blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Novidades:

Post Top Ad

Post Top Ad

20 de nov. de 2019

Bíblia Suprema Anti-Cuckoldismo-Cucktales-Relatos Reais de Contos de Traição, Cuckoldismo e Patifaria

quarta-feira, novembro 20, 2019 5
Lançamento na Amazon:

"Bíblia Suprema Anti-Cuckoldismo-Cucktales-Relatos Reais de Contos de Traição, Cuckoldismo e Patifaria"

Nesse novo ebook são 32 páginas com o tema mais polêmico desde os primórdios da humanidade:

 TRAIÇÃO!

Um tema polêmico: traição, adultério, meter o chifre, pular a cerca e outros nomes. 

O adultério sempre fez parte das complicadas relações humanas, muito sangue e outros fluídos corporais já foram derramados por causa desse ato humano que é tão comum quanto amaldiçoado.

Na presente obra, trouxe relatos reais sobre traições que vi e ouvi desde tenra idade.

São textos chocantes com estórias bizarras de pulação de cerca e meteção descarada!


APENAS R$10,00!!!


Leitura indicada para jovens que ainda sonham em encontrar suas cara metades e romantizam a vida de casado!

De bônus três textos sobre meu primeiro casamento fracassado com uma modernete burra e aloprada!

Capítulos dessa primeira parte:

1 - Ela veste a camisa da empresa!

A tétrica  e trágica estória real de traição que o Google censurou aqui no blog. A triste estória de um contador que viu sua esposa ascender na carreira enquanto ele perdia a sanidade e a dignidade!

2 - Um casal destruído pela prostiranhação

Acompanhei a horrível trajetória de uma mulher infiel que culminou na morte de seu esposo provedor precocemente de forma rocambolesca.

3 - Tacando o dedo! O que os olhos não veem o Cornão não sente!

Testemunhei esse caso anos atrás. Enquanto existir alfas e manginas nesse mundo, mulher nenhuma será exclusiva do beta! 

Segunda Parte

1 - Dias terríveis! Dias Inglórios!

Privada lotada de merda até a boca, pentelhos na pia e absorvente usado jogado na pia do banheiro! Cuidado! Sua vida pode virar um inferno ao se casar com uma mulher completamente despreparada para a vida à dois! Minha bizarra experiência em meu primeiro casamento fracassado!

2 - Quebrando a cara parte 1 

Como conheci a minha primeira ex-mulher e sinais de que nunca deveria ter me aproximado dela.

3 - Quebrando a cara parte 2 

Como terminou meu primeiro casamento e como me senti livre e novamente VIVO!

Enfim amigos, quero agradecer aos meus leitores que compraram o ebook logo nos primeiros dias de lançamento! Foram 50 vendas em menos de 24 hora! Muito obrigado mesmo! 

Peço por gentileza para quem comprar os ebooks que avaliem lá na Amazon o livro, isso me ajuda bastante e é um canal a mais de conversa que tenho com vocês! Show!

Aguardem que em breve teremos a segunda parte do ebook com outros casos para refletir.

Att Gerson Ravv



Read More

3 de nov. de 2019

O fracasso da educação formal em faculdades e universidades para os trabalhadores

domingo, novembro 03, 2019 10
Voltei pra faculdade e agora mais experiente e maduro, tenho certeza de que faculdade e universidade não servem pra nada para boa parte da população... 

Só blábláblá inútil, teorias velhas sem utilidade, uma avalanche de matérias inúteis, um estupro mental. 

Me pergunto todo dia: qual a necessidade dessa avalanche de matérias e assuntos? Querem causar uma INDIGESTÃO MENTAL nos estudantes? Quem hoje em dia, mesmo sendo solteiro e sustentado pelos pais tem tempo, dinheiro e SACO para tanta carga inútil???

Educação para resolver os problemas reais da vida ou apenas para inflar egos e dividir ainda mais os homens?


Não vejo ligação alguma entre os problemas reais enfrentados no dia a dia com o conhecimento que é repassado nas salas de aula e acredito que uma educação eficiente deve preparar o estudante para enfrentar os reais problemas da vida e suas contradições. Fica parecendo dogmatismo religioso:
"apenas decore, aceite sem questionar, os antigos aprenderam isso, aprenda também."

Quem vive de brisa hoje em dia? 

E olhem que já trabalho na área faz tempo, somente voltei para a escola por EXIGÊNCIA da empresa em que fui contratado recentemente como CLT pq antes estava prestando serviços como PJ.

Os RH das empresas tem a desculpa de que a educação formal agrega qualidade no trabalhador, mas na realidade vemos gente improdutiva com pós graduação e até mestrado escrevendo tudo errado, sem coerência, no mundo corporativo se destaca quem FAZ as atividades de forma eficiente ou cria novas formas de fazer e não quem sabe mais teorias e morre nisso.

Por isso é comum ver pessoas na situação da moça que aparece no vídeo abaixo: tem graduação, pós graduação e até mestrado mas não consegue uma vaga sequer no mercado de trabalho:


Desalento mesmo ou migué e falta de senso para esticar a adolescência até os 50 anos? Não sei, só sei que do jeito que está, a tendência é vermos cada vez mais pessoas formadas que não são absorvidas por um mercado de trabalho que busca pessoas capacitadas em resolver problemas reais, novos e urgentes.


Sei que muitos vão me julgar dizendo que tenho uma visão elitista da faculdade e universidade, mas, me digam, qual o sentido de um jovem pobre de família pobre sacrificar sua vida e de sua família se metendo em cursos que sabemos que desde os primórdios estão reservados para os filhos da elite?

As grandes empresas de educação particular também são culpadas por grande parte desse fenômeno de trabalhadores pobres com graduações e títulos que não são aproveitados tanto por causa da saturação quanto PRINCIPALMENTE por não terem qualidade ou alta capacitação intelectual, mas isso é assunto para outra postagem.

Conheço vários malucos que drenaram as economias de seus parentes se formando em cursos como Antropologia, Artes, Filosofia, Sociologia, Cinema, entre outros, para depois se verem quarentões desempregados, sem um puto furado no bolso, sem perspectiva de vida, ainda sustentados pelos pobres pais e o pior de tudo: NÃO ACEITANDO OS EMPREGOS REAIS QUE POSSUEM DEMANDA DE TRABALHO como operador de telemarketing  ou outras funções de teleatendimento/atendimento que não faltam vagas com salários a partir de R$1.500,00.

