Meus sites e blogs fracassados - blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Meus sites e blogs fracassados

Análise dos meus fracassos com blogs, sites de nicho e publicidade paga - Dicas para não perder tempo e dinheiro com sites e blogs de nicho ou marketing digital

Sou apaixonado por desenvolvimento de software e sites desde moleque. Ainda lembro do meu primeiro site tosco que fiz em HTML puro e java Script, fiquei eufórico quando subi ele em um serviço gratuito que deu para ele um nome enorme já que não tinha dinheiro para comprar um domínio na época. Acho que somente eu acessava aquele pequeno site mal feito com umas páginas toscas com formulários em Java Script que não serviam para nada.

Faz tempo que Adsense não vale mais a pena, mesmo tendo milhares de views por dia, um site hoje fatura muito pouco mesmo, mantenho os anúncios aqui no meu blog porque é clássico, não teria graça abrir o blog e não ver anúncios aqui, fazem lembrar da época de ouro do tempo do blog do Pobretão. 

Meus sites de publicidade paga por comerciantes do bairro e de outras cidades


Eu mesmo ia atrás de anunciantes pagos no meu bairro fechando acordos por banners pagos ou garimpava interessados em anunciar nos meus sites em redes sociais e similares.

Tive alguns sites em que passei horas investindo meu tempo, criatividade e dinheiro, no começo não ganhava quase nada, depois ganhava uns trocados, depois aumentava um pouco, eu ficava feliz e depois, declinava até não render nada, então, eu cancelava tudo e partia para outro projeto.

Fazia campanhas no Facebook e Google segmentando o publico por interesse, região e idade, mas não adiantava ter vários acessos se os meus anunciantes que pagavam direto pra mim não viam o retorno esperado em vendas: por exemplo, mesmo pagando para que meus links aparecessem cirurgicamente em determinadas regiões próximas aos comércios dos caras, a macadada que acessava os site mesmo que os textos falassem sobre os assuntos relacionados aos comércios e serviços, ninguém comprava nada ou fazia uma visita no local... Decepcionante.

Várias vezes lancei cupons eletrônicos no Facebook que davam até 50% de desconto no estabelecimento dos caras e nem sequer 5 pessoas apareceram lá abanando o cupom na mão, e isso porque investi dezenas de milhares de views e clicks...

Para vocês terem uma ideia, até paguei por textos profissionais e ilustrações feitas sob encomenda, mas infelizmente, o pessoal aqui no Brasil além de não curtir leitura séria, ninguém comprava nada: não compravam nada dos anúncios do Adsense e não compravam nada dos anunciantes que eu garimpava por conta própria fazendo acordos de marketing.

Era decepcionante: uma meia duzia de leitores elogiavam com entusiamos os sites mas no geral, mesmo investindo com publicidade paga com anúncios no Facebook, Google e Bing os resultados eram ridículos...

Por fim, depois de perder um pouco de dinheiro e tempo, larguei mão de sites de publicidade.

Parei de circular pela cidade como um palhaço com a bunda suada correndo pra lá e pra cá com uma pasta embaixo do braço com meus portfólios e um notebook da Positivo com Linux.

Meus sites de nichos


Nesses sites eu somente focava os ganhos com adsenses mesmo. Criei alguns de literatura, informática, ciência da computação, desenvolvimento de software e até sites de putaria e humor macacal.

Tinha meses que ganhava uma graninha boa, mas em outros, mesmo juntando os centavinhos de todos sequer dava para pagar a hospedagem de dois sites... 

O que me chamou a atenção eram os milhões de views que os sites de putaria e humor idiota tinham, porém, vejam que ironia: apesar de milhões de acessos os sites de putaria e humor idiota acabavam por perder os anúncios tão logo eu obtinha autorização para por anúncios neles pois ninguém queria ter o nome de sua empresa ou marca associada com bobagens tipicamente brazucas e juvenis.

O mesmo efeito vemos em alguns blogs famosos da blogosfera: alguns blogs que se dizem de finanças mas que só falam de bobagens como tamanho de pau, "poder alfistico", "técnicas debilóides e para atingir a independência financeira", "filosofia dos betas para comer novinhas da badalhoca rosa" , esses blogs com conteúdo questionável que beiram a insanidade e a  falta de bom senso, possuem milhões de acessos diários, porém, as empresas rejeitam anúncios pagos em suas páginas...  Até penso que em certa medida, blogs assim são bons para conduzir os moleques para outros blogs mais sérios que realmente falam de desenvolvimento financeiro e pessoal: o blog do Pobreta fez isso comigo.

