não faltam candidatos se oferecendo! Um dos gestores conversando comigo revelou que não conseguem preencher as vagas por duas causas principais:

*Falta de preparo e conhecimento de 50% dos candidatos

*Os outros 50% de candidatos que preenchem os requisitos da vagas NÃO ACEITAM DE FORMA ALGUMA o salário e benefícios oferecidos

A empresa não pode aumentar o valor dos salários e nem dos benefícios sob o risco de perder receita pois não sei se vocês sabem, mas a coisa tá FEIA para os empresários das empresas de TI.

Por enquanto essa galera da TI que é  nem-nem e que rejeita as vagas oferecidas ou que não preenchem os requisitos estão sendo sustentadas pelos seus pais ou vivendo de biscates lixosos freela, e no futuro? Vão viver do quê? Preparem-se para o apocalipse nos próximos quando os velhotes pais dessa galera morrerem... Daí sim veremos trilhões de desempregados passando fome. 

Formados e ferrados: ele pensava que iria ser um Washinton Olivetto e seu viu fazendo banners no PhotoShop!

Tenho um amigo que afundou sua família financeiramente para estudar "Publicidade e Marketing" no Mackenzie e agora, com quase 40 anos nas costas se recusa a trabalhar em "empregos inferiores" de professor de escolinha de informática" pois sonhava em ser o Washington Olivetto foderástico...

O primeiro e último emprego que teve na área foi numa agência fuleira de publicidade: ficou 30 dias e pediu demissão pois não se sentia valorizado por passar o dia fazendo banners chulés no photoshop... humildade nele passou longe.

Se você fizer uma pesquisa no YouTube sobre desemprego, vai ver várias reportagens com pessoas que se formaram e que agora não conseguem emprego, e o que vemos?

São pessoas desempregadas que se formaram em áreas que sinceramente, não possuem muita demanda no momento,  ou profissões que eu costumo dizer que estão condenadas à extinção ou que somente uma meia dúzia de personalidades que misturam mentalidade de gênio com empreendedor vão atuar na área, são profissões  como por exemplo: marketing, psicologia, advocacia, produtor de áudio-visual, design,  entre outras aberrações modernas...



O que um cara pobre formado em Marketing espera da vida? Ficar rico fazendo banners lixosos em alguma ferramenta digital que até uma criança de 7 anos sabe utilizar? Não meu amiguinho marketeiro, você não será o próximo WASHINGTON OLIVETTO!

O que um cara pobre formado em "produção áudio-visual" espera fazer? Ficar rico com centavos do adsense produzindo vídeos no You Tube? Fala sério!

Pior são aqueles que MASSACRAM FINANCEIRAMENTE suas famílias pobres para estudar  faculdade como de Artes, Literatura, Filosofia e outras de humanas para depois não aceitarem trabalhar como professores dessas matérias pois em seus egos do tamanho do Everest pensam que com o que aprenderam em suas faculdades lixosas serão artistas do calibre de Picasso, escritores do peso de um Goethe ou um filósofo famoso como Aristóteles... Caiam na real seus pobretões!

Antes de massacrar sua família ou seu bolso entrando em cursos ultrapassados de faculdades lixosas ou mesmo em faculdades de primeira linha (conheço um monte de parasitas formados na USP que não servem nem para fazer peso no mundo), antes de gastar rios de dinheiro com uma graduação, vá estudar a realidade ao seu redor, procure saber o que de fato o mercado de trabalho precisa ou que as empresas/pessoas estão precisando.

O mundo do trabalho é rotineiro, chato, difícil, com desafios cabeludos que fazem a gente ter vontade de sumir do mundo para não ter que encara-los! Em TI então nem se fala! O que eu percebo é que essa galera de agora é muito iludida e possuem uma visão distorcida da realidade e da importância de si mesmos, não querem ter desafios, não querem aprender de verdade, não gostam de lidar com problemas!

O que mais vocês vão lidar no mundo do trabalho meus amigos, serão PROBLEMAS! Os empregos modernos se resumem nisso: resolver problemas de informações dos outros que ninguém gosta de por a mão.

Hoje lida-se com muita informação em sistemas problemáticos hospedados em sistemas falhos e sobrecarregados, o que gera infinitos PROBLEMAS virtuais que geram problemas e prejuízos REAIS, quem estiver capacitado e disposto à encarar isso, com certeza NUNCA VAI FICAR DESEMPREGADO NA VIDA.

Agora, a questão de salários precários e benefícios escassos, é algo que somente a união de todos exigindo melhores condições ou diminuição do governo é que vai mudar alguma coisa para melhor e quando digo união de todos, falo na união tanto de quem trabalha quanto de quem emprega. 

Se você acha que o trabalhador é o único  explorado nesse drama, é porque não sabe que os empresários possuem milhões de sócios parasitas  no governo que sugam muito dos lucros das empresas...


Os picaretas e iludidos que pensam que a saída para todos é "empreender" sem responsabilidade nenhuma


E temos também aquela galera que pelo menos tenta superar o desemprego empreendendo, seja no modo formal ou informal.

Fui empreendedor informal e depois formal, e digo para vocês: EMPREENDER NÃO É ALGO PARA TODOS!

Tem que ter nascido com um DOM especial para empreender no Brasil: SER RESPONSÁVEL, essa é uma verdade que ninguém fala! Se você for pobre então, será mil vezes mais difícil o estilo de vida "empreendedor'.

Empreender não é nenhum bicho de setes cabeças, mas será árduo e até sufocante se você for apenas um pé inchado iludido que não gosta de trabalhar e ter responsabilidade! Pense bem! Você é um empreender nato ou só mais um chinelão pé inchado e preguiçoso? 

