Para Pensar #9: Relatórios não mostram a realidade - blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Novidades:

Post Top Ad

8 de jul. de 2020

Para Pensar #9: Relatórios não mostram a realidade

O que torna o ato de trabalhar tão ruim e massacrante hoje em dia, é essa obsessão de jogar tudo em relatórios, planilhas e números sem levar em consideração os outros aspectos dos dados e informações planilhadas e principalmente SEM OUVIR AS PESSOAS.

Números não tem cheiro, cor e sabor, fica fácil observar um relatório e tirar do rabo uma meta dobrada dos números que estão lá.

Um relatório por mais assertivo e bem feito, nunca vai mostrar as reais dificuldades que as pessoas enfrentam, os perrengues do dia a dia.



Gestores imbecis e medíocres amam relatórios, mas nunca sentam o rabo ao lado de quem trabalha duro, gestores idiotas nunca vão observar e entender a dinâmica do mundo real que gera aqueles gráficos, tabelas e planilhas que examina completamente alienado e protegido do stress real que os relatórios não mostram.

Quando numa sociedade, empresas passam a dar mais importância para relatórios, gráficos e números sem ouvir as pessoas que produzem aquelas informações que são planilhadas por uma elite tecnocrática, pode apostar que a vida humana nessa sociedade não vale absolutamente nada.

Att Gerson Ravv 





4 comentários:

  1. Essa mentalidade é mais comum do que você imagina.

    Quando eu servia nas forças armadas eu já tinha notado essa tendencia dos oficiais se preocuparem mais com fazer papelada bonitinha pra ficarem bem-vistos pelos superiores.

    Mas pandemias e crises financeiras são ótimas para eliminar o lixo que nada produz e colocar quem produz de verdade no seu devido lugar de destaque.

    ResponderExcluir
  2. Pior que é bem assim mesmo, Gerson. Pior que hoje em dia a maioria dos lugares tá assim. A cultura organizacional da maioria das empresas está bem podre e paradoxalmente a sociedade parece aceitar isso, ao mesmo tempo que reclama. É só observar que livros como o "sonh0 grande" que relata a trajetória do jorge paulo "limão" é um best seller e é considerado um livro inspirador, mesmo relatando práticas reprováveis nas empresas dele (Tipo o lance de humilhar o primeiro que saísse do trabalho para ir pra casa, por mais tarde que essa pessoa saísse, ou de fazer empregado de capacho, mandando buscar as raquetes de tênis na casa dele). Eu li o livro e dei graças por não trabalhar para um cara desses, por mais bônus que ele pague. Não acho que compense.
    Até empresas mais "moderninhas" são escrotas com seus empregados, mas colocam baboseiras do tipo "gaveta de chocolate", dia de trabalhar de boné, e etc para parecerem boazinhas enquanto fodem seus empregados.
    Essa realidade atual do trabalho não é nada fácil mesmo.

    ResponderExcluir
  3. estou adorando esse modelo de posts. Os comments estáo high quality tbm kk

    ResponderExcluir
  4. No final das contas, o que importa é o quanto você faz o seu chefe rir.
    Sega agradável e falastrão e aprenda a jogar o trabalho nas costas de quem é dedicado e não sabe fazer marketing pessoal.
    Por aqui, essa é a Lei.

    ResponderExcluir

Obrigado por ler o blog! Obrigado por comentar! Show! Compre um dos meus ebooks na Amazon: "Merda Total!" e "Livro Supremo do Analista de Suporte". Att Gerson Ravv

Post Top Ad

Your Ad Spot