Mas vai entender a massa né? O povão quer apenas é pão e circo mesmo e como sabemos, os adolescentes complexados e lesados que ainda sabem ler um pouco são a maioria de leitores de blogs assim, logo, são um público que não consome muito, não possuem renda interessante para os anunciantes que pagam caro para ter banners nos sites dos blogs.

Os anunciantes olham para esses blogs e falam: "Publico indesejado e sem renda para consumir nossos produtos e serviços, baixo nível intelectual, para que perder dinheiro anunciando aê?"

O blog do Pobretão não sei como conseguiu manter por tanto tempos os anúncios lá, mas vejam o fim que teve, hoje subiram o conteúdo para uma hospedagem sem os anúncios. 

Enfim, acabei também por desistir de sites de nicho. Os dois últimos que ainda mantinha cancelei tudo mês passado e não renovei os domínios. 



Meus site de venda de Maconha em países em que essa porcaria é legalizada


Indo na onda de um colega japa doidão de faculdade adepto do fumacê (curso de Ciência da Computação), desenvolvemos juntos um site sobre o universo maconhistico, era todo em inglês mas dava para traduzir para qualquer língua que o leitor quisesse.

O site abordava desde o cultivo até o consumo desse lixo que destrói a mente dos moleques. Usamos um programa de afiliados da Holanda e outro ilegal de um país chulé da Europa oriental falido, anunciávamos desde o produto em natura, sementes até utensílios, livros e insumos para o cultivo, ganhávamos uma porcentagem de cada venda que os doidões faziam usando os links dos banners.

Nosso público era apenas de países em que essa porcaria era legalizada e sim, ganhamos um pouco de dinheiro com comissões. O que mais vendia eram sementes, bolachas e  cachimbos. 

Mas como tudo que é bom dura pouco, milhões de outros caras entraram na jogada e claro, os valores das comissões foram lá pra baixo não valendo mais a pena o esforço e gastos com o site.

Meus sites sem sentido nenhum: testando coisas loucas para aprender sobre a mentalidade humana e talvez ganhar uns trocados

Depois, passei a testar projetos malucos como: vendas de infoprodutos, apps inúteis e literatura erótica.

Infoprodutos: perda de tempo e dinheiro, parei quando vi que somente ganhava dinheiro quem vendia ilusões para outros se iludirem, muito trabalho para pouco retorno. 

App inútil: fiz um app (idiota) em que o usuário encomendava ilustrações e gifs pelo app obtendo assim figuras/desenhos personalizados para usar em seus sites, blogs ou trabalhos em geral: outro fiasco colossal, quando não era problema com a hospedagem do serviço que dava pau era o desenhista que dava uma de louco sensível e megalomaníaco e fazia greves ou reclamava direitos autorais depois de ver o desenho dele fazendo sucesso em algum site ou blog por aê... 

Porque todo cara envolvido com artes é meio pancada da cabeça e não tem visão nenhuma de negócios? 

Literatura erótica: a palavra chave é PUTARIA, nosso povo gosta de uma putaria mesmo... quanto mais pesada e suja melhor. 

Percebendo isso eu alternava entre textos puramente pornográficos de quinta categoria e textos mais eróticos e refinados.

O problema é que o site em questão só atraia estudantes pedantes de letras, filosofia ou psicologia (gente metida à sabichona) que faziam textões patrocinados pela empresa NemLy & NemLerey Corporation LTDA, ora criticavam a gramática, ora criticavam "clichês machistas e ultrapassados"...

Também me cansei de tudo e cancelei tudo.


Meu último projeto: uma terapia e meu diário digital


Enfim amigos, o blog aqui que começou como Gordo Tetinha e agora é blockchainsupertrader.com, é meu último projeto digital mesmo. 

Uso esse espaço virtual aqui apenas como terapia, um diário sobre minha vida e finanças em geral.
Estou livre daquela paranoia de obter views e ganhar com anúncios. Claro que se render uns trocados serão bem vindos, claro!

Vivo 24 horas conectado na web até por que, trabalho na infame área de Tecnologia da Informação, antigamente conhecida como "informática", mantendo o blog, tenho acesso às minhas informações financeiras rapidamente, esteja onde estiver.

É divertido e salutar acompanhar os comentários positivos dos amigos e também dos haters malucos: me divirto pra caramba aqui!

