blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Mahamudra, homenagem ao grande mestre do vazio, vencedor das ilusões: TILOPA

18:27 4
Reunidos aqui no cemitério de todos os fenômenos 
Envolvidos pelos cadáveres de esperanças podres, falsas suposições, 
Amor decadente, posses que em breve serão roubadas;
"Sentado em meio às cinzas dos sonhos e das ambições secretas, 
O ar está sufocado pela fumaça da ignorância 
Que torna tudo ao nosso redor quase invisível;
Aqui estamos paralisados ​​pelos ventos da esperança e do medo 
Enquanto fantasmas predatórios de incerteza, dúvida e angústia se agitam".   Trecho tirado de:http://levekunst.com/an-invocation-to-tilopa/
Read More

domingo, 2 de dezembro de 2018

O Mercado de trabalho como ele é: sem sentimentalismo e sem mentiras

20:56 30
Ando por outros blogs da blogosfera e costumo ler os comentários da galera. Como bom analista de discurso (estudei essa matéria por vários semestres na minha primeira graduação), dá para perceber a falta de experiência e senso dos comentaristas quando o assunto é emprego e mercado de trabalho.

Quando o assunto é mulher e relacionamento nem vou comentar: dá para ver que a maioria sofre de problemas mentais graves ou nunca sequer chegaram perto de uma mulher que não fosse parente deles...

Entrei no mercado de trabalho com 17 anos no modo informal e somente consegui meu primeiro registro formal em carteira com quase 19 anos. Hoje tenho vários registros na carteira.

 O que vou escrever abaixo pode parecer óbvio, mas saibam que muitos juvenis sequer percebem essas verdades e muitos maduros experientes também não.



O que você tem para oferecer em troca de dinheiro, além do seu tempo?


Você precisa ter uma habilidade para trocar por dinheiro: vejo muitos caras que vivem desempregados ou subempregados com baixa remuneração em funções simples, a maioria empurrou com a barriga os anos de estudos nas escolas públicas em que estiveram, não aproveitaram os anos de liberdade quando não precisavam trabalhar. 

Sabemos que a educação pública no Brasil não é lá essas coisas, mas isso não é desculpa para não ir atrás do conhecimento, como resultado, um cara que só fez o ensino médio por fazer, sem se interessar por nada, não tem muito o que oferecer para um empresário que precisa de alguém que resolva seus problemas na empresa.

No meu segundo emprego, comecei como peão de madeireira, função tosca e brutal: ficava de um lado do outro da fábrica carregando toras de madeira e empurrando pra dentro de uma máquina que cortava automaticamente de acordo com um programa nela, num certo dia, o cara que programava essa máquina foi afastado por ser velho, os donos foram na fábrica e perguntaram quem entendia de cálculo, centímetros cúbicos, geometria e que sabia mexer em computadores. 

Ainda lembro de me ver no meio de um monte de caras de 30 e poucos anos, todos ferrados, tudo primário incompleto com caras de debiloides (tudo cachaceiros ou maconheiros) que não entenderam sequer as palavras do dono, eu timidamente levantei a mão e fui levado para uma salinha onde fiz uma provinha bem chulé de geometria, calculo de metros cúbicos e windows 95, resultado: acabei promovido e passei à trabalhar no escritório.

O mercado de trabalho moderno de funções mais bem remuneradas quer pessoas que usem o cérebro para resolver problemas, o tipo de função em que se exigia o mínimo de cérebro não existe mais, hoje em dia pinças robóticas e braços robóticos fazem esse tipo de trabalho milhões de vezes por minuto e ainda enxergam por meio de câmeras o que estão pegando e selecionam de acordo com o programa da máquina. 

Para quem não adquiriu nenhuma habilidade intelectual, sobram as funções de: motoboy, segurança, fiscal de loja, atendente de quiosque, manobrista, entre outras funções que envolvem apenas esforço físico, um pouco de inteligência espacial e emocional e o mínimo de raciocínio mais complexo.

O Mercado não liga para seus gostos pessoais e aspirações nobres e romantizadas


Outra ilusão que aprisiona a galera é a romantização do diploma de curso superior e as escolhas erradas que advém disso: quando se é jovem, escolhem os cursos mais sem utilidade e que nem os filhos de magnatas que poderiam se dar ao luxo de só viver estudando ingressam.

Já tive a oportunidade de ver ao vivo entrevistas com candidatos formados em Filosofia, Antropologia, Sociologia, História, Direito, Engenharia que sufocados pelo desemprego em suas respectivas áreas de formação partiam desesperados em busca de cargos que não tinham nada que ver com seus diplomas.

O que a galera não entende é que se você não vem de família tradicionalmente rica que fazem parte de corporações, dificilmente você vai se dar bem nessas áreas, me diga, o que leva um pobretão filho de dois ferrados semi analfabetos, se formar em "Psicologia", "Engenharia", "Antropologia" ou "Filosofia" e ainda pensar que vai ficar rico e ser paparicado pelas grandes empresas ou escolas??? Que insanidade é essa?

Quem não conhece alguém que massacrou sua família para se formar em cursos como Marketing e que depois nunca conseguiu trabalhar na área? Conheço uma chubby com cara de bebê que se formou no Makenzie, estuprou os bolsos de seus pais por 5 anos e já se passaram 4 anos desde a formação e NUNCA conseguiu emprego na área. Hoje, pelo que fiquei sabendo, está ganhando a vida fazendo bhoquethe na Alemanha, nas ruas frias de Viena.

Vejo muito se falando na blogosfera que o curso de Medicina é a panaceia para tudo, que um médico é top dos tops... Quanta ilusão! Se o cara formado em Medicina não se mexer, vai viver trabalhando como um escravo fazendo plantão na área pública, pode ganhar bem, mas não vai ter vida decente e nem todos possuem habilidades e motivações para ingressar na área, já um cara que vem de família de médicos, possui uma verdadeira corporação familiar que vai auxiliar ele na área.

Se não tiver grana para abrir um consultório e habilidade para fazer seu nome e fama crescer, vai ser mais um ferrado diplomado que massacro a família para nada, não existe isso de status profissional, o que conta é o quanto você lucra no fim do mês, a conta tem que dar o seguinte: valor recebido sempre maior que o tempo gasto na atividade.

Empresários abrem empresas para obter lucro e não para fazer caridade


Já trabalhei em empresas que a rotatividade de mão de obra (departamento de vendas) era absurdamente alto! Empregavam a pessoa, fichavam direitinho e passados 15 dias, a pessoa que não mostrava resultado em vendas era demitida sem dó nem piedade.

No começo, por falta de visão, eu ficava perplexo tentando entender isso e até ficava com ódio dos donos da empresa, mas conforme amadureci e tive meu próprio negócio, vi que manter uma pessoa, por mais que essa pessoa fosse gente boa e tivesse família para sustentar, mante-la na empresa sem gerar resultados para o caixa da empresa representaria prejuízos galopantes, algo totalmente contra a racionalidade.

Eu era da área de TI, mas realmente me sensibilizava ver mães solteiras ou rapazes com filhos recém nascidos, chorando na fila do RH porque foram dispensados por não baterem as metas mínimas de vendas semanais. Trágico porém aprendam: empresários visam lucros, caridade é só com a igreja e olhe lá.

Você não será remunerado de acordo com a quantidade de tempo e trabalho que você entrega e isso não é errado


Outra coisa que muitos não conseguem entender é que, diferente do tempo de nossos pais e avós, hoje em dia, o tempo e força física dispendida na atividade laboral quase não tem mais valor. Eu explico:

Não interessa se você passa de duas à 5 horas à mais do seu expediente se essas horas à mais não representam mais lucro para a empresa. Principalmente em funções que lidam apenas com informações, organização de dados e similares, então, porque o empresário deve pagar essas horas extras em dinheiro? Por isso, temos hoje o tão famoso banco de horas.

