Olá amigos, como sabem, mês passado todos nós aqui em casa pegamos o temivel vírus do Covid-19: meu pai pegou o vírus e espalhou para minha filha, mulher e eu.



Visto que eu estava de home office praticamente sem nunca sair de casa, minha mulher e filha idem, compravamos tudo pela internet, menos comida pronta porque achavamos mais seguro fazer nossos próprios alimentos.

O único que não respeitava a quarentena era meu pai, que depois que tomou a vacina pensou que era o Superman, vivia pra baixo e pra cima confraternizando com pinguços por ai e sempre sem máscara.

Resultado desse vacilo: fiquei 15 dias afastado do trabalho, minha mulher ficou 15 dias entubada em estado extremamente grave, meu pai ficou 2 dias internado e quase morreu de trombose, somente nossa filha não sentiu tanto o vírus, apenas sintomas leves.

Esse vírus é traiçoeiro e silencioso, após a confirmação da infecção, a gente vai no médico, tiram raio x do peito e não aparece nada, passados 8 ou 10 dias, você subitamente piora e ao tirar o raio x seu pulmão já está quase que completamente danificado pelo vírus. 

No meu caso, tive somente 3% do pulmão afetado, mas meu paladar e olfato sumiram, toda mucosa e pele mais fina do meu corpo descascou e caiu, minhas digitais dos dedos viraram pururuca, a mente entrou num limbo cinzento e depressivo.

Meu pai quase morreu de trombose, ficou péssimo com toda a mucosa nasal e traqueia seriamente afetadas pelo vírus. 

Minha mulher foi entubada com 75% do pulmão afetado, durante a internação seus rins começaram a falhar por causa da Dexametasona aplicada no combate ao vírus e depois, teve diabetes causado também por medicação, por pouco não morreu, foram dias de angustia, medos e tristeza.

Chorei muito, como uma criança, foi muito difícil, todos os dias os médicos ligavam para dar o boletim médico dela e era uma angustia sem fim até o telefone tocar em horarios diferentes. 

Após varios dias, ela finalmente apresentou uma curva de melhora progressiva e recebeu alta, nos primeiros 3 dias mau conseguia andar e falar, hoje no quinto dia de alta já consegue andar sozinha, a voz voltou e apesar de estar com feridas nas costas por ter ficado muitos dias deitadas, já está bem melhor e a cicatrização começou. 

Meu pai pesava 100 quilos, hoje está com 68 quilos, emagreceu demais, primeira vez que vi meu pai gemendo de dor e prostado numa cama.

Enfim amigos, eu ainda estou fraco, dou 10 passos e tenho que parar, parece que a energia vai baixando conforme nos mexemos e depois precisamos de 5 ou 10 minutos pra ela voltar, estamos sendo acompanhos por uma ótima equipe medica e seguimos  na recuperação.

Nós vimos pessoas mais jovens morrendo ao nosso lado, portanto, cuidem-se, esse vírus não é brincadeira, não tem nada a ver com gripe, ele afeta nosso corpo da cabeça aos pés, até o cabelo cai.

Teve um dia que meu corpo começou a gelar, senti meus braços e pernas formigando, lembro de tomar os remédios e rezar pra não morrer. Passados os dias ainda tenho problemas com o paladar e olfato que parecem alucinações, tem vez que sinto cheiro de gasolina no que bebo, às vezes tudo que como ou bebo parece que só tem açúcar, enfim, espero recuperar minha saúde logo.

Att Gerson Ravv