Fora que na maior parte dos casos, pelo menos nos primeiros anos, um pobre ferrado que tenta empreender, vai se ver num verdadeiro SUBEMPREGO com a única diferença que nesse caso, ele será patrão e empregado ao mesmo tempo, tendo o governo como sócio também... Poucos aguentam a pressão.

Empreender implica em TER RESPONSABILIDADE, muita RESPONSABILIDADE! Já pensou nisso, você que planeja empreender? Vai conseguir superar as expectativas do seus clientes e parceiros comerciais? 

Se vai mexer com alimentos, vai ter responsabilidade suficiente para que seus clientes não morram? Já vi gerentes de restaurantes saindo algemados do local passando a noite na cadeia por causa de cliente que comeu lá e teve intoxicação alimentar. Vai encarar isso? 

Isso a gente não vê esses GURUS PICARETAS na internet falando: tudo o que eles passam é que basta empreender para que a Deusa da Fama, Fortuna e tranquilidade baixe na sua loja e você viverá na riqueza e paz até o fim... Vai nessa!

Quer empreender? Vai fundo! Eu recomendo apesar de eu mesmo ter descoberto que eu não nasci para empreender apesar de ter tido um sucesso modesto em meus empreendimentos, mas lembre-se: RESPONSABILIDADE e pé no chão em primeiro lugar.

Enfim, desculpem o textão, mas sei lá, precisava desabafar, estou me sentindo sufocado no meu novo emprego e não quero voltar à viver como empreendedor de subsistência e nem viver somente de meus parcos aluguéis. Essas reflexões vieram na minha mente nesse momento ruim da minha vida e aprendo muito com os comentários de vocês amigos. Sucesso pra gente! 

Att Gerson Ravv

Uma homenagem aos cornos mansos safados que frequentam meu blog e para meu vizinho que prática essa abominação:












Read More

sábado, 26 de maio de 2018

Dedada no meio da olhota: quando um hétero cabra macho sofre assédio sexual

23:18 6

Um relato real de assédio sexual


Dedada no meio da olhota: quando um cabra macho sofre assédio sexual - Parte 1 - Prefácio


Olá amigos da blogosfera! Tudo bem?

Começa hoje uma série de textos das minhas memórias em meus primeiros empregos com o intuito de preparar os juvenis que ainda não ingressaram no mundo do trabalho, sejam da geração nem-nem ou sejam preguiçosos que ainda não procuram emprego e vivem parasitando seus papais e mamães.

Hoje inicio uma série de posts com um relato real que vivi anos atrás quando ainda era um juvenil inocente trabalhando em um restaurante de um Shopping Center de São Paulo.

O "dramalhão" se passa em um restaurante de fast-food gerenciado por duas bichonas: uma enrustida e metida à grã fina e outra (o dono da franquia), uma bichona escandalosa e devoradora de pobres garotos recém chegados á São Paulo em busca do primeiro emprego.

E antes que os haters e BR Huehue venham pensar que fui eu que levei a dedada na olhota já informo: Não! Não fui eu mas quase, por pouco, faltou um tantinho assim para que eu quase tivesse tomado também!

O texto é mais para deixar registrado para a posteridade as minhas observações de vários casos de assédio sexual que testemunhei dentro das paredes daquele fast food e espero que se alguém aqui estiver passando por essa situação, possa usar o texto como base para saber o que fazer em casos assim em que alguém usando de sua autoridade ou propriedade força os outros a fazerem seus desejos mais perversos...

Brega de alto nível para ouvir nos almoços em família


Aguardem os próximos textos: você vão rir, chorar, corar de vergonha ou indignação assim como eu naquela época!

O protagonista principal vitima do assédio era um colega meu e vamos chama-lo de Lima, na verdade todos do fast food eram assediados mas o Lima, pobre coitado, era brutalmente assediado e quem não o conhecia podia pensar que ele era gay mas na verdade era pura inocência!


Lima era o meu melhor amigo na época, estudamos desde a pré escola juntos e foi ele que me descolou o trampo no Shopping por indicação, eramos dois moleques inocentes e cheios de vida, felizes da vida por trampar em um dos mais nobres Shoppings de São Paulo.

O que a gente não sabia era que uma dedão espreitava nossas olhotas e furicos com as intenções mais perversas que vocês possam imaginar!



Personagens Principais

Paulete era o gerente geral, uma biba afro, metida à fina mas que falava um palavrão imundo à cada palavra que soltava da boca e vamos chamar o Dono da franquia de Seu Hogan pois o velhote era idêntico o lutador Huck Hogan com aqueles bigodes estilo Leôncio do Pica Pau.

Seu Hogan tinha uma kombi personalizada pintada igual a kombi do desenho do Scooby Doo: dizem que ele barbarizava juvenis inocentes nos bancos da Kombi após o expediente quando voltava do cinema do Shopping com eles...

O restaurante em que trampavamos era de fast food e os funças em sua maioria eram moleques como eu na época, tinha alguns tiozoinhos do nordeste também, mas eram poucos e trabalhavam de madrugada após o fechamento do Shopping.

Enfim, aguardem os próximos capítulos dessas minhas memórias.

Hoje eu penso: Caraca! Isso dava margem pra processo e até cadeia! Como é que aquela galera que trabalhava lá não denunciava? 

Que os textos sirvam de manual de sobrevivência para os juvenis e ximpas que acompanham o blog.

Você da geração nem-nem mal sabe o que te aguarda no mundo corporativo! Você vai ser barbarizado sem dó por velhos dinossauros donos de empresas, psicopatas e vão sofrer nas mãos de funcionários perversos e preguiçosos! 

Att Gerson Ravv

Dizem que o Lima dançou desse jeito no Rock In Rio junto das duas bibas!





Contra ataque ao haters do blog!