Entendam de uma vez: o que gera lucro são VENDAS. O que  gira o mundo são as VENDAS.

Não importa se são vendas de produtos ou serviços, somente vendas, o bussines movimenta o mundo. E aceite de uma vez: você, com seu ego, seu corpo, mente, motivações, habilidades e sonhos, você, seu pequeno aglomerado de átomos que estão em constante troca com o universo, você, meu amigo, é a mercadoria MAIS BARATA E ABUNDANTE DO MERCADO.

Att Gerson Ravv






   




Read More

domingo, 25 de novembro de 2018

Aniversário do BLOG: 3 anos de puro fracasso!

20:40 37
O blog completou dia 24/10/2018 3 anos! Foram 3 anos de fracassos colossais! Meu pobre blog nunca passou de 300 visitas por dia em média. Em seu auge no quarto semestre de existência consegui até 1000 visitas por dia mas durou pouco pois um parceiro, não sei o motivo, excluiu meu link de seu blog hall e depois excluiu seu site/blog.

Hoje, uma média de 30 visitas por dia é o máximo que consigo hoje.

Ainda consigo sentir o fedor de carpete com chulé da sala em que eu estava ao escrever e publicar o primeiro texto, lá no escritório de uma empresinha lá na Avenida Paulista! Foi muito empolgante depois receber os comentários.

Não estou mais encanado com as visitas ao blog, sei que nosso povo sofre de um problema sério quando o assunto é leitura: nosso povo brasileiro não gosta de ler, a maioria é composta de analfabetos funcionais, carecem do básico de interpretação de textos...

Por sorte, apesar de ter estudado em escola pública, tive excelentes professores de língua portuguesa, gramática, literatura e matemática.

Minhas homenagens às grandes mestras que tive no fundamental: Professora Glória, Professora Tyoko, Professora Vera e muitas outras! Por causa do empenho de vocês em nos ensinar é que hoje desempenho uma função importante no mundo corporativo e posso ler e interpretar textos e discursos ao meu redor. Por causa do amor dessas professoras é que hoje não me conto entre os asnos e analfabetos funcionais que vivem como animais irracionais impulsionados apenas pelos instintos mais básicos e hipnotizados pela mídia moderna.

Ao contrário dos que os haters dizem, meus relatos publicados aqui são 100% verdadeiros, minha vida sempre foi conturbada com episódios bizarros e surreais.

Foram 3 anos de aprendizado e muita diversão aqui no blog! 

Hoje, penso seriamente em acabar com o blog, não está mais valendo à pena, antes do Google fazer alterações nos ADS eu até conseguia tirar entre 150 e 300 reais à cada 4 meses com cliques em ads nos meus textos, agora, recebo apenas frações de centavos e olhe lá! 

Já nem me importo mais com anúncios, SEO e palavras chaves, até porque se eu escrevesse textos em busca de visitas com certeza ficaria algo no mínimo, bizarro! Iguais alguns textos que nosso finado colega VDC costumava lançar em busca de centavos de adsense: textos sem pé nem cabeça mas repletos de palavras chaves quentes e técnicas obscuras de black hat apenas para estar entre os primeiros links das pesquisas.

Não tenho mais paciência para ficar editando códigos, pesquisando palavras chaves e criação de textos baseados em interesses quentes, deixo isso para quem gosta.

No mais, ainda me divirto muito na blogosfera acessando alguns blogs dos colegas, como por exemplo, o blog do meu camarada o Pobre Diabo: é incrível como o público do blog dele não consegue entender a Filosofia Diabística (que eu concordo em muitas partes) com o estilo de vida do PD!

A molecada que lê nossos blogs em sua maioria ainda não ingressaram no mercado de trabalho e mercado sexual e não tem noção do tamanho do nabo que vão inserir em seus rabitos juvenis, por isso eu digo que a filosofia diabística do nobre PD alerta esses inocentes: só o desenvolvimento pessoal em busca do dinheiro salva da matrix corporativa, da corrida dos ratos e do cuckoldismo feminista afetivo!

O nosso amigo PD lidando com os haters em seu blog! É bem assim quando decidimos compartilhar nossa visão de mundo e dicas sobre a vida. 


Vendo por outro lado, percebo com tristeza que a blogosfera está morrendo: blogs sumindo, blogueiros abandonando seus blogs e leitores, muita briga, confusão e haterismo estão destruindo e afastando os poucos leitores de qualidade que ainda usam a blogosfera para trocar umas ideias.

Aprendi muito mantendo esse blog aqui que começou como Gordo Tetinha e agora mudou para Blockchainsupertrader, só tenho à agradecer a todos que fizeram e fazem parte da blogosfera!

Seu pudesse resumir o que aprendi aqui na blogosfera e que levei na minha vida,  as dicas seriam essas aqui:

*Você não vai ficar rico investindo na bolsa querendo fazer traders: invista o que sobrar do seus ganhos em ações que geram bons dividendos, vá juntando patrimônio para receber dividendos e numa emergência poder contar com esse fundo.

*você não vai ficar rico com criptomoedas: invista somente quantias que não vão fazer falta para você, mas já aviso: com o tempo ninguém mais vai ligar para elas, já parou pra pensar que nosso sistema bancário atual evolui muito nos últimos tempos? Para que perder tempo com carteiras chulés de bitcoin que somente nerds sabem usar? Essa onda ai de fazer compras no dia a dia com criptomoedas nunca será aceita e usada pela massa acéfala que arrasta mouse no Windows Pirata..


*Seja frugal e corra atrás do seu desenvolvimento pessoal mas não se destrua no caminho, cuide de sua saúde física e mental, tudo tem hora para parar.

*Faça exercícios leves que não sobrecarreguem sua carcaça e coração que já sofrem demais no stress diário: você não é fisiculturista profissional, pegar pesado demais na academia apenas vai abreviar sua vida e danificar os músculos do seu coração, uma arritmia mortal pode estar à sua espreita e você nem sabe, pegue leve. Prefira natação por exemplo.

*Uma hora ou outra você vai se juntar ou casar com uma mulher, faz parte da vida, à não ser que você seja um retardado que baba e usa fralda, você com certeza vai dividir um teto com uma mulher mas tenha plena consciência de que é tudo ilusão e passageiro: ninguém pertence a ninguém, pessoas mudam, pessoas mudam seus objetivos e gostos, esteja preparado para tudo e seja forte no caso de sofrer decepções, traições, abandonos e infortúnios, não perca a cabeça, saiba sair do inferno de cabeça erguida e com honra.

Enfim amigos leitores, haters e juvenis, espero que meus textos tenham sido úteis para alguém ou que pelo menos tenham feito alguém rir quando estava triste, eu por exemplo, quando lia o finado blog do POBRETÃO na hora do almoço, sempre voltava mais animado para o trabalho, às vezes rindo sozinho lembrando de alguns trechos cômicos! O Pobretão tinha algumas ideias absurdas que eu não concordava, mas em outras em concordava, como por exemplo, a exploração que sofremos no mundo corporativo.

Comenta ai que gosta ou não gosta no blog, mas já aviso que não vou mudar nada aqui, vai continuar do jeito que é.

Att Gerson Ravv









  
Read More

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Bitcoin desaba e leva cripto-otarios ao desespero

09:02 15

Minhas simulações do preço do Bitcoin com Lógica Fuzzy


Ainda acha que vai ficar rico com criptomoedas? Aaaaaaaaaahhh! Vai te cata! Exchange de criptomoedas: cassino online de pobretão. Lixo. Não vejo a hora do Fisco f#der com todos vocês.    

