O começo da minha libertação, foi no dia em que vi minha mãe morta dentro do caixão no IML. Minha vida deu um giro de 360 graus. Depois desse dia evoluí em todas as áreas da minha vida. 

 Não tinha mais aquele peso nas costas de ficar ouvindo ela desmerecendo e falando mal de tudo o que eu fazia, sem aquele olhar sombrio dela me perseguindo e vigiando eu prosperei e com ajuda médica fui superando o estrago de anos de tortura que sofri nas mãos de minha mãe .

 Que fique claro: eu amava minha mãe, mas os anos que passei com ela foram terríveis. Não desejo o que passei nem para a pior pessoa do mundo.

Att Gerson Ravv PS leiam meus livros