***Ei pessoal, ajudem o blog divulgando e compartilhando o link das postagens, isso ajuda a continuar com as postagens semanais em suas redes sociais (tem os botões de compartilhar aí embaixo), acessem meu canal do You Tube e Facebook: meu sobrinho que administra as redes sociais vai ficar feliz e vou poder pagar uns trocados pra ele continuar pagando a assinatura do Xbox pass dele! Votem na enquete sobre o novo visual do blog pois esse blog é para vocês.   Gerson Ravv

Read More

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Queda do Bitcoin: o crash final do bitcoin se aproxima! Cuidado Cripto-otários!

12:01 14

Queda catastrófica do Bitcoin na semana do Bitconf prenuncia o crash catastrófico das criptomoedas: o drama dos cripto-otários holders


Esse texto aqui vai irritar os cripto-otários que insistem em ficar arriscando seus patrimônios com essas incríveis porém lixosas criptomoedas.

Essa queda que vemos nos últimos dias do Bitcoin arrastando para baixo o preço das outras altcoins só evidencia que o fim apocalíptico do bitcoin está próximo amigos.

Como venho alertando à meses em canais lixosos do YouTube: desenvolvi um programa que é alimentado com big data e que usa lógica Fuzzy para fazer simulações do preço do Bitcoin e seu impacto nas outras altcoins e digo para vocês: os resultados das estimativas foram terríveis.

Tive o privilégio de poder usar o laboratório da empresa em que trabalhei em 2017 para poder desenvolver esse programa que infelizmente, uma vez que sai da empresa, não tenho mais acesso à toda a mega estrutura que usava lá. Lixo.

Para quem não sabe do que se tratam esses termos e tem curiosidade, pesquise no Google sobre a lógica Fuzzy e sistemas que usam Big Data.

As simulações que realizei em conjunto com alguns colegas mostraram que dificilmente teremos o mesmo cenário de 2017 quando o Bitcoin disparou e muita gente ganhou muito com os lucros (eu mesmo lucrei uma babilônia de dinheiro com o Bitcoin e outras altcoins).

Era cada relatório mais broxante que o outro. Cuidado galera! Não acreditem nesses pseudo-especialistas em trader de bicoin no YouTube! Eles querem apenas vender cursos e carteiras pen drive para vocês! Todo dia tem um safado publicando vídeo com o título: "UHHU! Bitcoin vai pra Lua! Bóra comprar macadada!" E no fim, a massa iludida desses espertalhões que já gastaram uns reais com seus cursos e carteiras para guardar altlixos, compra bitcoin na cotação de  50 mil reais e revende por 20 mil...

Porque o Bitcoin apesar da proposta revolucionaria de alterar a economia e finanças será apenas um fracasso financeiro que vai levar muita gente pro buraco?

Você vai mesmo vender seu barraco sem reboco e fazer o seu pai aquele velho gordo, careca e safado pegar empréstimo para comprar Bitcoin? Cai na real chinelão!


Para quem está empolgado com os lucros obtidos com o bitcoin que ocorrem periodicamente é difícil observar a realidade sem a fumaça da felicidade de estar ganhando uns trocados...

O que esse pessoal que ama Bitcoin não enxerga, é o quanto é insustentável produzir e manter toda a estrutura que mantém esses sistema em pé.

Diferente de comprar uma ação real de uma empresa que sabemos que produz valor e lucro, o bitcoin ao contrário, somente é produzido na esperança de que o preço aumentará por causa da aposta de milhões de cripto-otários viciados em jogos de cassino.

Ou seja, muito pior que uma commoditie o Bitcoin NÃO GERA LUCRO como uma ação no sentido de que uma empresa na Bolsa capitaliza dinheiro da venda de ações para poder usar essa grana para maximizar seus ganhos através de TRABALHO HUMANO REAL.



O que temos no Bitcoin nesse sentido? Apenas desperdício de energia elétrica e horas-homem desperdiçadas em algo virtual que tem o seu valor apenas baseado na ânsia de pessoas que compram essa porcaria APOSTANDO que outras pessoas vão comprar depois por um valor milhões de vezes maior do que o que elas pagaram, não faz sentido isso e é insustentável ao longo prazo, por isso é tão difícil aceitar o efeito "bolha" que virá em breve.

Não se produz riqueza real no  mundo se baseando em especulação de cassino. Produzir, comprar e vender Bitcoin é uma forma idiota de especulação baseado em apostas, somente isso.

Jogos e apostas somente causam crashs e desgraças. A bolsa de valores ou empreendimentos em geral que trabalham com serviços e produtos reais NÃO SÃO CASSINOS DE APOSTAS.


Bitcoin não é uma bolha: é um peido 

Costumo falar com meus amigos que ao invés de ser uma bolha, o Bitcoin é um PEIDO daqueles que o cara pensa que vai ser só uma bufinha mas que quando solta, mela das cuecas até os tornozelos com matéria fecal fedorenta.

Você vai no restaurante de comida tailandesa e come aqueles lindos pratos exóticos apimentados, coloridos e perfumados, coisas lindas de se ver! A barriga enche e o cara pensa que comeu um manjar dos deuses por se tratar de carnes brancas perfumadas com temperos exóticos e coloridos...

Mas o terror vem no outro dia: a barriga começa a borbulhar como se tivesse uma bolha enorme se formando, um aperto vai se formando no intestino e quando o cara sente que pode dar um peidinho para se aliviar: PPPPPRRRRRRRRFFFFFF! BUM! A bolhinha que parecia que seria um peidinho inocente e sem cheiro se mostra uma avalanche de meleca fecal podre melando a cueca, a caça, escorre pelas pernas e vai até os tornozelos.


