Dedada no meio da olhota: quando um hétero cabra macho sofre assédio sexual - blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

sábado, 26 de maio de 2018

Dedada no meio da olhota: quando um hétero cabra macho sofre assédio sexual

Um relato real de assédio sexual


Dedada no meio da olhota: quando um cabra macho sofre assédio sexual - Parte 1 - Prefácio


Olá amigos da blogosfera! Tudo bem?

Começa hoje uma série de textos das minhas memórias em meus primeiros empregos com o intuito de preparar os juvenis que ainda não ingressaram no mundo do trabalho, sejam da geração nem-nem ou sejam preguiçosos que ainda não procuram emprego e vivem parasitando seus papais e mamães.

Hoje inicio uma série de posts com um relato real que vivi anos atrás quando ainda era um juvenil inocente trabalhando em um restaurante de um Shopping Center de São Paulo.

O "dramalhão" se passa em um restaurante de fast-food gerenciado por duas bichonas: uma enrustida e metida à grã fina e outra (o dono da franquia), uma bichona escandalosa e devoradora de pobres garotos recém chegados á São Paulo em busca do primeiro emprego.

E antes que os haters e BR Huehue venham pensar que fui eu que levei a dedada na olhota já informo: Não! Não fui eu mas quase, por pouco, faltou um tantinho assim para que eu quase tivesse tomado também!

O texto é mais para deixar registrado para a posteridade as minhas observações de vários casos de assédio sexual que testemunhei dentro das paredes daquele fast food e espero que se alguém aqui estiver passando por essa situação, possa usar o texto como base para saber o que fazer em casos assim em que alguém usando de sua autoridade ou propriedade força os outros a fazerem seus desejos mais perversos...

Brega de alto nível para ouvir nos almoços em família


Aguardem os próximos textos: você vão rir, chorar, corar de vergonha ou indignação assim como eu naquela época!

O protagonista principal vitima do assédio era um colega meu e vamos chama-lo de Lima, na verdade todos do fast food eram assediados mas o Lima, pobre coitado, era brutalmente assediado e quem não o conhecia podia pensar que ele era gay mas na verdade era pura inocência!


Lima era o meu melhor amigo na época, estudamos desde a pré escola juntos e foi ele que me descolou o trampo no Shopping por indicação, eramos dois moleques inocentes e cheios de vida, felizes da vida por trampar em um dos mais nobres Shoppings de São Paulo.

O que a gente não sabia era que uma dedão espreitava nossas olhotas e furicos com as intenções mais perversas que vocês possam imaginar!



Personagens Principais

Paulete era o gerente geral, uma biba afro, metida à fina mas que falava um palavrão imundo à cada palavra que soltava da boca e vamos chamar o Dono da franquia de Seu Hogan pois o velhote era idêntico o lutador Huck Hogan com aqueles bigodes estilo Leôncio do Pica Pau.

Seu Hogan tinha uma kombi personalizada pintada igual a kombi do desenho do Scooby Doo: dizem que ele barbarizava juvenis inocentes nos bancos da Kombi após o expediente quando voltava do cinema do Shopping com eles...

O restaurante em que trampavamos era de fast food e os funças em sua maioria eram moleques como eu na época, tinha alguns tiozoinhos do nordeste também, mas eram poucos e trabalhavam de madrugada após o fechamento do Shopping.

Enfim, aguardem os próximos capítulos dessas minhas memórias.

Hoje eu penso: Caraca! Isso dava margem pra processo e até cadeia! Como é que aquela galera que trabalhava lá não denunciava? 

Que os textos sirvam de manual de sobrevivência para os juvenis e ximpas que acompanham o blog.

Você da geração nem-nem mal sabe o que te aguarda no mundo corporativo! Você vai ser barbarizado sem dó por velhos dinossauros donos de empresas, psicopatas e vão sofrer nas mãos de funcionários perversos e preguiçosos! 

Att Gerson Ravv

Dizem que o Lima dançou desse jeito no Rock In Rio junto das duas bibas!





Contra ataque ao haters do blog!

***Ei pessoal, ajudem o blog divulgando e compartilhando o link das postagens, isso ajuda a continuar com as postagens semanais em suas redes sociais (tem os botões de compartilhar aí embaixo), acessem meu canal do You Tube e Facebook: meu sobrinho que administra as redes sociais vai ficar feliz e vou poder pagar uns trocados pra ele continuar pagando a assinatura do Xbox pass dele! Votem na enquete sobre o novo visual do blog pois esse blog é para vocês.   Gerson Ravv

6 comentários:

  1. Falou, falou e não falou nada. Zero estória até agora....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procure no dicionário a palavra "prefácio".

      Excluir
  2. Mas que masmorra do inferno , ein betão!!!!!

    Vai ser bom ler seus relatos de desespero , porque assim que tiver minha própia senzala , eu saberei lidar com betões que vou ecravizar .




    hahahahahahhahahahahahhahahhahahahhahahhahahahahhahahahahahahahahahahahahahahahahahhahahhahahahahahahahahahahahahhaha !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desespero? Eu rachava o bico naquele lugar vendo a galera se sujeitando ao velho tarado e a biba afro folgada, eles não mexiam comigo porque sempre fui esperto.

      Excluir
  3. Acompanhando !!! poste logo o restante rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá difícil continuar man, novo emprego me esgotando, greve dos caminhoneiros, haters, mas vou postar o restante sim.

      Excluir

Comentários liberados, porém, se exagerar e postar discursos de ódio, preconceitos e spam vai levar bam! Att Gerson Ravv

Post Top Ad

Your Ad Spot