Certa vez fui convidado para participar  de um processo seletivo como entrevistador, eu tinha que avaliar a capacidade do candidato à vendedor de loja em aprender e usar sistemas de automação comercial, tipo, PDV, caixa e estoque, fui entrevistar um rapaz com seus 45 anos para a vaga de vendedor-caixa, o cara era formado em Filosofia na PUC e pós graduação em algo relacionado com pedagogia ou sei lá o quê, esse seria seu SEGUNDO emprego, o primeiro tinha sido duas décadas atrás como atendente de lanchonete mas ele ficou apenas DOIS MESES.

Enfim, o sujeito apesar da "erudição" não demonstrou na entrevista nenhuma habilidade para a função, pelo contrário, seu pedantismo e senso de superioridade intelectual causavam uma má impressão na gente, tinha até orgulho em dizer que DETESTAVA computadores e tecnologia em geral... 

Vejam que situação triste, a pessoa passou duas décadas gastado tempo e recursos financeiros em algo que não tem demanda e não faz parte de sua tradição e realidade familiar, agora beirando os 50 anos, já envelhecido, cansado, feio e pobre, ainda assim rejeita os únicos tipos de trabalho que poderia fazer se tivesse um pouco mais de senso da realidade e humildade.

Por isso defendo a criação e aperfeiçoamento de CURSOS TÉCNICOS baseados em problemas modernos e reais das empresas. Cursos que vão direto ao ponto, com matérias que focam nos problemas reais e práticos do mundo corporativo.


No Brasil não somos criadores de tecnologia e inovação, até pq sabemos que o foco das atividades laborais não é essa paranoia moderna bitolada que vemos em fóruns e palestras contaminadas pelo discurso dessa picaretagem chamada de "COACHING".

Inovação é o evento que menos ocorre no mundo do empreendedorismo e mundo corporativo em geral. 

O governo e as entidades privadas de edução deveriam focar o ensino básico, garantindo que os alunos saiam do ensino fundamental plenamente proficientes nas matérias básicas e depois, no ensino médio apresentar matéria técnicas ao invés de perder tempo com uma caralhada de matérias inúteis que só servem para "passar no vestibular".

Sei que a atividade principal das faculdades e universidades é a PESQUISA, mas sejamos francos: QUEM TRABALHA NÃO TEM TEMPO PARA FAZER PESQUISAS.

Quem precisa pagar contas e pagar pelo seu almoço não tem tempo, dinheiro, recursos e tradição familiar para se dedicar em tempo integral em pesquisas e trabalhos acadêmicos complexos que exigem alta capacidade intelectual e abstração.

Enfim, quero finalizar essa postagem dando meus PARABÉNS ao nosso MINISTRO DA ECONOMIA Paulo Guedes que está botando o povo para trabalhar, finalmente o povo brasileiro está acordando e vendo que não há dignidade em viver dependendo do Governo para se arrastar numa existência improdutiva e miserável, melhor ser um pobre MEI ou PJ que põe mercadorias e serviços para circular no mundo mesmo tendo ganhos pequenos com seus mini empreendimentos que no futuro podem ser escaláveis do que ser um mendigo militante que só sabe reclamar e não faz nada.

A esquerda fede.

Att Gerson Ravv




Read More

20 de out. de 2019

A inteligência artificial e a internet das coisas salvarão a humanidade

domingo, outubro 20, 2019 8
Muito se tem falado sobre inteligência artificial e internet das coisas, muitas reportagens e artigos em sua maioria falando em tom apocalíptico sobre como a humanidade será extinta pelas máquinas inteligentes... Quanta bobagem!

Quem trabalha nas áreas da TI nas últimas décadas, sabe que todo esse alvoroço e medo não tem fundamento nenhum.

Infelizmente, a mídia carece de bons profissionais que saibam pesquisar sobre o que falam e que produzam artigos e conteúdos em geral que não sejam contaminados por suas opiniões pessoais e crenças.

A revolução 4.0, virá para libertar o ser humano de trabalhos repetitivos e enfadonhos.

Desde sempre existiram dois tipos de trabalhos humanos: trabalho braçal e trabalho intelectual.

Nessas duas categorias, temos a divisão dos trabalhadores pelas habilidades em 3 funções básicas de acordo com suas atividades e capacidades:  

1 - Atividades intelectuais: trabalhadores que possuem habilidades de comandar outros humanos, que sabem organizar pessoas e processos: gestores, gerentes e administradores.

2-Atividades técnicas: trabalhadores que dominam as novas tecnologias de produção, organização e distribuição de informações: programadores, técnicos e especialistas das diversas áreas da TI.

3-Atividades braçais: trabalhadores que apenas possuem força muscular para deslocar objetos de um local para outro ou capacidade de vigiar um perímetro ou controlar o acesso de pessoas e objetos de um lugar para o outro: balconistas, caixas de supermercados, entregadores de mercadorias, seguranças, vigias, porteiros e vendedores de lojas.

Elas não estão ficando inteligentes, apenas estão sendo controladas por pessoas inteligentes e criativas


Como podemos prever, as profissões que mais serão impactadas com a revolução 4.0, inteligência artificial e internet das coisas, serão aquelas que basicamente estão enquadradas nas atividades braçais enfadonhas e repetitivas.

Por exemplo, vamos imaginar como fazemos compras hoje nos supermercados, como clientes chegamos no local e somos observados por seguranças mal encarados que nos jugam desde o nosso carro até o tipo de roupas que estamos usando, quem nunca foi num supermercado mal vestido e ficou sendo seguido por essas figuras truculentas? 

Daí seguimos pegando as mercadorias das prateleiras e calculando de cabeça ou com uma calculadora os preços dos produtos e torcendo para que estejamos fazendo os cálculos certos, depois com o carrinho abastecido olhamos com tristeza as filas quilométricas que se formam nos caixas.