Ainda há esperança para as criptomoedas: a tecnologia do blockchain

Fala sério que tem gente estocando altcoins pensando em usá-las no caso de um apocalipse mundial da civilização? 

Como assim man? Pensa: num apocalipse não teremos energia elétrica, serviços de banda larga ou conexão! Como vocês vão usar suas criptolixos em toda essa mega estrutura moderna baseada em redes e mega computadores???

Ainda assim, tenho esperança que no futuro, teremos o pleno desenvolvimento e amadurecimento da tecnologia do Blockchain para daí sim, podermos ter um sistema que vai virtualizar de verdade todos os nossos valores monetários e operações financeiras com segurança e estabilidade e não essa palhaçada de Bitcoin e Altcoins inúteis em se tratando de USO ROTINEIRO para transações triviais e real uso das massas para o dia a dia.

Por hora, enquanto essa revolução não ocorre, vamos continuar com essa patifaria de milhões de forks que produzem mais moedas virtuais que ninguém usa, milhões de curiosos e otários comprando Bitcoin somente para estocar sonhando em vender na alta e ficar milionários, desperdício de recursos humanos e materiais em uma atividade sem sentido baseada em aposta de cassino, cretinos inventando ICOS e outras moedas inúteis que ninguém sério teria coragem de usar, enfim, deixem de paixões e sentimentalismo e analisem os fatos, somente isso, está faltando mais ANÁLISE CIENTIFICA NA VIDA DE VOCÊS que adoram o deus Bitcoin e seus gurus do YouTubers. 


Att Gerson Ravv

Read More

sábado, 19 de maio de 2018

Suporte Microsoft Oficial

20:03 21

Tudo o que você não sabe sobre o suporte oficial Answer Desk Microsoft e precisa saber para não ser um idiota

Olá meus 30 leitores fiéis do blog e queridos haters! Vocês usam o Windows?

Você possui um notebook, smartphone ou computador que usa o sistema operacional da Microsoft?
Ou possui um Mac Book frescalhão e usa o Pacote Office 365 ou outra edição dele?

Você sabia que você possui acesso ao suporte Answer Desk Microsoft para que suas dúvidas e até problemas sejam resolvidos rapidamente?

Pois é! Nem eu sabia disso amigos! Só fiquei sabendo poucos anos atrás quando precisei buscar ajuda para resolver um problema de funcionamento do Outlook do dono de uma empresa onde eu trabalhava: já tinha tentado de tudo e nada, foi preciso acionar o suporte oficial da Microsoft e lá descobriram que o bug que infernizava a vida do meu patrão era nada mais e nada menos que um "lixo" nos registros do Windows que ficou de uma instalação pirata e de um outlook que o filho do patrão tinha instalado meses atrás.

E tenho uns amigos do tempo da faculdade que trabalharam lá e me contaram tudo. Vou agora compartilhar com vocês essas informações de utilidade pública!



Como funciona o atendimento de suporte da Microsoft?

O suporte Answer Desk da Microsoft é prestado de duas formas: por CHAT e por TELEFONE.
No chat você "tecla" com o técnico do suporte e por telefone você vai receber instruções verbais.

Se for usar o modo chat preste atenção ao que o analista passa para você e leia com atenção pois sei que os caras no chat atendem até 3 clientes ao mesmo tempo, seja paciente e ajude os caras: eles estão lá para te ajudar e com certeza não é fácil não atender mais de uma pessoa ao mesmo tempo.

O atendimento é prestado TODOS OS DIAS DA SEMANA: dias úteis e FERIADOS atendem entre 9 da manhã e 9 da noite e finais de semana,  entre 9 da manhã e 6 da tarde. 

Seja bondoso: o atendimento dos caras finaliza às 21 HORAS DA NOITE, então, pra que LIGAR FALTANDO 10 MINUTOS PARA AS 9 OU PIOR, LIGAR ÁS 20:59 sabendo que seu problema vai levar umas 2 horas para ser resolvido???? 

Pelo que sei de colegas que tramparam lá, eles não recebem hora extra e são OBRIGADOS a atender os retardatários que ligam faltando segundos para encerrar o atendimento pois se formam filas de atendimento... Vejam só: o atendimento se encerra as 21 horas mas se tiver fila, são obrigados a atender até o último da fila e muitas vezes saem de lá depois das 23 horas!!!!! Sem receber nada à mais por essas horas! Marcam num banco de horas e sabe-se lá quando vão poder usar!!!

Seja consciente: se passou das 20 horas e 30 minutos, deixe para ligar no outro dia. Não seja preguiçoso e pesquise sobre seu problema no Google!



O que o suporte Microsoft garante quanto ao atendimento do suporte? 

Essa informação você não encontra nem no chat da Microsoft, mas conversando com os guerreiros de lá, fiquei sabendo que:

*o suporte Microsoft é voltado para responder dúvidas triviais (banais) do dia a dia de um usuário normal dos produtos Microsoft. Ou seja: nada de entrar no chat para ficar enchendo o saco dos caras super atarefados que atendem até 3 pessoas ao mesmo tempo para ficar fazendo perguntas sabichonas, idiotas e marotas somente para se sentir o gênio da computação...

*o acesso remoto somente é GRATUITO em casos de problemas de: INSTALAÇÃO, ATIVAÇÃO e UPDATES de programas e serviços MICROSOFT. Para saber se o seu sistema ou produto é pirata ou original os analistas pedem: sua chave de ativação, nota fiscal de compra ou outro dado que eles possam consultar em suas ferramentas de validação de chaves e produtos.

*se o usuário por exemplo, passa por um problema de vírus, malware ou não consegue instalar a impressora ou programas que não são da Microsoft , pode optar pelo suporte Premium PAGANDO R$149,00 por incidente à ser resolvido, senão, vai receber por e-mail instruções e links oficiais da Microsoft com passo a passo ou tutoriais.