                                .                                     
O choro é livre nos comentários seus Otários extremistas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 

Como sempre, eu estava correto alguns posts atrás quando informei que as simulações que fiz usando a lógica fuzzy me mostraram que o Bitcoin iria desabar com tudo em 2018: muitos riram de mim e continuaram comprando Bitcoin  hiper inflacionado.

Esqueça esses palhaços com canais chulézentos no You Tube falando sobre análises gráficas, vela pra cima, vela pra baixo, touros, ursos, veados e o ca##alho a quatro: tudo migué pra vender cursos e consultorias sobre trade de criptomoedas para vocês otários.

Somente a poderosa lógica Fuzzy pode nos dar uma pontinha de acerto nas estimativas de preço dessas porcarias digitais, isso porque a lógica Fuzzy diferente das outras lógicas e análises, trabalha com valores subjetivos como: sim, não e talvez, talvez sim, talvez não e etc.

Infuzzy: programa free da UNISC para fazer suas simulações com lógica difusa


O programa que escrevi com alguns amigos mostraram estimativas catastróficas para o Bitcoin, no nosso programa conseguimos inserir diversas variáveis para nossas simulações, usamos uma API lixosa de Fuzzy em nosso programa tosco desenvolvido em Java: a queda do bitcoin nos últimos meses bateram com nossas simulações de forma inacreditável.

Não seja preguiçoso e aprenda a fazer suas simulações com Lógica Fuzzy com o programa da UNISC!


Algumas noticias ruins para os cripto-otários holders de Bitcoin: na China estão jogando fora ou vendendo quase de graça as máquinas de mineração de Bitlixo; algumas mineradoras grandes fechando as portas; pessoas se desfazendo de seus bitcoins trocando por outras criptomoedas; governos estudando proibir ou taxar pesadamente os trades em bitcoin.

Enfim amigos e cripto-otários, não fiquem com raiva de mim: também estou aproveitando essa queda do bitcoin que puxa outras criptomoedas para comprar na baixa muitas XRP e Litecoins, que aliás, Litecoin foi minha primeira paixão por hold e trade de criptomoedas, como sabem, ganhei muito em 2017 com as altas insanas do bitcoin e Litecoin. 

Quer aprender mais sobre Lógica Fuzzy? Então acesse o link abaixo e se divirta! Você pode fazer suas próprias simulações de preços futuros do Bitcoin usando esse programinha disponibilizado gratuitamente por essa faculdade do Sul do país, é bem fácil de criar sua simulação, não serão completas como a do meu programa feito em Java mas já é um começo, fora que a lógica Fuzzy tem infinitas aplicações! Vai lá chinelão! Tá esperando o que? Acesse o lnk abaixo e seja feliz: é só acessar, rolar a tela pra baixo e se inscrever, não tem pegadinha, é um programa feito e disponibilizado pela UNISC:



MEU HERÓI! DOCTOR ROCKSO!











Rock all day Sniff that line Roll that money No more clowning around for you Got it bad Need to get some more Today it's gonna snow Gonna put White Christmas up my nose I ain't no weatherman - don't know if it's gonna rain 'Cause I'm a rock 'n' roll clown, do a lot of cocaine One of these days they're gonna take me away 'Cause I'm Dr. Rockso, and I do cocaine Huh, what's that Judge? Oh, why's my nose bleeding? Oh well you see that, I fell down...
Read More

domingo, 11 de novembro de 2018

Minha "Chubby"

17:19 12
Olá amigos e inimigos! Tudo bem com vocês? Eu estou ótimo! 

Hoje vou falar sobre meu segundo casamento.

Tive a burrice de cometer o mesmo erro duas vezes e hoje, posso dizer que estou me arrependendo de ter tomado a mesma decisão errada...

Minha segunda esposa quando a conheci era uma verdadeira ninfeta russa, apesar de ser filha de italianos de Milão: muito branca, magra sem ser esmilinguida, quadril avantajado e redondo, cintura de menina e carinha de moleca sapeca com os cabelos loiros encaracolados, era o sonho de qualquer tetudo betoso...

Nosso namoro foi gostoso e feliz, o período de noivado meio tenso pois eu estava ainda me recuperando do meu primeiro casamento desastroso, mas no fim, ela se mostrou uma mulher batalhadora, fiel e com objetivos bem definidos como eu.

Ela era como eu: focada nos objetivos, trabalhadora, gostava de ler, estudar e praticar esportes.

Mas, o tempo passou e tudo mudou: após engravidar e ter nossa filha, ela começou a ficar com a famosa síndrome de burnout e depressão, começou a engordar e me dar muito trabalho.

Seu corpo se transformou após a gravidez, nem foi durante, foi depois mesmo. Não ficou gorda monstruosa, mas engordou alguns quilos o que para mim não tinha nenhum problema, mas depois, conforme a doença avançava ela engordou mais um pouco ficando irreconhecível.

Pesquise no google sobre BURNOUT


Eu como sabem, fui praticar musculação e sempre nadei e andei de bike, o Gordo Tetinha faz muito tempo que morreu, já minha mulher, ficou realmente gorda, isso acabou gerando crises terríveis de ciumes nela.

Saiu do emprego, parou de trabalhar e quando seu pai deu para ela um salão comercial que ela aluga foi o começo do fim de tudo: passou a ficar cada vez mais depressiva e sequer cuidava direito de nossa filha que tive que deixar com minha irmã, sogra e cunhadas nos períodos mais tensos da síndrome de burnout dela. Foram dias tensos.

Nenhuma mulher podia se aproximar de mim num raio de 30 metros que ela começava com barracos sem fundamento nenhum.

Por fim, fui procurar ajuda para ela que finalmente aceitou se tratar com médicos profissionais e não com crentelhos idiotas que eram da família dela.

Já se passaram 1 anos desde que começou o tratamento e está evoluindo, até perdeu peso e está voltando à forma novamente para meu alívio e para o bem estar dela também.

De vez em quando tem uma recaída leve mas depois volta ao normal. 

A gravidez dela foi de risco pois ela teve crise de hipertensão mas não era hipertensa, ela e nossa filha quase morreram, a nossa filha ficou quase 2 meses no hospital antes de vir para casa. 

Essa tensão de ficar no hospital em coma, de ter que apressar o nascimento prematuro da criança com uma cesárea de risco e ter que sair do hospital sem levar a filha nos braços destruíram o psicológico dela, hoje, está se recuperando aos poucos.

O problema para mim não foi por causa do ganho de peso, mas sim por causa do emocional dela que ficou terrível. Por pouco não arrumei minhas coisas e fugi dela apenas com o número da conta corrente dela para ir pagando a pensão nossa filha mensalmente.

HOMENAGEM AO MEU PROTETOR QUE ACABEI POR VISUALIZAR QUANDO FUI ATROPELADO:

Cansei do Judaísmo, como meu pai e avô, voltei-me para religiões mais extremistas.


Enfim amigos, esse é o meu relato. Uma dica: não se iluda pensando que você por ser conhecedor da famosa REAL nunca irá se aventurar em morar junto com uma mulher ou que vai fazer "marriage strike" ou ser um "MGTOWN". A nossa natureza pede para que nos juntemos com uma mulher, no fim, desde que você não seja um retardado que baba e usa fralda, você com certeza vai se meter a viver, morar ou casar com uma mulher, alguns vão se juntar com mães solteiras, largadas do marido, velhas azedas, gordas chatas, rodadas, santas, vadias, trabalhadoras, arlequinas ciclonadas ou etc. 

