Carta aberta para gerentes de RH e pessoas que fazem processo seletivo - blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

10 de jun de 2019

Carta aberta para gerentes de RH e pessoas que fazem processo seletivo


Quando o RH não dá o feedback para os finalistas


Vocês que fazem entrevistas em processos seletivos devem ler com atenção meu desabafo abaixo. 
Sempre converso com os candidatos nos processos em que vou e todos me contam suas dores que também são as minhas. 

Vocês estão lidando com pessoas e não com objetos

É muito ruim passar por duas ou três etapas de um processo seletivo, chegar na final dele e se ver só você e mais um candidato,  terminada essa etapa final, o profissional do RH avisa que vai decidir entre os dois e depois dará o feedback para ambos, independente da aprovação ou não, alguns chegam até a definir uma data com toda a certeza do mundo: "Pode ficar tranquilo que todo candidato que trato eu dou feedback!", daí passam os dias e nada.

Tudo bem que vocês são super atarefados, sei que fica difícil dar feedback para todos mas estou falando de dar feedback para aqueles dois ou três caras que chegaram até a etapa final.

Saibam que aquele "pobre diabo" desempregado é humano, esse pobre coitado gastou dinheiro e tempo, se esforçou nas etapas de seleção, estudou, suou frio fazendo entrevistas, provas e dinâmicas, muitas vezes com o estômago vazio, doendo de fome e pensando como irá pagar o cunhado aquele dinheiro que pegou emprestado para pagar a condução de ônibus, metrô e trem.

Não custa muito tempo enviar um e-mail genérico para os dois candidatos que chegaram até a terceira ou quarta etapa do processo e não passaram, pode parecer bobagem mas um simples e-mail dizendo que o cara não foi aprovado e desejando boa sorte pode evitar uma série de sofrimentos e problemas daquele SER HUMANO:

*noites de ansiedade sem dormir;

*dias de tristeza;

*sentimento de se sentir tão inútil e sem valor que não merece nem uma resposta negativa;

*desejos de revolta, de se voltar contra o sistema e sair fazendo bobagens;

*pensamentos suicidas.



Vocês do RH não sei se sabem, mas vocês são investidos de grandes responsabilidades, vocês lidam com pessoas e muitas dessas pessoas só possuem uma coisa que vocês ao não dar o feedback negativo acabam por tomar delas: o sentimento de que possuem algum valor no mundo.

Lembro de um amigo querido da família, foi ele quem me ensinou a jogar xadrez, eu era criança e ele já adulto, isso no tempo em que nem tinha internet ainda, ele participou de um processo seletivo destruidor em uma empresa famosa, chegou até o fim das etapas, deu o melhor de si, estava super empolgado, sobrou somente ele e mais um cara, ficaram de dar a resposta por telefone em até 2 dias, ele poderia ligar para saber caso não recebesse a notícia em até 2 dias, no terceiro dia não recebeu nada e ligou: ninguém do RH queria atender, foi sumariamente ignorado, tentou ligar por várias vezes, durante dias... Ficou depressivo, ficou doente, parou de procurar emprego e meses depois foi encontrado enforcado na escada do sobrado. 

O desempregado em si já está vulnerável emocionalmente, quanto mais tempo fica fora do mercado de trabalho mais sua saúde mental e entusiasmo deterioram, muitas vezes o candidato que teve seu currículo selecionado reúne suas últimas gotas de esperança e trocados e vai para os processos, ele com muita luta vai passando na primeira, na segunda  fase, quando chega na terceira e última vocês falam que vão decidir e depois dar a resposta para quem passou e para quem foi reprovado, o cara fica com mais esperança ainda pois vocês são mestres em ser ambíguos não demonstrando se o cara foi bem ou não, então o sujeito fica dias sendo corroído por uma ansiedade brutal, os dias viram uma semana e nada. Quem se importa com um pobre diabo desempregado né?

Quem se importa com um pobre coitado fracassado sem emprego? Afinal, tem milhões de fracassados como ele, mão de obra barata, se nós ficarmos perdendo tempo se preocupando com esses detalhes o mundo vai parar. O importante é que você conseguiu um candidato dentro do perfil desejado pela empresa e só isso já basta, empresa é para gerar lucro e não para dar apoio para quem está desamparado, não é verdade? 