*mesmo que seu sistema Windows seja PIRATA SAFADO, você pode acionar o suporte que mesmo assim vai ser bem atendido: se for caso de instalação, update ou ativação, os analistas vão te orientar da melhor forma possível um modo de você REGULARIZAR seu sistema e produtos piratas.



Quando usar o suporte Microsoft?

Se não for problema de instalação, update (atualização) e ativação, o ideal é buscar ajuda nos tutoriais da comunidade Microsoft que é assistida por entusiastas, especialistas e engenheiros de sistemas da própria Microsoft: além de resolver você mesmo seu problema, vai aprender várias coisas úteis e legais!

Até porque se não for problemas de instalação, update e ativação, os analistas vão te passar por e-mail o link com o tutorial adequado ao problema, então, pra que ligar no suporte enchendo o saco né?

A não ser que você seja um leigo ao extremo com preguiça de aprender, então pague R$149,00 para o analista fazer o acesso remoto e resolver a bucha pra você, simples assim, como diz o Rafael Hide Anarcocapitalista: NÃO EXISTE ALMOÇO GRÁTIS!

Valorize os analistas do suporte da Microsoft: eles estão lá para te ajudar e pode ter certeza: os caras são duramente cobrados para que você saia do suporte 100% satisfeito, mas lembre-se: eles somente podem fazer o acesso remoto em casos de problemas de ATIVAÇÃO, UPDATE e INSTALAÇÃO, portanto, não fiquem pentelhando os caras, se quer a solução para outros tipos de problemas e não quer seguir os tutoriais que eles passam, então paguem para ter o suporte!

Lembrem-se sempre de RESPONDER a pesquisa de satisfação que aparece depois do atendimento mas muito critério com o que vocês respondem lá, sejam JUSTOS e COERENTES. Tem analista que entra em depressão por causa de comentários e opiniões injustas e idiotas que vocês dão nas pesquisas, não seja um BR HUEHUEHUE na hora de avaliar o trabalho alheio!

E antes que venham os haters de plantão encher o saco aqui: NÃO, não trabalho no suporte da Microsoft, como já falei em textos passados: trabalho com BANCO DE DADOS e INFRA. 
Fiz esse texto explicativo pois tenho amigos que trabalharam lá e me contaram como é e funciona o esquema lá dentro. Saiam de suas bolhas, não sejam ignorantes e valorizem o trabalho de analistas, atendentes de call center, telemarketing, suporte, etc. Você não fazem ideia da complexidade e dificuldades que esses profissionais enfrentam no dia a dia tentando te ajudar seu chinelão!

Att Gerson Ravv




***Ei pessoal, ajudem o blog divulgando e compartilhando o link das postagens, isso ajuda a continuar com as postagens semanais em suas redes sociais (tem os botões de compartilhar aí embaixo), acessem meu canal do You Tube e Facebook: meu sobrinho que administra as redes sociais vai ficar feliz e vou poder pagar uns trocados pra ele continuar pagando a assinatura do Xbox pass dele! Votem na enquete sobre o novo visual do blog pois esse blog é para vocês.   Gerson Ravv

Motivacional do Gerson Ravv para crescer na vida! Assista até o fim e se surpreenda!




Read More

sábado, 5 de maio de 2018

Vida de Suporte: a rotina de um analista de suporte - o inferno da TI

18:12 43

O que faz um analista de suporte e as diferenças entre prestar suporte técnico em empresas de Call Center e em empresas de Tecnologia da Informação 


O que faz um analista de suporte técnico?

Boa tarde amigos do blog e haters mimizentos!
Hoje vou explicar para os amiguinhos que pretendem ingressar na área de TI o que faz um analista de suporte técnico. No geral, o suporte técnico é a porta de entrada para estagiários e iniciantes que ainda estão estudando adentrarem na área de tecnologia da informação.

Como hoje em dia pedem conhecimentos hard core e até experiência para estagiários nas áreas de desenvolvimento, banco de dados, infra e etc, se você está começando e não tem o que pedem, vai ter que aceitar um emprego ou estágio na infame e infernal área de suporte técnico...

Existem várias nomenclaturas para a atividade de suporte técnico mas no fim, a atividade se resume em "prestar suporte": auxiliar, ajudar, tirar dúvidas, literalmente "suportar" os usuários e clientes finais de sistemas, configurar serviços ou programas e resolver problemas no geral.

O suporte técnico pode ser prestado de duas formas: remotamente ou local.

Quando se presta suporte técnico remotamente, se faz uso de um head phone e ferramentas de acesso remoto para acessar o computador ou servidor do usuário com problemas.

Quando se presta suporte localmente, o analista vai recebendo as ordens de serviços e vai diretamente até o local ou mesa do usuário reclamante.

Mas nas duas modalidades de suporte, o analista é obrigado a abrir ordens de serviços ou tickets de chamados e preencher páginas e páginas de informações sobre o usuário, o equipamento com problema e suas especificações, tipo de problema relatado ou ação requerida pelo usuário e inúmeras outras inutilidades que estressam o analista e o usuário aflito por ter ser problema resolvido: burocracia é apelido...

Em algumas empresas a paranoia com preenchimentos de tickets é tão absurda que se passa mais de 30 minutos preenchendo essa lista do chamado do que de fato resolvendo o problema do pobre usuário que apenas entrou em contato com uma dúvida ou problema simples do sistema bugado.



Diferença entre prestar suporte em empresa de Call Center e em empresa de TI

Quer começar sua carreira em TI mas não consegue nada na área de desenvolvimento ou infra pois pedem conhecimento nível hard core e experiência até para estagiários? Então, meu amigo, vai ter que se contentar em entrar para o suporte técnico. Leia abaixo as diferenças entre trabalhar em uma empresa de call center prestando suporte remoto e em uma empresa de TI prestando suporte localmente.