Minha dica: pense muito, mas muito mesmo antes de se casar, você está pronto para assumir tamanha responsabilidade? Você confia no seu taco, mas e a outra parte? Está preparado par agir de forma racional e moderada após uma traição, decepção ou infortúnios de doença como foi o meu caso? Pense bem, pois um dia iremos nos encontrar e eu gostaria muito de chama-lo de HOMEM HONRADO.

Att Gerson Ravv





Read More

sábado, 20 de outubro de 2018

Um gordo esquisito - novidades do meu novo emprego

19:30 24
Olá amigos, fiquei um pouco ausente no blog por conta do novo emprego em que entrei. Estava organizando algumas coisas na minha vida e novo emprego por isso fiquei um pouco sem tempo.

Mas agora parece que consegui organizar minha rotina novamente e vou ter mais tempo para postar regularmente aqui.

Meu novo emprego apesar de ser na área de TI está bem tranquilo: nada de ficar preso na frente de um computador o dia inteiro, graças a Deus!

Agora passo mais tempo fora do escritório visitando locais, anotando dados e fazendo avaliações e configurações rotineiras em servidores que por segurança não podem ser acessados remotamente. Trampo bem simples e moleza, sem burocracia, sem ninguém me pegando no pé e principalmente: sem necessidade de estar "logado" em nenhum sistema PODRE de controle total do meu tempo. Nem acredito que me libertei da escravidão moderna de controle de tempo absoluto que a maioria dos trabalhadores de TI sofrem. Não tenho metas, nem setor de qualidade ou outra balela corporativa: a única coisa que cobram é um trampo bem feito e cuidado com a segurança dos sistemas e equipamentos, nada mais. 

A novidade bizarra é um novo colega de trabalho do time de gestão, um gordão esquisito que parece o Peter Griffin da Familia da Pesada: o figura vai trabalhar usando vestidos e sapatos de mulher mas não é gay!!!!!!!!!!!!!!!!

Parece que gordos que se parecem o Peter Griffin me perseguem nas empresas, sempre tem um pra me encher o saco! Lembram daquele que gritava "Vivas Lassssssssssssssssssss Vegas!" kkkkkkk!

No meu primeiro dia na empresa estava rolando uma confraternização em que as pessoas podiam ir fantasiadas do que quisessem, eu nem estranhe quando no meio daquele monte de NERDS vestidos de personagens de Star Wars, animes e filmes eu vi um gordalha usando um vestido verde de bolinhas brancas com sapato vermelho de salto alto.

Eu pensei: tá aí um nerdão esquisito que usa a festinha da empresa pra colocar a bichona que tem dentro dele pra fora sem medo de ser feliz.

Mas estranhei quando no outro dia, dia normal sem festinha, lá estava ele novamente usando vestidinho de mulher com sapatão de salto alto exibindo seus dedos peludos do pé.

Chamei de lado meu coordenador e perguntei qual era o do vestido e ele me explicou: "Ah! Você está falando do Brunão? Ele está passando por uma fase difícil em seu casamento, uma fase de  transição e apoiamos ele na decisão de usar roupa de mulher sem problemas! É um cara bacana, você vai ver!"

Brunão Bumbum Peludo em "uma fase difícil"


Eu pensei: coitado! Deve ter tomado um chifre e por isso ficou panguado! Me surpreende saber que ele não é gay, é casado com uma loira nota 9 e tem dois filhos! 

Bem, todos parecem gostar dele e é considerado um gestor muito competente, de vez em quando vamos juntos buscar café, chá e bolachas para as reuniões que fazemos na empresa. 

Brunão costuma me chamar de "Gerseta" ou algo assim com meu nome real. Eu fico pensando: desde quando te dei essa liberdade seu gordeta esquisitão?! kkkkkkk!   

A empresa é bem modernosa e segue uma filosofia do "faça você mesmo a organização e limpeza do ambiente da empresa", por isso nós mesmos revezamos a limpeza da nossa mesa, sala e cuidamos do café que consumimos, a tia da limpeza só vai duas vezes por semana fazer o trabalho mais pesado.

Porquê Déos?


Enfim amigos, sem muitas novidades mesmo. Finalmente posso dizer que minha mente está leve, limpa e livre daquele peso de um ambiente de trabalho nefasto escravizante em que estava no último trampo, essa minha nova função é muito tranquila sem muita frescura: a empresa só quer a solução rápida se houver problemas e cuidados com segurança dos dados e manutenção dos equipamentos, só isso. Nada de "avaliação de clientes", nada de "metas diárias, mensais, anuais", nada de inutilidades como "setor de qualidade" e etc.

Meu aquário tanque está prosperando: estou na quarta geração de Lebistes gerados de dois casais iniciais: os peixinhos não param de se reproduzir! Meu caracal ampulária quase foi devorado por um pássaro! Por sorte como ela é um caramujo  grandalhona e forte o pássaro não conseguiu furar sua casca.

Recomendo como passatempo cultivar um aquário plantado com peixes: muito relaxante! E não gastamos muito: só precisa de um tanque ou bacia, um filtro de água tipo cascata e um substrato para as plantas que é o item mais caro que custa uns 150 reais mas dura uns 5 ou 6 anos sem precisar trocar. 

O meu tanque funciona em harmonia perfeita: tem lebistes, camarões que reviram o fundo do tanque, plantas, um caramujo ampulária e um caramujo preto que comem os peixes que morrem, as algas e as folhas mortas das plantas, um filhote de libélula que come os peixinhos e camarões que nascem  mais lerdos ou doentes e assim o eco sistema do tanque segue perfeito como na natureza. Como o tanque está no lado de fora, pega Sol e não precisa de lampadas, é muito relaxante sentar ao lado e observar o ciclo de vidas dos animais e plantas no aquário e ouvir o barulho da cascata-filtro. Segue abaixo um vídeo que fiz hoje após remover o substrato para aplicar um novo mais duradouro que não vai precisar de uma camada de pedras isolantes por cima dele:

 

No mais, espero retomar meus aportes na bolsa assim que esse período nojento das eleições passarem e finalmente a gente ver no que vai dar.  Vendi minhas últimas criptomoedas e sigo a vida. 

Até mais amigos! 

Att Gerson Ravv










Read More

sábado, 15 de setembro de 2018

Na Balada Gay - Arrepiaram o Neguim

20:08 34

A Festinha de aniversário do Patrão Frescalhão numa balada gay

Quem nunca teve que ir numa festinha ou reunião em lugares que jamais pensou que iria um dia na vida somente para não ser mal visto pelo chefe e colegas de trabalho?   

Esse relato aqui ocorreu quando eu trabalhava num restaurante localizado lá nos Jardins em mil novecentos e bolinha.

O dono do restaurante (vamos chamá-lo de Cézar), era um cara legal, gente fina mesmo, generoso e muito gay também e para completar, o seu gerente dessa unidade também era gay. 

Observação: não confundir com os gays do texto que postei semanas atrás e que ainda estou devendo a continuação: http://www.blockchainsupertrader.com/2018/05/dedada-no-meio-da-olhota-quando-um.html, esses são outros casos,  pra vocês verem como dependendo do tipo de profissão vemos os mesmos padrões se repetindo em sua maioria. 

A galera que trabalhava nesse restaurante era composta por nordestinos arretados, moleques em seus primeiros empregos (eu me incluo nesse grupo aqui), dois favelados, quatro mulheres casadas, dois baitolas (Anderson e Toninho) e ELE, o protagonista da nossa estória: Neguim, na verdade seu nome era Paulo mas era carinhosamente chamado por pedido dele mesmo de "Neguim".

