O blog completou dia 24/10/2018 3 anos! Foram 3 anos de fracassos colossais! Meu pobre blog nunca passou de 300 visitas por dia em média. Em seu auge no quarto semestre de existência consegui até 1000 visitas por dia mas durou pouco pois um parceiro, não sei o motivo, excluiu meu link de seu blog hall e depois excluiu seu site/blog.

Hoje, uma média de 30 visitas por dia é o máximo que consigo hoje.

Ainda consigo sentir o fedor de carpete com chulé da sala em que eu estava ao escrever e publicar o primeiro texto, lá no escritório de uma empresinha lá na Avenida Paulista! Foi muito empolgante depois receber os comentários.

Não estou mais encanado com as visitas ao blog, sei que nosso povo sofre de um problema sério quando o assunto é leitura: nosso povo brasileiro não gosta de ler, a maioria é composta de analfabetos funcionais, carecem do básico de interpretação de textos...

Por sorte, apesar de ter estudado em escola pública, tive excelentes professores de língua portuguesa, gramática, literatura e matemática.

Minhas homenagens às grandes mestras que tive no fundamental: Professora Glória, Professora Tyoko, Professora Vera e muitas outras! Por causa do empenho de vocês em nos ensinar é que hoje desempenho uma função importante no mundo corporativo e posso ler e interpretar textos e discursos ao meu redor. Por causa do amor dessas professoras é que hoje não me conto entre os asnos e analfabetos funcionais que vivem como animais irracionais impulsionados apenas pelos instintos mais básicos e hipnotizados pela mídia moderna.

Ao contrário dos que os haters dizem, meus relatos publicados aqui são 100% verdadeiros, minha vida sempre foi conturbada com episódios bizarros e surreais.

Foram 3 anos de aprendizado e muita diversão aqui no blog! 

Hoje, penso seriamente em acabar com o blog, não está mais valendo à pena, antes do Google fazer alterações nos ADS eu até conseguia tirar entre 150 e 300 reais à cada 4 meses com cliques em ads nos meus textos, agora, recebo apenas frações de centavos e olhe lá! 

Já nem me importo mais com anúncios, SEO e palavras chaves, até porque se eu escrevesse textos em busca de visitas com certeza ficaria algo no mínimo, bizarro! Iguais alguns textos que nosso finado colega VDC costumava lançar em busca de centavos de adsense: textos sem pé nem cabeça mas repletos de palavras chaves quentes e técnicas obscuras de black hat apenas para estar entre os primeiros links das pesquisas.

Não tenho mais paciência para ficar editando códigos, pesquisando palavras chaves e criação de textos baseados em interesses quentes, deixo isso para quem gosta.

No mais, ainda me divirto muito na blogosfera acessando alguns blogs dos colegas, como por exemplo, o blog do meu camarada o Pobre Diabo: é incrível como o público do blog dele não consegue entender a Filosofia Diabística (que eu concordo em muitas partes) com o estilo de vida do PD!

A molecada que lê nossos blogs em sua maioria ainda não ingressaram no mercado de trabalho e mercado sexual e não tem noção do tamanho do nabo que vão inserir em seus rabitos juvenis, por isso eu digo que a filosofia diabística do nobre PD alerta esses inocentes: só o desenvolvimento pessoal em busca do dinheiro salva da matrix corporativa, da corrida dos ratos e do cuckoldismo feminista afetivo!

O nosso amigo PD lidando com os haters em seu blog! É bem assim quando decidimos compartilhar nossa visão de mundo e dicas sobre a vida. 


Vendo por outro lado, percebo com tristeza que a blogosfera está morrendo: blogs sumindo, blogueiros abandonando seus blogs e leitores, muita briga, confusão e haterismo estão destruindo e afastando os poucos leitores de qualidade que ainda usam a blogosfera para trocar umas ideias.

Aprendi muito mantendo esse blog aqui que começou como Gordo Tetinha e agora mudou para Blockchainsupertrader, só tenho à agradecer a todos que fizeram e fazem parte da blogosfera!

Seu pudesse resumir o que aprendi aqui na blogosfera e que levei na minha vida,  as dicas seriam essas aqui:

*Você não vai ficar rico investindo na bolsa querendo fazer traders: invista o que sobrar do seus ganhos em ações que geram bons dividendos, vá juntando patrimônio para receber dividendos e numa emergência poder contar com esse fundo.

*você não vai ficar rico com criptomoedas: invista somente quantias que não vão fazer falta para você, mas já aviso: com o tempo ninguém mais vai ligar para elas, já parou pra pensar que nosso sistema bancário atual evolui muito nos últimos tempos? Para que perder tempo com carteiras chulés de bitcoin que somente nerds sabem usar? Essa onda ai de fazer compras no dia a dia com criptomoedas nunca será aceita e usada pela massa acéfala que arrasta mouse no Windows Pirata..


*Seja frugal e corra atrás do seu desenvolvimento pessoal mas não se destrua no caminho, cuide de sua saúde física e mental, tudo tem hora para parar.

*Faça exercícios leves que não sobrecarreguem sua carcaça e coração que já sofrem demais no stress diário: você não é fisiculturista profissional, pegar pesado demais na academia apenas vai abreviar sua vida e danificar os músculos do seu coração, uma arritmia mortal pode estar à sua espreita e você nem sabe, pegue leve. Prefira natação por exemplo.

*Uma hora ou outra você vai se juntar ou casar com uma mulher, faz parte da vida, à não ser que você seja um retardado que baba e usa fralda, você com certeza vai dividir um teto com uma mulher mas tenha plena consciência de que é tudo ilusão e passageiro: ninguém pertence a ninguém, pessoas mudam, pessoas mudam seus objetivos e gostos, esteja preparado para tudo e seja forte no caso de sofrer decepções, traições, abandonos e infortúnios, não perca a cabeça, saiba sair do inferno de cabeça erguida e com honra.

Enfim amigos leitores, haters e juvenis, espero que meus textos tenham sido úteis para alguém ou que pelo menos tenham feito alguém rir quando estava triste, eu por exemplo, quando lia o finado blog do POBRETÃO na hora do almoço, sempre voltava mais animado para o trabalho, às vezes rindo sozinho lembrando de alguns trechos cômicos! O Pobretão tinha algumas ideias absurdas que eu não concordava, mas em outras em concordava, como por exemplo, a exploração que sofremos no mundo corporativo.

Comenta ai que gosta ou não gosta no blog, mas já aviso que não vou mudar nada aqui, vai continuar do jeito que é.

Att Gerson Ravv