Eu comecei no suporte técnico local, depois fui para o remoto, depois voltei para o local e passei alguns anos nessa vida de suporte infernal até conseguir ir melhorando minha empregabilidade e conseguir cargos melhores: aprender inglês, tornar-se especialista em algo e não parar de aprender e praticar são fundamentais para evoluir em TI, senão, vai passar o resto da vida engolindo sapos e ganhando mixaria.


Inferno no Call Center

Um analista que entra em uma empresa de Call Center para prestar suporte técnico por exemplo, para algum sistema operacional famoso, vai se ver em um verdadeiro inferno de tortura e burocracia: primeiro que vai ser apenas um pobre terceirizado ganhando mixaria e trabalhando dobrado sem os mesmos benefícios que um funcionário direto da empresa de software que contratou a empresa de Call Center que terceiriza a mão de obra.

Um analista por exemplo que presta suporte para a Microsoft, vai atender dois clientes ao mesmo tempo, atender uma ligação atrás da outra ou um chat duplo atrás do outro em um ritmo frenético!

Sei que no setor de suporte de alguns produtos Microsoft atende-se até 3 pessoas ao mesmo tempo!!!
As empresas de call center possuem um sistema que contabiliza cada segundo do atendimento e encrencam até com os micro segundos que o cara leva para dizer "boa tarde" para o cliente!

Esqueça ser promovido em empresa de Call Center: somente possuem cargos como supervisor de operador de telemarketing para ganhar milzão seco de salário...

Por estar representando uma mega empresa, o analista não deve nunca dizer nem para seus parentes que é terceirizado da empresa famosa (isso é assinado em contrato!) e vai sofrer nas mãos dos clientes que possuem expectativas estratosféricas por causa do nome da empresa famosa que compra os serviços da terceirizadora de call center.

Resumindo: trabalhar como analista de suporte em empresa de Call Center prepare-se para ser escravizado como terceirizado, massacrado por uma rotina terrível e vão tirar toda sua autoridade de técnico ou expert em algo.  Será obrigado a seguir script idiotas de atendimento e seguir rigidamente as regas idiotas e burocráticas tanto da empresa oficial quanto da terceirizadora que te emprega.

Em uma empresa de Call Center que presta serviço terceirizado para empresas gigantes e famosas de tecnologia, você é só mais um número na planilha do Excel.

Os clientes e usuários indesejados vão te xingar e humilhar de diversas formas pois se sentem protegidos pela distância do telefone e anonimato no chat (não são obrigados a informar seus nomes reais ou e-mails de contato conforme não sei qual lei).


Empresa de TI e benefícios

Já um cara que trabalha prestando suporte localmente em  uma empresa de TI, goza de muito mais benefícios e qualidade de vida e até oportunidade de crescimento na carreira.

Trabalhando localmente fica mais simples entender o problema que o usuário enfrenta, o acesso ao equipamento bugado é mais rápido, a liberdade de ir e vir é maior e não tem como atender mais de um usuário ao mesmo tempo.

O sistema de preenchimentos de tickets de chamados é bem mais simples e sem firulas. Não existem scripts idiotas a serem seguidos e você é respeitado pelos usuários que dependem de você para continuar produzindo. Os estagiários te olham como semi-deuses da TI em alguns casos!

Empresas médias e até pequenas, com o tempo vão crescendo e costumam ajudar a galera do suporte pagando cursos e até exame de certificações: essa é a oportunidade de conseguir cargos melhores e se tornar um especialista em algum assunto ou área da TI, ser GENERALISTA é legal no começo da carreira, mas não espere ter qualidade de vida e desenvolvimento pessoal na carreira sendo apenas um generalista que sabe um pouco mais que os usuários leigos cabeças de bagre...

Enfim amigos, espero que tenha ajudado à esclarecer alguns pontos que não vejo sendo discutidos por aí sobre carreira, suporte técnico e empregos na área de TI. Se pelo menos esse texto ajudar um amiguinho que estava com dúvidas sobre aquela proposta que recebeu de um call center para trabalhar com suporte técnico, já fico feliz e satisfeito!

Att Gerson Ravv
                                                                    Preciso da sua ajuda amiguinho! Divulgue o blog em suas redes sociais! Assim vou poder continuar postando aqui!




***Ei pessoal, ajudem o blog divulgando e compartilhando o link das postagens, isso ajuda a continuar com as postagens semanais em suas redes sociais (tem os botões de compartilhar aí embaixo), acessem meu canal do You Tube e Facebook: meu sobrinho que administra as redes sociais vai ficar feliz e vou poder pagar uns trocados pra ele continuar pagando a assinatura do Xbox pass dele! Votem na enquete sobre o novo visual do blog pois esse blog é para vocês.   Gerson Ravv





Read More

sábado, 28 de abril de 2018

Super App-Livro do Blog!

17:59 19
O APP-LIVRO da Blogosfera está chegando!

Olá amigos leitores do meu blog desastroso que vive fora do ar! 

Estou apanhando do DNS do blogger que possuiu uma falha intermitente com alguns servidores de domínios particulares e para meu azar, meu domínio está incluído na lista dos que apresentam instabilidade, infelizmente não há nada que eu possa fazer no momento e não tenho interesse em migrar o blog para uma hospedagem. 

Acabei de trocar de emprego novamente! Sou um eterno cigano de trampos... Quando o tédio bate e a rotina fica massante, lá vou eu pedir demissão e logo em seguida já entro em outra empresa em busca do trampo perfeito que me livre do tédio e da rotina. Ô ilusão! Huehuehuehue!