Agora observem o caixa de supermercado, a pessoa fica entre 8 e 10 horas sentada numa cadeira que aquece a bunda, geralmente são mulheres, confinada em poucos metros quadrados, o dia inteiro deslocando mercadorias de  lado para o outro da esteira, pegando toneladas de pesos fracionadas em produtos e escaneando tudo em uma tarefa repetitiva entediante, diante de uma fila enorme de clientes insatisfeitos com a demora do processo, você consegue se imaginar passar metade da sua vida fazendo essa árdua tarefa em condições tão desumanas que mais parece o viver de um rato de laboratório?

Depois desse ritual todo, o cliente é abordado por um menino pobre de pele marrom com um sorriso amarelo e sem muitas perspectivas de vida que se oferece para empacotar suas compras e levar o carrinho até o estacionamento.

Agora, pensem na chegada de novas tecnologias: agora temos tudo automático, o cliente faz um cadastro no site do supermercado e por ele conecta seu smartphone e todos os seus dados biométricos, ao chegar no supermercado olha para um dispositivo de biometria que libera a entrada na loja, ele pega um carrinho e começa a comprar.

O cliente ao jogar as mercadorias dentro de seu carrinho, já tem no visor de LCD do carrinho o preço que vai sendo contabilizado em soma, nas laterais do carrinho foram anexados scanners que fazem a leitura dos códigos de barras impressos nas laterais dos produtos, depois de terminar a compra, basta o cliente se dirigir para um banner de auto atendimento que já recebeu os dados via internet do carrinho, na tela do banner inteligente um rosto projetado na tela sorri e dá bom dia para o cliente, como há câmeras inteligentes no banner, o banner detecta que a cor dos olhos do cliente e faz um elogio de contato, em seguida informa o valor da compra e pegunta se a opção de pagar é débito ou crédito, o cliente paga em débito, o banner agradece e em seguida o carrinho de compras já conectado com o cadastro do GPS do carro do cliente automaticamente vai sozinho até o estacionamento com o cliente atrás ou ao lado sem precisar fazer esforço físico para deslocar suas mercadorias até seu carro.  

Agora pensem no seguinte, toda essa estrutura por trás do supermercado da revolução 4.0 existem diversos profissionais que remotamente monitoram tudo: desde o banco de dados, o SAT, as comunicações entre as máquinas nas redes até especialistas que estudam as expressões faciais dos clientes diante dos banners inteligentes para verificar qual saudação causou mais bem estar nos clientes.

A revolução 4.0 não vem para "desempregar" as pessoas, o problema está na velocidade com que essas tecnologias são aplicadas enquanto a massa de trabalhadores braçais não consegue se adaptar ou se capacitar para esses novos modos de trabalhar.

E sabemos que nas camadas mais pobres que a população mais se reproduz é justamente a camada dos trabalhadores braçais que por conta mesmo das péssimas condições de vida não conseguem acompanhar as mudanças.

Sobram vagas para cargos e funções que serão fundamentais para essas novas formas de organizar as atividades e informações da Revolução 4.0.

Meu atual emprego CLT já me dá uma visão ainda que pálida de como será o futuro quando a revolução 4.0 se firmar e as tecnologias de IA e internet das coisas se aperfeiçoarem.

Na empresa em que trabalho sobram vagas e o RH chora e disputa no tapa os poucos profissionais que no momento estão aptos para as funções desde o nível mais básico até o mais especialista, onde estão as pessoas que sabem programar, que possuem criatividade, foco e assertividade para trabalhar com essas novas tecnologias?

O que as escolas públicas e particulares estão fazendo para que as novas gerações esteja, aptas para trabalhar com esses novos paradigmas? 

Eu trabalho com máquinas inteligentes que quando estão com problema elas mesmas tentam solucionar seus erros, minha função é além de monitorar a conversa entre elas e seus sistemas conectados, quando elas não conseguem identificar a causa dos erros ou quando os erros foram causados por agentes externos, eu entro em ação e assumo o controle delas, como um cirurgião vou analisando logs e alterando códigos e funções até a máquina voltar ao seu estado normal de produção, organização e conexão de informações com outras máquinas e sistemas.

Por isso eu penso que não devemos demonizar as novas tecnologias como estão fazendo, não há motivo para pânico e extremismo, sempre haverá lugar para trabalhadores intelectuais, técnicos e braçais.

Minha dica é: ensinem para seus filhos programação, noções de rede, conectividade, estimulem a criatividade e curiosidade, e você mesmo, busque saber mais sobre esses assuntos, quem não se preparar ficará na sarjeta do progresso, no futuro, saber o mínimo de programação, engenharia, redes e lógica, é que definirá se você irá trabalhar deslocando objetos de um lado para o outro ou se será aquele que controla, monitora  e desenvolve as máquinas que dão ordens para os deslocadores de objetos.

Não é a tecnologia que produz e agrava o desemprego: é a IGNORÂNCIA e falta de planejamento.

Att Gerson Ravv

Read More

6 de out. de 2019

Sem habilidades sociais você será triturado

domingo, outubro 06, 2019 20

A importância de desenvolver habilidades de comunicação e sociabilidade


Todos nós sabemos da importância de ter uma boa comunicação com os outros, sem o desenvolvimento da fala, comunicação e sociabilidade o ser humano jamais teria evoluído.

É comum ler aqui na blogosfera relatos de leitores que dizem que não possuem o dom da sociabilidade, não se sentem bem no meio de falastrões e gente comunicativa em geral.

Alguns ingênuos sonham em estudar engenharia ou qualquer área da TI para não ter que lidar com humanos e somente mexer e interagir com "máquinas" e objetos...

Grande ilusão e ingenuidade! Em qualquer área ou meio, sempre teremos que nos comunicar com outras pessoas envolvidas nos projetos e atividades da empresa.

A Teoria da Comunicação diz que apesar de tão antigo, o ato de falar, de comunicar, é tão complexo e delicado que um simples ruído entre interlocutor e ouvinte pode distorcer completamente a mensagem e causar problemas de compreensão e interação. 

Porque os tagarelas e falastrões são tão valorizados no mundo corporativo? Vou contar para vocês: por causa de um negócio chamado de REDUNDÂNCIA.