O mais interessante senhores do RH, é depois ver no site da empresa em que vocês trabalham, os famosos selos de qualidade que atestam que a famosa empresa possui valores como: 

"ética, valorização do ser humano, ambientes humanizados e gestão moderna de pessoas felizes"

Belos slogans não? Pelo menos vejo que souberam selecionar bem a agência de marketing e pagaram o jabá para as empresas que vendem selos de qualidade.

Lembro de um dos últimos processos de que participei, foram 6 etapas, da seleção de currículo, passando por entrevista via Skype, vídeo de 60 minutos falando sobre mim, depois entrevista pessoal na empresa seguida de 3 provas, depois uma dinâmica, depois outra entrevista com o gestor da área e por fim, uma sabatinada de frente para 6 pessoas da empresa, eu tinha muita vontade e esperança de conseguir aprovação na última etapa, estava com esperanças de passar, mas fiquei super aliviado e muito feliz quando um dia depois, recebei em minha caixa de entrada a mensagem:

"Gerson, muito obrigado por ter participado do processo seletivo para a vaga X, você demonstrou conhecimentos e muito interesse na vaga mas escolhemos outro candidato que estava mais preparado para a função no quesito Y, desejamos sorte e sucesso em sua busca." 

Vocês perceberam como é simples? Um e-mail curto e simples, sem firulas, esse feedback simples foi o suficiente para me tranquilizar e  sentir que fui produtivo nos processos e fui buscar melhorar minha performance no quesito Y.   

É preferível um feedback curto e seco por e-mail do tipo: 

"Agradecemos mas você não possui o perfil desejado no momento, guardamos seu currículo no bando de dados da empresa. Boa sorte."

Muito melhor do que receber o SILÊNCIO. É sério, essa falta de feedback para quem chegou na última parte do processo seletivo é cruel, doloroso e desumano para com o candidato. 

Sejam mais responsáveis com os candidatos por favor.

Att Gerson Ravv 





28 comentários:

  1. Sua deixa é até compreensível mas o problema, Gerson, é que você sempre mente em suas histórias? Como? Simples: você tem um "modus operandus" de sempre ter um exemplo de caso que se encaixa perfeitamente no que quer dizer. É o cara que usou crack na sua vila que perdeu tudo, é o velho que apostou tudo na pirâmide e quebrou e agora é o cara que se enforcou pois não conseguiu emprego.
    Cara, não é mais dizer que você foi reprovado na entrevista e no restaurante, se iludiu, e por isso tem que mentir? Você acha que mentir dá credibilidade ao que cospe aqui?
    Qualquer leitor atento pega você no pulo. Você pode enganar os mais ingênuos, mas dificilmente não deixará a máscara cair pra um beta macaco velho.
    Eu sei que você é bem intencionado, mas pense o quanto esse hábito infantil o fez regredir na vida, inclusive profissionalmente?!
    Você dizia ter 30 anos e agora fala que tem 41, tô achando que você tem 15 intelectualmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não minto aqui no blog, quando lancei o blog eu tinha tanto medo de ser descoberto que informei outra idade, tenho 41 anos e muita mas muita experiência na vida, conheço todo mundo aqui do bairro, vi cada história trágica que daria um livro de 1 milhão de páginas. Realmente não fui aprovado na entrevista para redator em uma empresa de marketing em que a entrevista informal foi num restaurante coreano, me falaram ali na mesa que eu não tinha o perfil, fiquei de boa, mas já chorei e muito quando jovem e passava por processos seletivos destruidores e chegava na última etapa e nunca recebia a resposta, ficava dias muito mal, o processo citado no texto acima foi para uma vaga de Sysadmin em OpenSuse (Linux), sobre meu amigo Pedro: sim, foi verdade, até hoje fico mal quando lembro dele, não me deixaram ir no velório e enterro dele por que diziam que suicidas são pessoas ruins, olha só o pensamento da década de 80! Não tenho culpa de me atirar na vida normal, na vida ordinária do homem comum e interagir com as pessoas, aqui em casa meus pais tratavam todos com igualdade e respeito, aqui tomaram café em casa putas, mendigos, ladrões, moleques de rua, pastores, crentes, professores, operários como eles, umbandistas, católicos, etc. Nas camadas mais pobres das periferias tem muito mais humanidade, diversidade, respeito e valores do que dizem por aí, aqui ninguém passa fome, todos se ajudam, moro aqui faz 41 anos e já vi de tudo, saia um pouco de casa e viva mais amigo. Abraços.