Mereço um prêmio por conseguir um ótimo emprego em minha área no país dos 13 milhões de desempregados. 

Em breve amigos, vou publicar na Google Store meu mais novo App-Livro, os blogueiros que quiserem podem informar seus links aqui nos comentários para que eu possa analisar e se for o caso incluir suas páginas e links ao vivo nas páginas do meu App que vai fazer a conexão direta para seus blogs! 



Ainda estou pensando em um preço para meu APP, mas acho que vou cobrar entre 2 e 5 reais ou quem sabe, disponibilizar de graça pois assim nossos blogs vão ter mais visibilidade. 

É um projeto bem chulézinho mesmo, modesto e simples, mas quero passar uma boa mensagem para a galera que como eu, nasceram na periferia e sobrevivem em um bairro violento.

Seguem as screen shots dos primeiro testes: cliquem nas figuras para ampliar

Essa é a capa, mas ainda estou pensando em alterar, dicas e sugestões são bem vindas!



Página inicial, clique para ampliar. Ainda está sendo editada.



Amostra teste de uma das páginas do App-Livro.



Vejam que legal: páginas dos blogs serão exibidos ao vivo dentro do App-Livro em um micro navegador embutido nele! 


As screen shots acima foram geradas em Moto G5 com Android 7. 

Está sendo divertido fazer essa App, estou usando por enquanto o Mit App Inventor para fazer "o esqueleto" do aplicativo, depois dou uma incrementada baixando os códigos e alterando em uma IDE qualquer. 

Quer participar? Escreva nos comentários seu link do seu blog para que eu possa analisar! 

Att Gerson Ravv                                


Read More

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Meus sites e blogs fracassados

09:37 32
Análise dos meus fracassos com blogs, sites de nicho e publicidade paga - Dicas para não perder tempo e dinheiro com sites e blogs de nicho ou marketing digital

Sou apaixonado por desenvolvimento de software e sites desde moleque. Ainda lembro do meu primeiro site tosco que fiz em HTML puro e java Script, fiquei eufórico quando subi ele em um serviço gratuito que deu para ele um nome enorme já que não tinha dinheiro para comprar um domínio na época. Acho que somente eu acessava aquele pequeno site mal feito com umas páginas toscas com formulários em Java Script que não serviam para nada.

Faz tempo que Adsense não vale mais a pena, mesmo tendo milhares de views por dia, um site hoje fatura muito pouco mesmo, mantenho os anúncios aqui no meu blog porque é clássico, não teria graça abrir o blog e não ver anúncios aqui, fazem lembrar da época de ouro do tempo do blog do Pobretão. 

Meus sites de publicidade paga por comerciantes do bairro e de outras cidades


Eu mesmo ia atrás de anunciantes pagos no meu bairro fechando acordos por banners pagos ou garimpava interessados em anunciar nos meus sites em redes sociais e similares.

Tive alguns sites em que passei horas investindo meu tempo, criatividade e dinheiro, no começo não ganhava quase nada, depois ganhava uns trocados, depois aumentava um pouco, eu ficava feliz e depois, declinava até não render nada, então, eu cancelava tudo e partia para outro projeto.

Fazia campanhas no Facebook e Google segmentando o publico por interesse, região e idade, mas não adiantava ter vários acessos se os meus anunciantes que pagavam direto pra mim não viam o retorno esperado em vendas: por exemplo, mesmo pagando para que meus links aparecessem cirurgicamente em determinadas regiões próximas aos comércios dos caras, a macadada que acessava os site mesmo que os textos falassem sobre os assuntos relacionados aos comércios e serviços, ninguém comprava nada ou fazia uma visita no local... Decepcionante.

Várias vezes lancei cupons eletrônicos no Facebook que davam até 50% de desconto no estabelecimento dos caras e nem sequer 5 pessoas apareceram lá abanando o cupom na mão, e isso porque investi dezenas de milhares de views e clicks...

Para vocês terem uma ideia, até paguei por textos profissionais e ilustrações feitas sob encomenda, mas infelizmente, o pessoal aqui no Brasil além de não curtir leitura séria, ninguém comprava nada: não compravam nada dos anúncios do Adsense e não compravam nada dos anunciantes que eu garimpava por conta própria fazendo acordos de marketing.

Era decepcionante: uma meia duzia de leitores elogiavam com entusiamos os sites mas no geral, mesmo investindo com publicidade paga com anúncios no Facebook, Google e Bing os resultados eram ridículos...

Por fim, depois de perder um pouco de dinheiro e tempo, larguei mão de sites de publicidade.

Parei de circular pela cidade como um palhaço com a bunda suada correndo pra lá e pra cá com uma pasta embaixo do braço com meus portfólios e um notebook da Positivo com Linux.

Meus sites de nichos


Nesses sites eu somente focava os ganhos com adsenses mesmo. Criei alguns de literatura, informática, ciência da computação, desenvolvimento de software e até sites de putaria e humor macacal.

Tinha meses que ganhava uma graninha boa, mas em outros, mesmo juntando os centavinhos de todos sequer dava para pagar a hospedagem de dois sites... 

O que me chamou a atenção eram os milhões de views que os sites de putaria e humor idiota tinham, porém, vejam que ironia: apesar de milhões de acessos os sites de putaria e humor idiota acabavam por perder os anúncios tão logo eu obtinha autorização para por anúncios neles pois ninguém queria ter o nome de sua empresa ou marca associada com bobagens tipicamente brazucas e juvenis.