Neguim era muito gente fina e engraçado ao mesmo tempo: negro, óculos de fundo de garrafa, magro como um vara, falante e falastrão.  Só falava besteira, mas eram besteiras engraçadas, Neguim era muito legal mesmo. Seu bordão era: "Eu quero mulé! Quero muléééééé nessa disgraça!"

Um belo dia, fomos informados pelo gerente que o aniversário do dono do restaurante seria comemorado numa famosa balada gay aqui de São Paulo e que todos estavam OBRIGADOS à comparecer para dar os parabéns para o baitola mór pois ele mesmo tinha reservado umas mesas pra gente e iria pagar nossas comandas sem miséria.

Eu até tentei argumentar que não poderia ir pois não curto baladas, mas fui rispidamente intimado à comparecer com ameaças de perder o emprego ou ser rebaixado à faxina: não tive escolha!

Chegado o dia, a trupe do restaurante se reuniu no hall já fechado aguardando o gerente nos levar até a balada gay onde o seu Cézar já nos aguardava em nossas mesas reservadas: os nordestinos todos com suas melhores roupas coloridas todos fubazentos com desodorante Axé ou aqueles fedorentos da Avon de homem, as mulheres pobre da zona leste se sentindo as cocótas pois iam pela primeira vez numa balada famosa, os moleques favelados sonhando com licores e bebidas alcoólicas importadas na faixa, e  eu e o Neguim na maior zueira falando besteira e um provocando o outro e rindo muito.

Alguém tirou uma foto da gente com máquina fotográfica da Fuji e até hoje tenho uma foto horrível em que eu pareço um espantalho mal vestido, escangalhado e fumando um cigarro bem ao lado de Neguim fazendo um gesto obsceno. Lembro que apesar dos perfumes e desodorantes, todos nós fedíamos de água sanitária pois usávamos um produto sanitizador de bancada e de equipamentos do restaurante depois de fechar, era um fedozão medonho que grudava na pele e não sai.

Chegamos na balada gay, passamos pela revista, seguranças apalpando nosso saco, deixamos nossos pertences na chapelaria e fomos para nossas mesas.

Seu Cézar já estava muito louco lá abraçado com um bombado e um magrelinho. Ele dançava freneticamente. 

Demos os parabéns, abraços e sentamos nas mesas. Eu mesmo estava achando tudo muito diferente, pois nunca tinha ido antes numa balada gay: a música era muito alta, as luzes estrambólicas, a galera na pista de dança dançava como loucos, esculturas sado masoquistas e fálicas,  vi muito cara beijando outro cara e muitas garotas beijando outras garotas. 

Os nordestinos arretados estavam exitados, as mulheres davam risinhos nervosos, os moleques só de olho nas garrafas coloridas do bar e o Neguim gritando seu bordão: "Quero mulé! Cadê as mulé dessa disgraça?".

Seu Cézar nos surpreendeu quando acendeu um baseadão e depois estirou e cheirou uma lagartona discretamente em sua mesa! Deve ter comprado os seguranças pois até ofereceu uma carreirinha pra um deles que passou pela mesa e apenas sorriu!

Começaram a vir porções e tira gostos em nossas mesas sem miséria, realmente seu Cézar cumpriu a promessa e quando vimos, estavam em nossas mesas garrafas de Amarula, Wisky, Vodca e doses de caipirósca de saquê. Neguim como bom cachaceiro caiu de boca na pingaiada! Tomou tudo que tinha direito sem nem comer as porções.

Continue lendo que você vai entender essa imagem



Até falamos pra ele maneirar mas ele nem escutou e continuou tomando todas e gritando seu bordão, ele estava doido vendo lindas garotas beijando e amassando outras garotas mais lindas ainda.

Os dois baitolas que eram nossos colegas gays Anderson e Toninho falaram: "Olha lá gente! Tem uma DARK ROOM aqui! Que tal irmos todos nós lá hein? kkkkkk!".

Neguim já alterado pela cachaça falou: "Que po##a é essa de darqui-rum? Tem mulé lá?" E os dois gays pervertidos responderam: "Tem sim Neguim! E você vai poder transar com todas elas no escurinho! Só princesa! Uma mais linda que a outra! Vai lá Neguim! Vai lá!".

Meus amigos! Nem deu tempo da gente segurar o Neguim que deu um pulo da mesa e foi correndo pra Dark Room que nem parecia que estava mais embriagado! Só deu pra ver seu vulto sendo tragado pela escuridão da Dark Room! 

Para quem não sabe, uma Dark Room numa balada gay é um quarto escuro, um breu total em que as pessoas entram para ficar se esfregando um no outro, transar, boquetear e outras coisas, tudo no anonimato da escuridão.

Eu olhei para os dois gays e falei: "Coitado do Neguim! Vocês são ruim hein! Ele tá bêbado!". 

Só olharam pra mim e riram, depois foram dançar na pista. Até os cabras arretados se soltaram e foram dar uns pulinhos na pista, as mulheres também, os moleques travaram nas mesas embriagados, eu fiquei tomando coca cola e comendo mini bolinhos de carne pensando: "Coitado do Neguim!".

O tempo foi passando, deu a hora de irmos embora (04:30), a balada fecharia às 06:00. Quando eu falei: "Quem vai ir resgatar o Neguim da Dark Room?" E não acreditaram que ele ainda estava lá dentro perdido desde as 01:00 que foi a hora em que chegamos lá.

Anderson como um baitola destemido que era foi lá resgatar nosso amigo Neguim (Anderson parecia o vocalista do The Cure).

Passados 15 minutos Anderson volta arrastando Neguim que estava num estado lastimável: tinha po##a seca nos óculos, no rosto,  no cabelo, po##a escorrendo em sua calça preta, metade da bunda de fora, cueca enfiada no rabo, enfim, Neguim voltou da Dark Room coberto de po##a da cabeça aos pés! Acho que fizeram um BUKKAKE coletivo no Neguim. 

Tentei falar com ele, saber se ele estava bem e tudo o que ele balbuciou foi algo que não deu para entender nada, estava completamente de fogo mesmo. Segundo Anderson só conseguiu achar Neguim depois de acender seu isqueiro e o achar jogado no chão no fundão da dark room.

Eu pensei: "PQP! Arrepiaram, arrombaram o Neguim!" 

O que eu acho que aconteceu com o Neguim na Dark Room 


Esperamos os moleques acordarem do porre e o Neguim poder andar sem trançar muitos as pernas, nos despedimos do seu Cezar que a essa altura já estava em Marte ou Vênus que trincando sua boca sorridente até apertou nossos sacos maliciosamente com a mão e deu uns petelecos nas peitolas das mulheres.

Fomos embora, como Neguim morava perto do Toninho este aguardou o Neguim voltar ao seu estado de consciência mais normal sem álcool na entrada do metrô e eu fui embora de ônibus só pensando na zueira que ia rolar no outro dia com meu pobre amigo falastrão.

Nem preciso dizer que essa caso foi assunto para meses, a zueira foi sem piedade pra cima do nosso atrapalhado amigo, segundo Neguim ele não se lembrava de muita coisa, só dizia que lembrava que tinha beijado muito gostoso no escurão da balada... Ele jurava que tinha dado uns amassos numa loirona trance que ele viu lá...  Eu zuava: "Você beijou foi é um monte de Sucuri cuspidora seu fresco, safado, baitola! Seu enrustido!"

Conclusão: é fodha ter que ir em festinhas ou reuniões em locais exóticos só por causa da maldita "Net Work"...

Att Gerson Ravv

Em homenagem ao Neguim: DANÇA DO BUKKAKE















Read More

sexta-feira, 7 de setembro de 2018

O que estudar para processos seletivos na área de desenvolvimento

21:19 12

Matérias e assuntos que caem em provas de processos seletivos para vagas de estágio de programador júnior ou iniciantes em programação


Esse texto aqui é dedicado especialmente para a galera que está matriculada em algum curso que envolve ciência da computação, análise e desenvolvimento de sistema ou outro qualquer semelhante.