Na teoria da comunicação, redundância significa:

"Redundância é todo elemento da mensagem que não traz nenhuma informação nova. Um recurso para chamar a atenção e neutralizar possíveis ruídos que sendo assim, deve ser repetido as frases ou informação julgadas essenciais para o receptor" 

Entre a pessoa que fala e a pessoa que escuta, podem ocorrer ruídos ou incidentes que podem fazer a mensagem ser alterada, portanto, quem fala mais, tende a repetir a mesma mensagem de diferentes formas fazendo com que a comunicação tenha menos chances de ser perdida.



Ninguém gosta de caladões e esquisitões: a importância da linguagem corporal


Mas nem só de comunicação verbal oral nos comunicamos nas empresas e na vida em geral, antes de abrir a boca ou digitar uma mensagem de e-mail ou whatsapp, nós enviamos mensagens com nossos CORPOS, a linguagem corporal, a postura, acaba dizendo muito sobre nós.

Um betoso todo travado, rígido e caladão, naturalmente vai causar um pré bloqueio de entrada de comunicação nas outras pessoas, isso é terrível pois isso vai afundando o pobre beta caladão num buraco.

Produtividade é importante mas não é 100%

Sabemos que pessoas caladonas, mais introspectivas no geral, podem ser mais produtivas que os tagarelas, mas como vimos acima, a comunicação humana é muito mais que palavras faladas e escritas.

Mas hoje em dia, com o avanço das tecnologias de comunicação e  automação otimizando nossas atividades diárias quase ao nível robótico, o elemento humano está cada vez mais valorizado ao contrário do que se pensa no senso comum. 

O elemento humano com QUALIDADE DE COMUNICAÇÃO E SOCIABILIDADE está cada vez mais sendo procurado dentro das empresas: não adianta a pessoa querer se igualar com as máquinas e sistemas autômatos: como a maior parte do trabalho pesado e enfadonho está sendo feito por máquinas e sistemas inteligentes, o fator humano é fundamental para o sistema continuar evoluindo.

Agora, praticamente supervisionamos máquinas e sistema inteligentes, um clique e colocamos para funcionar milhões de funções que nossos antepassados levariam séculos para concluir, máquinas e sistemas só conhecem a linguagem de máquinas, só interpretam cliques, daí a importância de ter um empregado que saiba se comunicar com qualidade e eficiência com seus COLEGAS DE CARNE, OSSO, CARBONO e PENSAMENTOS.

Hoje, dentro de um empresa moderna, a interação eficiente entre os agentes que operam sistemas, é a peça chave que determina o sucesso ou fracasso de um empreendimento.

E infelizmente, os seres humanos modernos estão perdendo suas habilidades de comunicação orgânica e interação social, observe ao seu redor as pessoas conversando: parece mais um monólogo, falam mas não se entendem! Enquanto um fala o outro nem presta atenção ou interpreta tudo distorcido.

Tanto o que fala pouco mas produz muito quanto o que fala muito e  produz pouco, são completamente irrelevantes dentro de uma empresa moderna que busca resultados que partem de uma sinergia (união) de todas as partes envolvidas nos processos diários em busca de lucros. 

Uma falha na comunicação e lá se vão MILHÕES para o esgoto da improdutividade.

Uma empresa hoje apenas reflete a nossa época: hoje precisamos de GESTORES de máquinas e sistema e de si mesmos que tenham alta capacidade de comunicação eficiente e sociabilidade com os outros.

Estamos perdendo nossa capacidade de nos entendermos 


Observei esse fenômeno da deterioração da capacidade de comunicação eficiente em diversas empresas em que estive: setores falhando na comunicação interna entre os gestores por pura falta de capacidade de interpretar um simples memorando, e-mail ou discurso de planejamento em reuniões.

São vários fatores que contribuíram para essa perda da qualidade da comunicação nas últimas décadas: fim do modelo de família que conhecíamos, sucateamento das escolas, avanço das redes sociais que usam mais recursos áudio visuais em detrimento da escrita, exaltação de um estilo de vida individualista e avanço das tecnologias de entretenimento e embotamento da massa, a falta de ênfase na importância da literatura e filosofia nas escolas públicas e privadas, cursos de ensino superior de péssima qualidade.


Conclusão 


Sem habilidades sociais e de comunicação, você betinha, seja você falastrão comunicativo que produz pouco ou você betinha caladão que produz muito, em qualquer caso, se você não se adequar ou desenvolver um comportamento mais equilibrado, você será TRITURADO em qualquer área ou meio em que estiver.

A maior parte das pessoas muito introspectivas sofre muito por sequer desconfiarem que podem ter alguma condição mental que a leva a ter esse tipo de comportamento tão REJEITADO na sociedade.

Se você é muito ansioso, inseguro ou suspeita que sofre de fobia social, BUSQUE AJUDA para se livrar desse SOFRIMENTO, sei que é ruim demais RASTEJAR desse jeito pela vida. Vá ao médico, se for pobre, procure orientação na unidade de saúde mais próxima do SUS ou algum ambulatório de hospital universitário de psicologia. Nunca é tarde para VIVER melhor, existe tratamento para esses problemas.

Se você fala demais, é falastrão ao extremo, não consegue parar quieto, você também pode ter uma condição mental que está sendo prejudicial para você: HIPERATIVIDADE também tem controle e buscando ajuda você poderá ter uma qualidade de vida melhor e mais produtiva.

O ser humano é muito complexo e ter uma boa comunicação e uma boa sociabilidade fazem a diferença em nossas vidas.

Att Gerson Ravv









Read More

29 de set. de 2019

Documentando a blogosfera para a posteridade: TROLLS, HATERS E ANÔNIMOS DA BLOGOSFERA “Falando Bosta na Internet” UMA PEQUENA ANÁLISE INFORMAL eBook Kindle

domingo, setembro 29, 2019 4

TROLLS, HATERS 

ANÔNIMOS DA BLOGOSFERA 

“Falando Bosta na Internet” 

UMA PEQUENA ANÁLISE INFORMAL eBook Kindle


   Meu amigo que frequenta a blogosfera e redes sociais da internet, você percebeu como a internet está se tornando um ambiente tóxico, um palco para violência verbal, discursos de ódio e intolerância com as ideias e pontos de vistas alheios? 

   Sim meu amigo, você não está enganado, isso mesmo: estamos usando a internet para ampliar o ódio e a barbárie que desceu sob a humanidade do século XXI. 