O mesmo efeito vemos em alguns blogs famosos da blogosfera: alguns blogs que se dizem de finanças mas que só falam de bobagens como tamanho de pau, "poder alfistico", "técnicas debilóides e para atingir a independência financeira", "filosofia dos betas para comer novinhas da badalhoca rosa" , esses blogs com conteúdo questionável que beiram a insanidade e a  falta de bom senso, possuem milhões de acessos diários, porém, as empresas rejeitam anúncios pagos em suas páginas...  Até penso que em certa medida, blogs assim são bons para conduzir os moleques para outros blogs mais sérios que realmente falam de desenvolvimento financeiro e pessoal: o blog do Pobreta fez isso comigo.

Mas vai entender a massa né? O povão quer apenas é pão e circo mesmo e como sabemos, os adolescentes complexados e lesados que ainda sabem ler um pouco são a maioria de leitores de blogs assim, logo, são um público que não consome muito, não possuem renda interessante para os anunciantes que pagam caro para ter banners nos sites dos blogs.

Os anunciantes olham para esses blogs e falam: "Publico indesejado e sem renda para consumir nossos produtos e serviços, baixo nível intelectual, para que perder dinheiro anunciando aê?"

O blog do Pobretão não sei como conseguiu manter por tanto tempos os anúncios lá, mas vejam o fim que teve, hoje subiram o conteúdo para uma hospedagem sem os anúncios. 

Enfim, acabei também por desistir de sites de nicho. Os dois últimos que ainda mantinha cancelei tudo mês passado e não renovei os domínios. 



Meus site de venda de Maconha em países em que essa porcaria é legalizada


Indo na onda de um colega japa doidão de faculdade adepto do fumacê (curso de Ciência da Computação), desenvolvemos juntos um site sobre o universo maconhistico, era todo em inglês mas dava para traduzir para qualquer língua que o leitor quisesse.

O site abordava desde o cultivo até o consumo desse lixo que destrói a mente dos moleques. Usamos um programa de afiliados da Holanda e outro ilegal de um país chulé da Europa oriental falido, anunciávamos desde o produto em natura, sementes até utensílios, livros e insumos para o cultivo, ganhávamos uma porcentagem de cada venda que os doidões faziam usando os links dos banners.

Nosso público era apenas de países em que essa porcaria era legalizada e sim, ganhamos um pouco de dinheiro com comissões. O que mais vendia eram sementes, bolachas e  cachimbos. 

Mas como tudo que é bom dura pouco, milhões de outros caras entraram na jogada e claro, os valores das comissões foram lá pra baixo não valendo mais a pena o esforço e gastos com o site.

Meus sites sem sentido nenhum: testando coisas loucas para aprender sobre a mentalidade humana e talvez ganhar uns trocados

Depois, passei a testar projetos malucos como: vendas de infoprodutos, apps inúteis e literatura erótica.

Infoprodutos: perda de tempo e dinheiro, parei quando vi que somente ganhava dinheiro quem vendia ilusões para outros se iludirem, muito trabalho para pouco retorno. 

App inútil: fiz um app (idiota) em que o usuário encomendava ilustrações e gifs pelo app obtendo assim figuras/desenhos personalizados para usar em seus sites, blogs ou trabalhos em geral: outro fiasco colossal, quando não era problema com a hospedagem do serviço que dava pau era o desenhista que dava uma de louco sensível e megalomaníaco e fazia greves ou reclamava direitos autorais depois de ver o desenho dele fazendo sucesso em algum site ou blog por aê... 

Porque todo cara envolvido com artes é meio pancada da cabeça e não tem visão nenhuma de negócios? 

Literatura erótica: a palavra chave é PUTARIA, nosso povo gosta de uma putaria mesmo... quanto mais pesada e suja melhor. 

Percebendo isso eu alternava entre textos puramente pornográficos de quinta categoria e textos mais eróticos e refinados.

O problema é que o site em questão só atraia estudantes pedantes de letras, filosofia ou psicologia (gente metida à sabichona) que faziam textões patrocinados pela empresa NemLy & NemLerey Corporation LTDA, ora criticavam a gramática, ora criticavam "clichês machistas e ultrapassados"...

Também me cansei de tudo e cancelei tudo.


Meu último projeto: uma terapia e meu diário digital


Enfim amigos, o blog aqui que começou como Gordo Tetinha e agora é blockchainsupertrader.com, é meu último projeto digital mesmo. 

Uso esse espaço virtual aqui apenas como terapia, um diário sobre minha vida e finanças em geral.
Estou livre daquela paranoia de obter views e ganhar com anúncios. Claro que se render uns trocados serão bem vindos, claro!

Vivo 24 horas conectado na web até por que, trabalho na infame área de Tecnologia da Informação, antigamente conhecida como "informática", mantendo o blog, tenho acesso às minhas informações financeiras rapidamente, esteja onde estiver.

É divertido e salutar acompanhar os comentários positivos dos amigos e também dos haters malucos: me divirto pra caramba aqui!

Enfim, ficam as dicas para quem quer se aventurar nessa vida de empreendimentos digitais:

*crie um nome de domínio legal que chame a atenção e que tenha à ver com seu projeto

*use serviços de hospedagem com servidores dedicados para não ser catapultado por seu provedor que vai te tirar do servidor compartilhado te intimando à comprar um serviço dedicado

*faça parceria com gente de confiança e não com artistas megalomaníacos 

*entenda a mentalidade tosca do cliente médio brasileiro: são carentes de afetividade, gostam de ser servidos como se fosses senhores de engenho e sinhazinhas (nossas raízes históricas) e desprezam o trabalho de quem os servem, acostume-se com isso ao tratar de negócios pela web

*teste, reteste e teste novamente, nada é definitivo e para sempre, tudo muda, tudo passa, tudo aparece e desaparece, se adapte. 

Att Gerson Ravv

Novas novidades em breve! Aguardem!








Read More

Post Top Ad

Your Ad Spot