Sei por experiência própria que a faculdade realmente não prepara o aluno para o mercado de trabalho, se bem que isso não é o objetivo de um curso superior: faculdade ou universidade devem apenas ensinar o método científico de pesquisa, coleta de dados e sistematização do conhecimento, só.

Como sabem os leitores do blog, já estagie e trabalhei na área de desenvolvimento mas realmente não gostei do que encontrei por aí nas "fábricas de softwares" e empresinhas metidas à Startups...

Não sou mais programador e na verdade, nem sei como se chama o que faço atualmente pois envolve fragmentos, conhecimento e ações de diversas áreas da TI, estou mais para um tipo de consultor que também põe a mão na massa.

O que posso dizer sobre a função de desenvolvedor ou programador hoje em dia? Precarização é apelido: as empresas que contratam como CLT pagam mixaria e cobram demais, as que contratam como PJ são mais enroladas que cabelo de brioco e também pedem muito e pagam de menos, para um programador por mais produtivo que seja, só restam brigar na faca com outros programadores para pegar projetos ruins com prazos apertados que duram pouco tempo e  que não acrescentam nada no curriculum: os projetos brasileiros nessas empresas são uma piada, nem de longe existe inovação ou algo que seja realmente interessante.

Enfim, espero ajudar os colegas estudantes que ainda estão em busca de um estágio ou vaga como programador iniciante, segue abaixo as matérias e assuntos que vocês devem estudar antes de ir para um processo seletivo na área! Boa leitura amigos!



LÓGICA

A principio os leigos pensam que para trabalhar com programação ou desenvolvimento é necessário ser expert em alguma linguagem de programação manjada como C, C++, C# ou Java.

Esqueça isso! O que é mais importante é possuir uma forte noção de lógica tradicional e matemática.

Lembrando que a lógica será a base para que possa escrever algorítmos.

O que mais cai nas provas dos processos seletivos são problemas de lógica formal e matemática. Arrume livros sobre lógica e pratique sem parar os exercícios que estão lá até decorar mesmo, com certeza na prova que você vai fazer vai cair vários desses problemas idênticos.

Exemplo:

"Era uma vez um fazendeiro que foi ao mercado e comprou um lobo, um carneiro, e uma alface. No caminho para casa, o fazendeiro chegou à margem de um rio e arrendou um barco. Mas, na travessia do rio por barco, o agricultor poderia levar apenas a si mesmo e uma única de suas compras - o lobo, o carneiro, ou a alface.Se fossem deixados sozinhos em uma mesma margem, o lobo comeria o carneiro, e o carneiro comeria a alface.O desafio do fazendeiro é atravessar a si mesmo e as suas compras para a margem oposta do rio, deixando cada compra intacta
. Como ele fará isso?"

Fonte do trecho acima: https://pt.scribd.com/doc/73201109/Problema-Do-Fazendeiro

ALGORITMOS

A lógica de programação é escrita por meio de algoritmos, estude muito sobre algoritmos e treine bastante escrevendo algoritmos se inspirando em atividades do seu dia à dia. 

Um algoritmo pode ser descrito como um tipo de "receita de bolo" com passos à serem seguidos em ordem lógica, por exemplo:

"Algoritmo para tomar um fora profissional de uma garota 10/10 na balada"

1- Fique de longe com seu shape de grilo desnutrido secando a garota

2-Vá até o bar da balada

3-Encha a cara de catuaba barata para tomar coragem pois sabe que nasceu feio, pobre e emasculado

4-Vá para a pista de dança simulando uma dançinha que mais parece um ataque epilético

5-Aproxime-se da garota 10/10 com seu jeito sem graça sabendo que não dança po##a nenhuma e está parecendo um bocó

6-Chegue no ouvidinho dela e diga o quanto ela é linda e convide ela de cara para ir em um local mais calmo

7-Escute dela um "Não estou a fim ficar com ninguém hoje, só quero curtir a vibe da balada." 

8-Se afaste mas fique de olho na garota

9-Veja um alfa-cafa bombado arrebatar a garota com um beijo roubado enquanto a carrega para uma dark room hétero da balada com ela sorrindo

10-Fora tomado - volte para a blogosfera da Real para se lamentar nos comentários 

Livro escrito por minha professora de Geometria Analítica 
do curso de Ciência da Computação, essencial para quem quer programar games como um profissional e não como um arrastador de mouse em IDES infantis


ESTRUTURA DE DADOS

Apesar de muitos estudantes destetarem a matéria de estrutura de dados, ela é importantíssima na área de desenvolvimento, até porque os computadores ainda são muito primitivos e só fazem uma ação de cada vez. 

Estude muito sobre PILHAS, FILAS e LISTAS.

Com certeza vão cair problemas como a Torre de Hanoi, estude muito esse problema! Pesquise também sobre problemas envolvendo FILAS E LISTAS.

Link: https://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_de_Hanói

Link: https://www.dcc.fc.up.pt/~fds/aulas/EDados/1314/Apontamentos/listas-1x2.pdf

BANCO DE DADO RELACIONAL E SQL

Procure saber pelo menos o básico sobre SQL e bancos de dados relacionais. Com certeza você vai fazer uma provinha recheada com questões sobre comandos de SQL.

Tem material de sobra na WEB para quem deseja aprender um pouco ou muito sobre SQL e banco de dados relacional.

Pesquise e estude sobre DML, DDL, DCL, DTL e DQL. 

Procure entender e DECORAR o que são: cláusulas, operadores relacionais e operadores lógicos.  

MATEMÁTICA BÁSICA

Pois é amigão! Você pensando que estaria livre da matemática no mundo da programação! Pois você sabia que Computador vem de "computar" que significa "contar"? A matemática será uma companheira constante em sua vida amiguinho.

Com certeza vão cair muitos exercícios de matemática básica como multiplicação e divisão com 2,3 e até 4 dígitos. Prepare-se! Se você teve uma educação básica de me#dha você tá lascado!

Estude e pratique muito! Pesquise sobre fatoração, exponenciação e conjuntos numéricos também. 

Dica: estude um pouco sobre vetores pois já participei de processo que caiu exercícios sobre vetores por conta de arrays em programação e por aí vai.

CONCLUSÃO 

Dificilmente para as funções de estagiário ou programador iniciante júnior uma empresa vai cobrar nos testes algum conhecimento prévio sobre alguma linguagem de programação como  C, C++, C#, Java, etc. 

O mais importante para um iniciante sem experiência formal é ficar expert em lógica, matemática e estrutura de dados que são a base para saber programar em qualquer linguagem. 

Estude muito, se destrua praticando os exercícios que você encontra em milhões de sites de graça por aí. Espero que com essas dicas eu possa ter ajudado quem sonha um dia entrar para a área de programação. Sei que esse será mais um texto "técnico" que com certeza terá poucos leitores, mas para aqueles que se interessam pelo assunto, fiz de boa vontade esperando alertar sobre o que estudar antes de ir para o processo seletivo.

Att Gerson Ravv



Read More

sábado, 18 de agosto de 2018

Os incríveis empreendedores digitais e suas groselhas virtuais

17:26 41

Uma visão sobre a geração ingênua que sofre de complexo de Bill Gates e pensam que serão empreendedores digitais milionários


Já estagiei numa pequena "fábrica de software" e fiquei tempo suficiente para não querer seguir carreira como desenvolvedor apesar do tão falado status... 

Era uma micro empresa que já estava quase ficando média, infelizmente era uma daquelas empresas que faziam o mix de agência de publicidade com desenvolvimento de softwares...