   Nesse pequeno e-book de vinte e quatro páginas, vamos bater um papo  numa análise informal sobre haters, trolls, violência virtual, verbal e muito mais!


Disponível na AMAZON!






Você comprou o meu primeiro e-book?

"Livro Supremo do Analista de Suporte: Como sobreviver aos usuários e ser mais produtivo" 


Então corre lá no seu Kindle ou Smarphone e atualize o seu 
E-book gratuitamente para a nova versão!
Edição corrigida, ampliada e corrigida! 

Att Gerson Ravv

Read More

23 de set. de 2019

Uma mensagem de otimismo e esperança: você pode mudar para viver melhor, acredite!

segunda-feira, setembro 23, 2019 28

Você pode mudar para viver melhor, acredite!


Bom dia amigos! Hoje o texto é especialmente dirigido para os amigos que estão sem esperança, que sentem que estão parados no tempo.

Nunca vi tantos jovens pessimistas como agora na blogosfera. Parece até que vocês estão nos anos 80! Aquela época foi punk amigos! Só quem passou pela década perdida sabe das limitações, desespero e falta de fé no futuro que sofremos entre 1984 e 1994.

Boa parte dessa cultura do fracasso se dá por causa de alguns blogs que pregam que a vida só vale a pena ser vivida se você viver como um Neymar ou outra figura caricata, que aparece na mídia torrando dinheiro com futilidades.

Todos nós sabemos que esses caras na verdade são pagos pela elite dona do mundo para ficar entretendo a massa idiotizada, massa essa sem senso crítico que ao ver seus ídolos torrando fortunas, acabam acreditando que a vida é apenas sexo, muito dinheiro e poder.

Questionem todas as informações que vocês consumirem, não engulam tudo sem examinar antes. 

Seja positivo e tente mudar


Reflexões, relatos e dicas para sair da síndrome do orgulho de ser um fracassado


Evitem blogs que o conteúdo é focado naquela velha fórmula batida do finado Pobretão: reclamação do emprego, complexo de inferioridade, reclamação da vida, obsessão por sexo e assim por diante.

Se você está neste momento se sentindo inferiorizado por ganhar pouco, ao invés de ficar em blogs espumando ódio e sendo espancado por haters idiotas, direcione sua revolta para ações concretas que objetivam a mudança, nem que isso se resuma num primeiro momento em rabiscar num pedação de papel seus objetivos futuros.

Ficar perdendo tempo em blogs que te puxam para baixo, só piora sua situação.

Vejam meu caso, comecei em subempregos terríveis, trabalhei em lugares insalubres, convivi com pessoas que subsistiam no  nível de subsistência mais simples possível.

Ao invés de ficar cheio de ódio, o que eu fazia? Reservava parte do meu magro salário para fazer cursos de informática e inglês, os meus colegas de trabalho, a maioria nem tinham terminado o primário e estavam naquela rotina de trabalhar só para pagar contas e beber cachaça e ir nos vintão do centrão de SP.

Não estou dizendo que os betosos não devem se divertir, muito pelo contrário, devem se divertir muito nas horas vagas, mas sem confundir diversão com alienação da realidade, buscar passatempos construtivos e não atividades para fugir da realidade, geralmente o betoso médio confunde diversão com ingestão de álcool e outros tóxicos que só vão piorar a qualidade de vida, enfraquecer o corpo e a mente.

Convites para fumar maconha, cheirar um pozinho, beber cachaça e ir em vintão não me faltavam, até se ofereciam para pagar tudo pra mim! Mas eu temia que se eu passasse a andar demais com esses caras, começar a fazer tudo o que eles faziam, eu com certeza ficaria igual a eles, preso num subemprego e levando uma vida sem objetivos maiores.

Quatro meses depois, fazendo o JOGO SOCIAL com os encarregados, demonstrei minhas habilidades nas planilhas do Excel num primitivo terminal de uma máquina da IBM que tinha a tela verde do monitor. Outra vez o dono da empresa viu eu fazendo cálculos de metros cúbicos e assim, por causa dos comentários dos encarregados e por causa do dono que viu meus cálculos, acabei sendo promovido 3 vezes dentro de um ano.

Passou um ano, pedi demissão sem medo de ser feliz e fui em busca de um emprego melhor.

Passados mais de  20 anos desde que sai de lá, ainda tem caras que estão lá subsistindo exatamente como estavam 20 e poucos anos atrás, quer dizer, os que ainda estão vivos pois a maioria morreu precocemente por causa da atividade insalubre e ingestão de álcool e tóxicos pesados.

Em certa empresa em que trabalhei com suporte de campo, conheci um rapaz chamado Raffito (aquele gay do relato das Deusas do Escritório), o rapaz em questão trabalhava com Telemarketing fazendo cobranças por telefone, uma atividade horrível e sem futuro, imagine você o que deve ser ligar para as pessoas cobrando suas dívidas, ser xingado e humilhado, tudo isso para receber milãozinho no fim do mês!

Raffito vivia chorando, reclamando mas não fazia nada para mudar, pelo contrário, se afundava cada vez mais no universo das BALADAS GAYS gastando dinheiro com perucas para bater o cabelo e impressionar as drags...

Pois bem, eu saí dessa empresa, passaram-se 7 anos, entrei em outra empresa e adivinhem quem eu encontrei novamente chorando e reclamando? Ele mesmo o Raffito, exatamente do mesmo jeito, quer dizer, mais envelhecido, desgastado sem o vigor da juventude e praticamente enterrado na mesma função recebendo milãozinho.

Tire alguns minutos do seu dia para buscar alternativas para sua vida, busque colocar no papel um plano, por mais básico que seja, já é um começo, pode acreditar que aquilo que objetificamos num pedaço de papel dá mais força de vontade para mudar.

Você não tem excesso de testosterona: você sofre de ansiedade


É comum a gente ler em alguns blogs por aí seus donos ou comentaristas, falando que "possuo altos níveis de testosterona, por isso me masturbo muito e preciso gastar muito com garotas de programa!", não amigo, você não tem altos níveis de testosterona, na verdade você sofre de ANSIEDADE AGUDA.