      Excluir
  2. Gerson, fugindo um pouco do assunto me ajuda numa questão, estou estudando tecnologo em analise e desenvolvimento de sistemas, tenho 26 anos, NUNCA trabalhei na area de T.I é area nova pra mim,você disse em uma postagem sua q a pessoa só é nova pra T.I até os 27 anos, eu ainda tenho chances? trabalho como motorista estou querendo muito a area de T.I me encontrei e estou disposto até a um estagio, sei la estagiar aos 26 anos to com receio qual conselho você pode me dar? obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Relaxa man, até os 37 a gente consegue entrar em empresa de TI, somente algumas empresas tem esse preconceito contra idade entre os 30 e 39, mas tem que correr atrás e tirar certificações importantes e de preferência galgar o posto de gestor ou se gosta muito da área operacional ser um PJ por exemplo pois depois dos 40 NINGUÉM contrata para CLT em TI ninguém mesmo, estou falando por experiência própria. Sou entrevistado por jovens de 23 anos que já são gestores embora ganhem uma mixaria se comparado com alguns anos atrás, infelizmente no Brasilas existe muito preconceito contra a área operacional, trabalho braçal, raça e idade, brasileiro despreza idosos.

      Excluir
  3. Belo texto e mensagem Gerson. Em um outro texto seu comentei sobre um processo seletivo que participei e acabei não sendo selecionado. Eles me deram fortes indicativos de que eu seria contratado inclusive informando sobre detalhes como salário e ambiente de trabalho e produção. Nunca vou esquecer eu tendo que me explicar pra família e pra minha companheira que não ficaria com a vaga apos ter dito que estava tudo encaminhado. Ódio eterno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é man, a gente fica cheio de esperança, depois a ansiedade bate com força, os dias passam, só silêncio, daí vem o desânimo, depois o ódio, mais ansiedade e por fim até depressão, já passei tanto por isso, sei como é. O Capitalismo tem alguns detalhes que muitos ignoram, poderia ser diferente, mais humano.

      Excluir
  4. Esse pessoal de RH são uns pilantras que passam 4 ou 5 anos em uma faculdade de lixo (adm ou psicologia) aprendendo coisas imbecis e inaplicáveis no mundo real.

    São uns inutéis que ficam testando novas metodologias ridículas de avaliação de desempenho, recrutamento, seleção, motivação e coisas do gênero nos funcionários das empresas como se estes fossem ratos de laboratório.

    Bando de incompetentes, pilantras, armam teatros com essas seleções mas na maioria das vezes já têm os candidatos que eles querem (as vadias do RH querem alfas e os pilantras querem novinhas) ou então indicados pelos chefes.

    Registro aqui meu total repúdio a vc, seu inútil, profissional de RH, que torna a vida do pobre trabalhador ainda mais árdua com todas essas merdas que voces inventam ou veem em revistas e livros idiotas e querem aplicar no Bananil.

    O pai de toda punição e castigo, Lucifer, vai estocar o tridente no buraco fedido de vocês e vai dar suas entranhas para urubus comerem eternamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo sua violência verbal Unknown, eu já chorei lágrimas de sangue entre os 20 e 26 anos, hoje já não choro mas fico dias me sentindo mal, sem dormir tentando entender como alguém pode ter um sorriso tão largo quando te entrevista e faz o processo com você e depois, simplesmente nos ignora, nos joga no lixo como se fôssemos um preservativo cheio de po##a no meio da rua.

      Excluir
    2. Eu sempre achei os analistas de RH completamente inúteis e incompetentes, pois no final como já mencionaram ou já tem a pessoa certa para vaga e ficam nesse circo ou quem escolhe mesmo é o gerente da área onde a pessoa vai trabalhar e nesse caso para quê serve o analista de RH ? Para nada, se não é ele que vai escolher, para quê eles precisam fazer entrevistas e encher o processo de 15 etapas cheias de linguiça ?

      Só conheci uma empresa na vida onde a área de RH era foda, tanto que mudaram o nome para "Desenvolvendo Pessoas", eles estavam sempre usando a verba deles para melhorar o ambiente de trabalho, trazendo quitutes para os funcionários, promovendo cursos de capacitação de acordo com o perfil, realizando festas todo mês para os funcionários no horário de expediente, apresentando resultados, expondo as metas, sendo transparentes mesmo com todo mundo. Toda semana eles promoviam um dia para os funcionários levarem os filhos pequenos pro escritório, tinham atividades para os catarrentos. Enfim, único RH decente que vi na vida.