95% dos trabalhos lá eram para outras empresas: desenvolvimento de pequenas aplicações para banco de dados, automação comercial, programas para sistemas industriais de controle de tempo e de máquinas, plugins para sites, sites empresariais simples, aplicativos simples voltados mais para a divulgação dos serviços da empresa, aplicativos free ou de coleta de dados através de formulários discretamente inseridos em páginas da web ou aplicativos free, etc.

De vez em quando a agência de publicidade anexa à empresa empurrava alguns malucos para a gente do desenvolvimento: só os panguados com complexo de Bill Gates...

Era cada maluco com umas ideias fracas que eu tinha vontade de pular da janela do segundo andar do pequeno prédio de 4 andares da empresa...

Se não me engano era a época de ouro das plataformas virtuais de venda de infoprodutos.

Certo dia empurram um cara para conversar conosco: o sujeito parecia o Pit Bicha de bigode, óculos escuro e cabelo chamél...

Entrou na sala com uma volumosa pasta de onde sacou um notebook e já foi ligando seu Windows e nos apresentando sua ideia no formato de slides do Power Point...

Já foi falando que era "algo muito simples", sua ideia consistia em lançar um site em que os usuários registrados pagariam para enviar seus info-cursos e ministrar suas aulas virtuais ao vivo para alunos pagantes mensalistas. Uau! Muito simples mesmo né! Pelo que sei já existe hoje em dia a tal plataforma e não, não é do nosso amigo Pit!

Como expliquei no começo do texto, nossa empresa  fazia apenas serviços triviais, simples, a parte chata do mundo da programação que ninguém fala ou divulga. 

Dia típico de um desenvolvedor...


A midia divulga muito essa ideia errada de que a vida de programador é do nerd estereotipado sempre criando programas fantásticos e revolucionários, coloridos, games inovadores etc: não meus amigos, a maior parte do tempo um programador ou desenvolvedor se debruça em telas chatas pretas, com um cursor piscando e tentando resolver um bug terrível no programa chatíssimo que regula os micro segundos que uma pinça mecânica leva para pegar uma peça na esteira da fábrica de chuveiro ou de chocolate...

Dissemos para nosso colega empreendedor digital  que até que seria possível desenvolver a tal plataforma, porém, o investimento seria muito alto por conta da infra estrutura que seria necessária para os serviços de streaming, servidores dedicados, links poderosos, time de suporte e desenvolvimento 24 horas por dia e infelizmente, nossa empresa tinha como foco projetos mais simples... 

Mesmo assim Pit Bicha queria saber o valor que gastaria mais ou menos por baixo: um colega meu desenvolvedor sênior (eu era apenas um estagiário simplório) deu o orçamento.

Pit Bicha arriscou um palpite "Quanto? Uns 8 mil reais por ai?" e meu amigo não aguentando segurar uma risada de escárnio lascou nos ouvidos do sonhador: "Quê? 8 K não paga nem  a página Home do site! Estamos falando de milhões meu caro!". 

Foi quase triste ver as ilusões do nosso amigo se desfazendo no ar...

Outro maluco que aparecia de 15 em 15 dias por lá era um estudante de Marketing que sempre vinha nos apresentar suas ideias mirabolantes e revolucionárias. Se auto chamava de "Makeline Star" que também seria o nome de sua futura Startup...

Eis algumas de suas ideias: 

*App "BrigaLícia" para reunir vendedores de brigadeiro: um tipo de facebook com cadastro e divulgação de pessoas que faziam e vendiam brigadeiros caseiros, pagariam uma taxa mensal para nosso amigo e esse se responsabilizaria na divulgação massiva dos contatos telefônicos;

*App e site "Recicla-Love": uma ideia maluca que consistia em lançar um site de reciclagem de preservativos usados para motéis: o motel faria o cadastro grátis pelo site ou App e receberia gratuitamente  mensalmente um receptáculo para colher as camisinhas usadas que seriam recolhidas periodicamente e vendidas para "reciclagem", processo que nem nosso amigo Makeline sabia como seria , se era permitido isso ou se alguma empresa fazia isso...

*Site "Bumbum Peludo": site para encontros entre rapazes marcarem encontros em banheiros de Shopping, Metrô para a prática de sodomização segura, o site teria orientações de uma psicologa descolada (prima do Makeline), ensinando que essas práticas vinham da Roma antiga e deveriam ser realizadas  discretamente para não chocar a sociedade... Cobraria uma taxa simbólica e também divulgaria campanhas sobre sexo seguro e AIDS. 

Enfim, tirando essas ideias acima, o Makeline até que tinha umas ideias interessantes de vez em quando e até possíveis de serem implementadas, porém, nosso amigo publicitário em formação nunca tinha um centavo no bolso, nem dinheiro para uma hospedagem básica e um template barato de WordPress ele tinha.  

Problemas, problemas e problemas...



Enfim, nem vou mencionar a enxurrada de piramideiros e estelionatários em geral  que apareciam por lá. Era cada ideia maluca e safada que era inacreditável. 

Eu mesmo tentei lançar alguns aplicativos na Google Store e me lasquei: o G todo poderoso não aprovou nenhum e eu admito: eram todos uns lixos!!!! 

Meses atrás anunciei um aplicativo gratuito da Blogosfera Financeira que iria reunir alguns textos inéditos meus ao mesmo tempo em que divulgaria os links dos parceiros do blog: foi rejeitada na hora pela Store. E até que foi bom: pra quê serviria essa porcaria? Adsense não está dando nada mesmo...

Todo dia sou notificado de violações de políticas nos meus textos, todo dia vejo minhas postagens indo parar nos confins do DB googleano, realmente ultimamente está muito chato agradar o Grande G...

Em breve vou desativar os anúncios aqui do blog e tentar vender algo criado por mim mesmo ou do blog, ainda assim ajudo meus amigos e colegas mantendo os links de seus blogs, produtos, canais e serviços sem cobrar nada deles. Nem posso cobrar pois meus textos assim que eu posto ficam invisíveis para as pesquisas e eu não admito ser controlado por um algoritmo sem cerébro, jamais vou alterar meus textos e assuntos de modo que fiquem completamente ao gosto dos anunciantes bilionários.

Vou vender algo meu somente para pagar a renovação do domínio anualmente e assim ficar um pouco mais animado para postar, agora tenho tempo de sobra, mas em breve vou voltar ao mercado de trabalho e os textos serão mais raros. 

Acredito no que dizia um gerente boi-ola (Charlete), do tempo que eu trampava no fast food: "Com muito dinheiro para investir em publicidade, basta embalar fezes humanas num papel dourado que vai vender como água no calor!". 

Sem dinheiro meu amigo, não adianta nem sonhar... Infelizmente é assim.

Att Gerson Ravv


Humor sério para refletir:





Read More

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

As Deusas do Escritório

12:06 26

Uma empresa muito louca com funcionárias mais loucas ainda!


Em uma das diversas empresas em que trabalhei, lembro de uma em que as mulheres ocupavam quase que 100% dos postos de gerência e gestão.

Era uma empresa de processamento de dados e telemarketing, nessa época, eu trabalhava como suporte de campo. 

Eu chegava na empresa, sentava em meu canto que era um posto de atendimento igual os das operadoras de telemarketing, praticamente ficava no meio delas, sentava e ficava esperando a galera vir me chamar para reinstalar algum software, dar manutenção em computadores ou impressoras.

No setor que eu ficava, só trabalhavam mulheres e alguns baitolas, tinha uma gestora e uma supervisora que se chamavam Clarissa e Vanessa respectivamente... 