Não existe isso de um beta ou trabalhador comum possuir altos níveis de testosterona, ter a testosterona alta implicaria em sair por ai quebrando os queixos de quem te oprime (algo que nenhum beta tem coragem de fazer), ter a testosterona alta só levaria o betoso para a cadeia pois este jamais aceitaria as regras da sociedade e jamais acataria ordens de superiores dentro da empresa.

Na verdade, essa tão falada compulsão do beta por sexo e masturbação, nada mais é que os sintomas de uma ansiedade aguda, tão forte que o sujeito precisa desviar o foco dela para algo fugaz e momentâneo que dê alguns minutos de alívio, algo que o orgasmo, assim como as drogas, proporcionam.

Recomendo procurar ajuda médica urgente, a ansiedade atrapalha muito a vida do cara e com o tempo essa necessidade de se aliviar com sexo e masturbação vai dando lugar para a procura de vícios mais fortes e destruidores.

Para ajudar no vício do sexo siga a dieta indicada para isso: evite insetos na dieta como camarões, lagostas, crustáceos em geral, evite comer fígado de boi, não coma carne de boi mal passada, corte da sua dieta farinha de trigo e derivados pois estes contém fragmentos de insetos e ratos, essa mistura produz os desejos animais de sexo sem objetivo e ainda dão baixa auto estima e ansiedade pois você consome carne de rato e insetos que rastejam nos submundos da terra.


O que você come tem grande impacto em seu intelecto, farinhas, molho de tomate industrial e outros alimentos processados, possuem insetos e ratos, ao ingerir isso, sua mente desaba em desânimo sufocante, ansiedade e compulsão por sexo.

Se você não consegue vencer o meio em que vive, melhore o lugar, caia fora ou adapte-se

Outra atitude paralisante que alguém ferrado pode ter, é ficar parado observando neuroticamente o meio em que vive e suas misérias.

Não adianta focar nas misérias do lugar em que você teve o azar de nascer e viver, isso só suga suas energias, procure observar os pontos positivos do lugar e os exemplos de superação e evolução de lá.

Nem tudo é 100% lixo nessa vida, até nos locais mais insalubres e precários podemos encontrar exemplos que nos inspiram.

Se você não suporta morar mais no local em que está, faça planos para no futuro poder cair fora, foque no futuro, não se deixe levar pela vibe ruim do local.

O que você já tentou fazer para melhorar um pouco o seu bairro? Já plantou uma árvore frutífera no canteiro central ou na sua calçada? Já pintou o muro ou portão da sua casa ou do vizinho idoso e aleijado? Já foi na subprefeitura obter ajuda para fazer algum projeto educacional no bairro para as crianças ou idosos? Já foi no centro comunitário ou associação de bairro? Já cobrou seu deputado e vereador e prefeito?

Já fiz um projeto aqui de ensino de literatura inglesa e universal para os moradores do bairro sem a ajuda de ninguém, só eu e meus livros, foi muito gratificante poder apresentar para a galera clássicos que todo mundo já ouviu falar por causa da cultura pop mas jamais imaginavam que vinham de clássicos da literatura universal: Frankstein, Mobby Dick, O médico e o Monstro, entre outros.

Tem crianças e adultos que participaram da atividade e hoje frequentam a biblioteca do bairro e alguns até estão matriculados no EJA. Não foi muita coisa, mas pelo menos consegui causar um pouco de impacto positivo no lugar.

Enfim amigos, fujam do derrotismo, fujam das ilusões, matem esse orgulho bobo e infantil de ser um fracassado sem futuro, tenha os pés no chão, planeje, busque ajuda, faça alianças, seja positivo e acima de tudo: TENTE uma vez, TENTE duas vezes, até conseguir um pouco de melhora mesmo que seja só um pouco, com o tempo, você consegue viver melhor e ajudar os outros.

Att Gerson Ravv









Read More

20 de set. de 2019

Ebook: Cucktales

sexta-feira, setembro 20, 2019 5

Cucktales: relatos reais de traições, cuckoldismo e patifaria


Coletânea exclusiva com TODOS os relatos de traição que tentei publicar aqui no meu blog e o Google censurou.



São várias narrativas sobre esse mistério carnal que envolve as pessoas desde os tempos das cavernas.

No ebook contarei todos os casos escabrosos que testemunhei desde criança: casos, aventuras, traições, patifarias, esculhambação, tudo com muito drama, humor, lágrimas e esperma.

Durante anos acompanhei casos de adultério e sacanagens dos adultos que me cercavam, depois de adulto vi muita sacanagem nos empregos em que estive e até testemunhei um ex-patrão meu dando dedadas no furico de uma paralítica casada com um ceguinho!

Alguns capítulos:

"Ela veste a camisa da empresa!" - narrativa real sobre uma carreirista casada que passou o marido para trás ao se tornar especialista em bola gato.

"Triste fim de Motumbo" - aventuras sexuais e morte de um comedor profissional de esposas carentes que frequentava saunas gays nas horas vagas.

"Samba, suor e sacanagem, um beta destruído pela prostiranhação" - narrativa real de uma mulher irresponsável que fugiu com um pagodeiro menor de idade.

"A garota liberal" - caso verídico ocorrido na fábrica em que minha mãe trabalhava: contaminação em massa de HVI através de uma garota liberal.

"A esposa do açougueiro" - a vez em que eu quase me dei mal ao sair com uma garota mentirosa que era casada com um açougueiro depressivo e paranoico.


E muito mais!

Não perca! Em breve na AMAZON!

Att Gerson Ravv
Read More

13 de set. de 2019

Como fazer o cadastro do Lixo para MEI e CNPJ em São Paulo

sexta-feira, setembro 13, 2019 2
Amigos MEI e PJs: já fizeram seus cadastros "do Lixo"? 

Faça já seu cadastro do Lixo em SP e evite dores de cabeça como MEI e PJ


Já vou adiantando que vão precisar da cópia do IPTU da casa ou loja de vocês, cópia do cartão CNPJ e RG. 

Tem que informar o total da área construída do imóvel e a área total do imóvel e quanto de lixo seu empreendimento gera por dia, segue o site para cadastro:

https://ctre.com.br/cadastro

Você vai precisar enviar as cópias dos documentos para o site.