      Mas me perguntem, o que aconteceu com essa empresa tão perfeita ? Foi vendida para uma empresa da África do Sul que óbviamente, demitiu a galera, cortou benefícios, quitutes, acabou com as nossas festas e cursos pagos pela empresa, acabou com o PLR, enfim, destruiu a nossa empresa.

      Eu fui um dos que saíram em cortes =(

      Excluir
    3. Pobretão, é você?? Escreveu igualzinho

      Excluir
  5. Gerson terá versão física do seu livro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sim, o sistema da Amazon já está indexado os arquivos para a edição física. Vai levar uns 4 ou 5 dias até ficar disponível no Brasil.

      Excluir
  6. Olá, Gerson.

    Eu já passei muito por isso. Às vezes passava de várias fases na entrevista e depois nem resposta recebia. Ficava muito triste. Pensava se tinha algo errado comigo. Tinha gente que até falava que tinha passado e que iria ligar para fazer os exames e assinar os documentos para admissão, mas eles sumiam e nem ligava. Depois de tanta humilhação resolvi estudar para concursos, pois isso só dependia de mim. Claro, antes de ser concursado eu trabalhei em empresas privadas.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou passando por isso quase toda semana, é ruim demais! Ainda mais quando é para um cargo que a gente ralou pra adquirir conhecimento e experiência. Sobre concursos, desiste pois já passei em 2 e nos dois fiquei empatado e perdi a vaga por causa de alguns fatores. Sei lá, acho que vou parar de participar de entrevistas de emprego e voltar a empreender ou ser PJ novamente.

      Excluir
  7. Gerson, o que você acha da criptomoeda Nano? Fiquei desconfiado pois a propaganda dos fanboys é que ela era sem taxas e com transações instantâneas. Fui conferir e é isso mesmo. Ela simplesmente destrói e humilha o Bitcoin.

    Não entendo como ela ainda não foguetou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Nano só sei que muita gente se ferrou com ela, até YouTubers famosos do tema criptomoedas, até hoje estão amargando um prejuízo enorme pois compraram na super alta de 12/2017. Pelo que pesquisei, a Nano é muito vulnerável para rastreios e foi produzida em excesso. Foi só mais uma promessa falsa para vender dinheiro digital de mentirinha.

      Excluir
  8. Falou tudo, Gerson. O trabalhador de banânia é esculachado por todos e leva porrada de todos os lados. O modo como os RH das empresas em geral nos trata é só uma pequena amostra disso

    ResponderExcluir
  9. Gerson, tudo bem? Já vendeu quantos livros na Amazon? Ganhou quanto? Acho que dá pra ganhar uns trocados lá. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo bem, até o momento só vendeu dois e contabiliza até agora 428 leituras por meio da assinatura, realmente não sei quanto isso vai render. Depois eu divulgo aqui essa experiência que estou fazendo lá. Abraços man.

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta sincera. Tô pensando em colocar um livro na Amazon tb. Quanto vc ganha em percentual de cada livro e por leitura das assinaturas? Já tem algo contabilizado? Você consegue acompanhar o faturamento no site da Amazon?

      Excluir
    3. Vou receber 70% sobre cada venda de ebook, na plataforma da Amazon da pra ver os relatórios atualizados, muito bom. Já quanto ao pagamento sobre os leitores que tem assinatura Kindle Unlimited não sei quanto vou receber pelas leituras realizadas.

      Excluir
  10. Gerson, Eu tinha lido um post seu, o qual vc indicava uma história em quadrinhos sobre um herói num mundo degenerado e progressista. Eu não to achando o nome, vc lembra qual é?
    abraços

    ResponderExcluir
  11. Poxa pessoal, o próximo texto vai demorar um pouco, estou trocando a fiação toda da casa após um curto com explosão no quadro de força que derreteu o fio de entrada até o relógio. Descobri que 55 anos atrás os "pedrecistas" que fizeram a casa, não usaram canos ou conduítes para os fios, resultado: a casa era uma bomba relógio! Tá difícil aqui mas vamos resolver esse perrengue surreal! Show!!!

    ResponderExcluir
  12. Pessoal, olha essa grafico de empregos da minha cidade:

    https://imgur.com/a/gIe0iBS

    ResponderExcluir

Moderando os comentários para a segurança e bem de todos. Nem todos os alfabetizados com acesso ao mundo da internet possuem maturidade e bom senso ao emitir opiniões. Att Gerson Ravv

Post Top Ad

Your Ad Spot