Na mesa da gestora Clarissa tinha um livro intitulado "A DEUSA DO ESCRITÓRIO"...

Eu já sabia do conteúdo desse livro pois uma tia véia minha já tinha emprestado esse livro besta para minha mãe.

Resumindo para vocês o conteúdo desse livro: toda mulher que trabalha no escritório é uma Deusa que é adorada pelos homens do escritório que secretamente em seus subconscientes masculinos de homem do tempo do neolítico (em que supostamente os humanos e suas sociedades eram matriarcais, ou seja, dominado pelas mulheres e deusas). 

Uma imagem de uma deusa esculpida por homens primitivos


Dizia esse livro que todos os homens desejam servir toda mulher que trampa num escritório e sonham ardentemente em serem escravizados por elas... é uma mistura escrota de feitiçaria, pseudo psicologia com auto ajuda fedida e feminista.

Nos primeiros dias sem muita intimidade e sentando bem lá no fundo da sala eu não percebia costumes grotescos e bizarros que rolavam ali...

No quinto dia de trabalho, o layout da sala foi remanejado e eu fui deslocado para sentar numa PA bem de frente para a mesa da gestora e ao lado da mesa dela a mesa da supervisora...

Já entrando na sala no sexto dia, eis que adentro pela porta e dou bom dia para a Clarissa e a Vanessa e me sento em minha mesa. Assim que sentei o rabho na cadeira escuto: 

"Ei Gerson! Volte aqui! Como assim só "bom dia"??? Você vai ter que aprender muito aqui conosco sobre AS NORMAS exclusivas dessa sala e setor!"

Eu surpreso, levantei e fui até a mesa das minhas chefes. Nisso, elas chamam um baitolinha que sentava ao meu lado e ordenam: "Rafito! Ensina pro Gerson como nós as DEUSAS, DIVAS SUPREMAS dessa sala devem ser tratadas por vocês homens!" 

E o boiolinha muito prestativo me olhando com aquela boca de engolir sucuri me fala com sua voz engasgada e manhosa de rapaz delicado: "Queridinho! Presta atenção meu abôr!"

E eis que o Rafito sai da sala, volta, passa pela porta e ao parar de frente para a mesa da gestora exclama em alto e bom som:

"BOM DIA MINHAS DEUSAS VHAGA-BHUNDHAS!"

E as duas todas sorridentes responderam "Bom dia! Pu-thão!"

Eu fiquei sem entender nada! Não sabia se ria, se chorava, se saia correndo, minha mente ficou bugada pois além de que a cena foi um susto eu ainda estava na primeira semana de trabalho!

O termo "vaga-bhundha" dentro do contexto daquela sala de mulheres trabalhadoras era um termo POSITIVO, que pelo que entendi, significava ser "pegadora", mandona, poderosa, ativa e dona de suas vontades.  Havia competição para ver quem beijava mais pelas escadas da empresa e barzinhos do Centro da Cidade de São Paulo, quem mais fazia sexo casual durante e após o expediente. Eu mesmo flagrei gente afunhanhando nas escadarias escuras do CallCenter.

Esse meu relato é interessante para sociólogos e sexólogos, se possível, gostaria que as mulheres que leem o blog dessem seus pontos de vistas sobre isso que testemunhei. Pode parecer que inventei mas juro por minhas convicções humanistas que é verdade.

Depois desse dia as coisas só foram piorando: mulherada e baitolada só conversavam besteira o dia inteiro! Era incrível a falta de foco daquela gente! O assunto era sexo e sacanagem o turno todo.

Até receita de drink misturado com suco de picah eu ouvi: "Ai menina! Fiz ontem com o do meu marido e com o do meu boy magia para ficar mais consistente, coloquei licor de amarula, mas ficou amarguinho! Meu marido tomou sem saber o que era e adorou! Pode isso! Rsrsrsrs!"

Lembro de uma atendente de telemarketing que tinha uma réplica de microfone misturada com dildo, um pênis-fone ou sei lá que raio era aquilo e de vez em quando fazia entrevistas gravadas com smartphones com a ajuda de algum bichola como câmera man...

Quando ela vinha e colocava aquele bagulho na minha cara simulando uma entrevista eu empurrava pra longe e todos ficavam rindo da minha cara de indignação. Palhaçada!

A cada 15 dias os relatórios do setor só mostravam resultados lixos. A produtividade caia conforme as energias sexuais e putharias desenfreadas aumentavam.

A gestora casada transava com outros gestores ou clientes da empresa, a supervisora com o bombeiro e as atendentes de telemarketing viviam uma surubha eterna com bissexuais e héteros fracassados que trabalhavam lá, e agora PASMEM: tinha uma atendente LINDA nota 9/10 que estava traindo seu marido com UM MORADOR DE RUA VICIADO EM COCAÍNA IGUAL ELA, o tiozinho era uma mistura de Seu Madruga com Marcelo D2, andava descalço pela Praça da República e Largo do Arouche...

A própria entrada da empresa era uma patifaria por si só: moleques de rua, mendigos e noias colocavam colchões e trapos bem na entrada do Hall, na calçda e lá ficavam! Nem se mexiam enquanto a gente passava por cima deles evitando com todo o cuidado encostar neles! 

Eu perguntava para os seguranças da empresa e do  prédio porque não tiravam essa corja de lá e os severinos de terno apenas diziam:

"Tá louco? Se a gente relar a mão em um desses filhos da fruta no outro dia vem reportagem e ativistas encher o saco! Só por olhar feio para um desses safados que estava punhetandho na entrada do Hall meu colega foi demitido! Os donos da empresa já avisaram pra gente não fazer nada com eles, fazer o que né meu?!".

Enfim, era uma loucura aquela empresa. Teve um dia em que uma atendente que sentava ao meu lado, do nada, mas do nada mesmo, me cutucou e perguntou: "Ei! Psiu! Gerson! Você gosta de aranha peluda ou aranha pelada?"

Eu, nerdão demorei para processar a informação e perguntei: "Como assim? Não entendi fulana."

E a maluca encostando mais perto de mim abre a braguilha de sua calça e me mostra sua danada depilada me dizendo que havia depilado com cera e se eu achava que seu noivo iria gostar de passar a linguinha lá...

Certa vez, após o fim de ano, após as confraternizações forcex da empresa, eis que me passam um vídeo via bluetooth, na verdade AS DEUSAS DO ESCRITÓRIO me forçaram à aceitar esse vídeo escroto...

Baixei aquela porcaria contra minha vontade e para minha surpresa ao tocar o play eis que me deparo com uma filmagem em smartphone em que apareciam umas 3 atendentes de telemarketing, 2 garotos gays e a gestora e supervisora todos numa cama de motel numa surubha frenética, pelo que entendi quem estava filmando era o bombeiro civil da empresa. A suruba havia se consumado após a festinha de fim de ano da empresa e todos foram para um motel barato da Avenida Ipiranga.  Tinha dildos, chuva de leite nas bocas, aranhas brigando, tribadismo frenético, gente bêbada e muita zueira. Quando começou uma cena em que alguém introduzia uma sucuri semi broxa num traseiro peludo eu deletei o vídeo e sai da sala nervoso sob as risadas da mulherada e da baitolada...

Nem preciso dizer que esse setor faliu em alguns meses pois a produtividade nele era quase ZERO! Era uma célula teste que foi por água abaixo por causa do clima absurdo e sem noção que reinava ali.

Fiquei aliviado por ter sido transferido para outra célula com pessoas mais normais e focadas no trabalho e não mais precisar todo santo dia ter que falar ao entrar pela porta: "Bom dia vhaga-bhundhas!"

Att Gerson Ravv


    Humor 








Read More

Post Top Ad

Your Ad Spot