Para obter o certificado de IPTU acesse:

http://www3.prefeitura.sp.gov.br/iptudeb3/Forms/iptudeb3_pag01.aspx

**Lembrando que o prefeito decretou obrigatoriedade para todos MEI e CNPJ mesmo que seja prestadores de serviços e não produzam lixo, a multa é pesada para os grandes geradores de lixo que não se cadastrarem e a fiscalização é chata mesmo, dão advertência (sem multa) para quem não gera lixo mas não fez o cadastro ainda, já imprimi o meu QRCODE do cadastro e afixei no portão, assim evito perder tempo com fiscais.

Evite dor de cabeça e corre lá para fazer cadastro!!!

Att Gerson Ravv
Read More

10 de set. de 2019

Home Office - Liberdade ou Ilusão?

terça-feira, setembro 10, 2019 12
Minha opinião sobre trabalhar no Home Office

Olá amigos, hoje vou dar minha opinião sobre a modalidade de trabalho moderna conhecida como Home Office.

Estou prestando serviços nessa famigerada modalidade "Home Office", que para quem não sabe, nada mais é do que trabalhar de casa...

Antes de ter a experiência de trabalhar de casa, eu pensava que seria muito legal, descolado e super interessante: já pensou? ficar no conforto do meu lar bem longe da supervisão de chefes, fazendo meu trabalho quietinho, sossegado, tomando sorvete e assistindo vídeos? Livre de trânsito e stress!

Mera ilusão! A primeira vez em que trabalhei de Home Office foi em 2014: simplesmente DETESTEI! A empresa em questão era muito enrolada, processos engessados, equipe desmotivada e para piorar, na época eu estava sem nenhum computador que tivesse o Windows (a empresas em questão só usava programas que rodavam nesse sistema).

Eu quando meu gestor falou que eu iria passar 3 meses fazendo HOME OFFICE


Trabalhar de casa na verdade, para que seja uma atividade produtiva e tranquila, temos que ter alguns pontos como:

1-ter estrutura de comunicação eficiente para a atividade: ter uma banda larga estável e ultra-rápida é muito importante para desenrolar um trampo sem dor de cabeça, esse ponto eu tenho, não posso reclamar, a banda larga aqui de casa é ultra rápida e muito estável, em 13 anos que estou como cliente da NET só tive problemas uma única vez.

2-ter estrutura de ambiente ou local: uma mesa, uma cadeira confortável e um notebook potente são importantes, mas mais importante ainda é usar esses móveis e equipamentos num local ISOLADO e calmo, local que de preferência seja afastado dos cômodos da casa e possa ser trancado por dentro. Isso também não posso reclamar, tenho tudo isso.

3-morar sozinho ou conviver com pessoas maduras: agora o que mais pesa pra mim: as pessoas com quem convivo no dia a dia não possuem maturidade suficiente para entender que apesar de eu estar ali em casa, na verdade eu estou TRABALHANDO!

Pois é amigos! Não é fácil não fazer Home Office se você tem ao seu redor pessoas sem noção que não entendem que Home Office é um trabalho como qualquer outro. Eu particularmente sou infernizado por tudo e todos quando estou trabalhando de casa: é minha mulher que quer conversar, é minha filha que quer atenção, filhos do outro lado do globo ligando nas horas mais inadequadas ou tensas, meu pai tocando guitarra ou batendo na porta me chamando para ver não sei o quê, vizinhos sem noção que me chamam a todo momento, parentes e amigos que surgem do nada fazendo visitas surpresas e outros problemas... 

Tem dias que após levar minha filha na escola, subo na laje e puxo a escada junto comigo e fico lá sob uma pequena cobertura entre a laje e o telhado, fico praticamente dentro de um mini sótão, só eu e meu notebook trabalhando em PAZ. Pelo menos lá ninguém fica batendo na porta me irritando.

Realmente o pessoal que nunca trabalhou em empresas que lidam com informação, desenvolvimento e outras áreas da TI não tem muita noção sobre essa modalidade inovadora que nos liberta do trânsito, stress de passar horas em engarrafamentos e que economiza horas e horas das nossas vidas: realmente é gratificante quando dá o horário ou terminamos o trampo e basta fechar o notebook, sair do Skype corporativo e já se ver relaxando no sofá de casa! Muito bom!

Por sorte, vou voltar para a modalidade presencial em breve, mas por enquanto vou fazendo meus dribles nos chatos de plantão.

E não deixem de acompanhar minha página de autor lá na AMAZON! Em breve o novo E-BOOK:
"Comendo o furico da Angelina: o Beija-Putha - Uma Saga Diabística"


Att Gerson Ravv


Read More

24 de ago. de 2019

Meu livro impresso pela Amazon

sábado, agosto 24, 2019 15
Hoje finalmente meu e-book "Merda Total! Ensaios, poemas e reflexões sobre merda, fracasso, subempregos e vida de merda." está disponível para impressão.

Como sabem, estou me aventurando na venda de e-books e livros pela Amazon ao mesmo tempo em que atuo como autônomo prestador de serviços em uma grande empresa gringa de computação. 

Quanto aos livros, até o momento estou satisfeito: vou receber semana que vem os royalties das vendas de Junho e estou surpreso com as vendas! Pensei que não iria vender nenhum!

Para receber os royalties leva mais ou menos 60 dias após o fechamento das vendas mensais, demora um pouco mas o dinheiro cai direitinho na nossa conta corrente.

Consegui colocar o preço de R$24,45 por 96 páginas a versão impressa enquanto o e-book está por R$4,50.

Para quem está curioso, vou colocar os títulos dos textos que tem no livro e uma breve explicação sobre o mesmo! 

Se quiser adquirir a versão impressa com frete grátis a Amazon exige uma compra total com outros livros ou itens a partir de R$99,00. 

O frete ainda está muito caro pois o livro é impresso e enviado lá dos EUA, acredito que se alguma empresa brasileira encomendar os livros para vender aqui no Brasil, o frete ficará bem mais em conta e até vou poder baixar mais o valor do livro para vocês.



Coloquei o livro à disposição de livrarias e lojas brasileiras com desconto especial para compras no atacado para revenda, assim posso faturar mais e baixar o preço mais ainda.

Enfim, espero que quem comprar goste dos meus textos, todos baseados em experiências reais que tive em minha louca vida!

Capítulos do livro "Merda Total!" by Gerson Ravv

Introdução

Aqui falo sobre a ideia do livro, os assuntos dos textos e uma explicação breve sobre eles.

Capítulo 1

"Pequeno-comprido texto introdutório - O dia em que fiz uma das maiores merdas da minha vida: tentei viver numa comunidade de malucos naturebas que fediam de cêcê e merda!"

Um breve relato sobre minha louca aventura numa comunidade religiosa muito louca em que alguns iniciados cheiravam uns as bolas dos outros!

Capítulo 2

"Duas bocas"

Um poema lixoso sobre a importância e funções da boca e do cú com pitadas de pseudo-filosofia

Capítulo 3

"Deusas também cagam"

Uma mistura de poesia e crônica relembrando uma empresa lixosa em que o chefe pegava no pé de quem demorava no banheiro, era hilário ver o povo fazendo um verdadeiro ritual para defecar rapidinho num banheiro estrategicamente instalado de frente para várias mesas sob pesada vigilância de supervisores e do próprio dono da empresa.

Capítulo 4

"O teco do Traveco Mágico"

Poesia baseada em lembranças não convencionais da minha infância num bairro pobre da periferia de São Paulo: vi um travesti cheirando cocaína e defecando em plena avenida de manhã.

Capítulo 5

"O Cocôzão Falante"

Lembranças odiosas das vezes em que minha mãe me levava em horríveis cultos dominicais de uma seita cristã fracassada, uma seita em que o preletor tentava abafar e reprimir a sexualidade de jovens rapazes transbordando testosterona e garotas produzindo óvulos fresquinhos prontos para a fertilização. 

Capítulo 6

"Derrapei na merda!"

O dia em que fui num processo seletivo e antes de entrar no prédio, desastrosamente escorreguei numa imensa bosta de mendigo e entrei para história daquela empresa sendo conhecido até hoje como "o garoto fedido da bunda suja". 

SEGUNDA PARTE


Os melhores textos do blog que foram arquivados e não estão mais disponíveis online.

Capítulo 7

"Na balada gay - Arrepiaram o Neguim - Chuva de po##a no garoto!"

Relatos de uma festinha de aniversário do dono da empresa comemorado numa famosa balada gay da Frei Caneca em que um pobre rapaz heterossexual completamente embriagado, tomou um banho de po##a numa dark room pensando que lá encontraria uma linda mulher!

Capítulo 8

"As Deusas do Escritório"

O dia a dia complicado e neurótico de uma seção da empresa gerenciada por mulheres problemáticas e assediadoras. A estranha regra de saudar as chefes com palavras de baixo calão. Surubas e sexo desenfreado entre os empregados e empregadas de uma empresa modernosa. Bumbum peludo engolindo uma sucuri imensa.

Capítulo 9

"Papai Lixoso - Meu PaiLhaço"

Lembranças hilárias e terríveis do meu pai, um homem completamente sem noção e escravizado pela luxuria e prazeres mais baixos da alma.

Capítulo 10

"Vida e Morte: Você consegue encarar as duas de cara limpa?"

Uma reflexão após a morte do nosso querido amigo o blogueiro "Viver de Construção". Observando como a sociedade moderna esconde das crianças e jovens a morte. Como algo inevitável e tão natural é hoje deixada de lado e como minha mãe me preparou para encarar a morte de frente sem medo. Um breve relato da experiência que tive após sofre grave acidente e ficar alguns segundos apagados: um encontro com a morte?

Capítulo 11

"Pequenas Seitas & Grandes Negócios - Rompendo com as religiões institucionalizadas"

Minhas experiências até a evolução de virar as costas para todos os sistemas e pensamentos religiosos, como cortei esse apêndice de precisar acreditar ou venerar algo. 

Capítulo 12

"O Povo mais feliz e pacífico da Terra!"

A vez em que quase fui linchado pelo povo mais pacífico e feliz da Terra: brasileiros e sua falsa docilidade e sossego.

Capítulo 13

"Glorificação de um subemprego - Como o coaching água com açúcar com cheirinho de chiclete distorce a realidade deprimente em que vivemos"

Breve relato e reflexões sobre a idiotice de auto-ajuda, coachings picaretas e subempregos de merda, precarização do trabalho na era moderna, quando o diploma e experiência não vale nada pois não há vagas para todos.

Capítulo 14

"Perfil do cliente brasileiro - Os piores clientes do mundo - uma análise informal"

Reflexões sobre o monstro criado pela cultura brasileira que vem dos tempos do império e agravado agora pelo Procon: a obsessão do brasileiro em se sentir especial, exclusivo e superior diante de quem o serve. Quando a vida do empresário vira um inferno.

Capítulo 15

"Vida de Merda! Só fracasso! Postagem número 100 - Evolução da minha vida e estratégias financeiras"

Lembranças de tudo o que tentei na vida para ganhar mais dinheiro e sair da pobreza: empreendimentos traumáticos, planos frustrados, persistência e paciência divinas, pequenas vitorias temporárias e fracassos colossais que tive.

Capítulo 16

"Trabalho Braçal VS Trabalho Intelectual"

Tive o prazer de poder trabalhar nas duas categorias de trabalhos existentes: trabalhei em atividades pesadas em que usava somente minha força muscular e depois, em atividades em que usava somente o cérebro e as pontas dos dedos, reflexões sobre a qualidade de vida dessas duas categorias e seus efeitos no corpo e na mente humana.

Capítulo 17

"Meu livro e minha HQ: dois fiascos colossais!"

Relatos sobre minha trajetória como "editor" desde a infância até a idade adulta: meus jornalzinhos fanzines que minha irmã e eu produzíamos (e ninguém se interessava), até o lançamento de um livro meu e uma revista em quadrinhos como escritor independente que foram fracassos desastrosos. 

Enfim amigos, esse é uma breve descrição do meu novo livro. Se quiserem podem baixar o e-book agora na loja da Amazon por apenas: R$4,50 ou o livro impresso por R$24,50! Obrigado!

Att Gerson Ravv

Links para o e-book e livro:



Read More

Post Top Ad

Your Ad Spot