Enfim, ficam as dicas para quem quer se aventurar nessa vida de empreendimentos digitais:

*crie um nome de domínio legal que chame a atenção e que tenha à ver com seu projeto

*use serviços de hospedagem com servidores dedicados para não ser catapultado por seu provedor que vai te tirar do servidor compartilhado te intimando à comprar um serviço dedicado

*faça parceria com gente de confiança e não com artistas megalomaníacos 

*entenda a mentalidade tosca do cliente médio brasileiro: são carentes de afetividade, gostam de ser servidos como se fosses senhores de engenho e sinhazinhas (nossas raízes históricas) e desprezam o trabalho de quem os servem, acostume-se com isso ao tratar de negócios pela web

*teste, reteste e teste novamente, nada é definitivo e para sempre, tudo muda, tudo passa, tudo aparece e desaparece, se adapte. 

Att Gerson Ravv

Novas novidades em breve! Aguardem!








32 comentários:

  1. escreve um conto erotico gay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa ideia garoto! Quer ser o protagonista do conto?

      Excluir
  2. Teste para haterismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí! FERA NENÊ! Vamo que vamo! Vai bombar! Para Lua! Putz! Que sardinhagem é essa? Huehuehue!

      Excluir
  3. Se vc quiser fazer sucesso como o pobre-diabo, comece a floodar seu blog com haterismo, travequismo, vitimismo, assim vc atrai os betas diabísticos pra cá.

    Beta deficiente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Travequismo? Onde tem isso na blogosfera???

      Excluir
  4. infoprodutos sempre serão uma furada para quem os compra, mas com o marketing certo dá pra roubar muitos otários, tem um nicho saturado mas interessante que está dando bastante dinheiro que é sobre sedução, pegar mulher, etc. basicamente, um monte de cara virjão que não sabem pegar mulher, dando uma de foda, gurus, mega coach da PNL, hipnose, PUA e etc que ensinam a rapaziada a pegar mulher. O mais incrível de tudo é que essa porra funciona, porque, não importa qual "técnica" o cara inventar pra vc usar, no fundo no fundo, só depende de você ter confiança pra conseguir o que quer.

    Tenta mais esse belo golpe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei lá man. Aqui no cemitério Sao Luís na periferia da zona sul de São Paulo tá cheio de gente que era cheia de confiança em vida. Mas se bem que juntando uma boa dose de planejamento com confiança pode se conseguir muitos objetivos. Nunca testei PUA.

      Excluir
  5. Mais um aluno do type cafajeste kkkk

    ResponderExcluir
  6. E quem é esse meu nobre anônimo cuckoldista?

    ResponderExcluir
  7. Você teve vários sites? Tem certeza? Então qual o motivo deste blog ter este design pidre? E qual o motivo de estar toda hora fora do ar?
    Arruma isso pois está queimando seu filme (que já não lá essas coisas).

    PS: aquele seu video no Youtube sobre mentalização de pepecas é excelente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é man. Pra que vou gastar tempo vê dinheiro aqui se não vou ter retorno? O dominio só estou testando pois é barato a renovação anual. Pra mim está perfeito o design do blogger. o DNS estou testando constantemente os redirecionamentos até ficar como eu preciso.

      Excluir
    2. Voltei mais cedo pra ver se você tinha respondido.
      Tava fora do ar o blog de novo.
      Arrumar isso cara. E vergonhoso, ainda mais de alguém que diz trabalhar com TI.

      Excluir
    3. Os servidores de nome da godady são um lixo. A configuração de redirecionamento para os servidores do Google estão ok mas a falha ocorre em outra ponta.

      Excluir
  8. Gerson tem um post seu que fala sobre o Youtube, como é que tá agora com as novas?
    Pelo que fiquei sabendo só canais gigantes tem um lucro considerável, quem fez dinheiro fez, quem não fez, não faz mais, mas é isso?
    Sabe de que maneira é pago os likes, as visualizações e os inscritos?

    Quanto é pago por inscrito, likes e visualizações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Correto man. Meu canal lixoso por exemplo, perdeu monetização pois só tem 32 inscritos e em um ano somente ganhei 33 reais. Canais de terror, pegadinhas e teorias da conspiração se lascaram e perderam TUDO e o YouTube esconde os links dos caras. Muita gente se ferrou bonito com isso. Ganha-se por mil views e por cliques em patrocinadores (aqueles anúncios chatos que começam antes do vídeo. Dependendo do país do visitante ou inscrito, o valor varia de frações de centavos até duas casas por cliques ou milhar de views. Brasil é um dos piores países pra se viver de views: centavos são pagos por milhares de Views ou nem isso em casos de canais pequenos.

      Excluir
  9. Gerson, parabéns pelo blog! Continue assim, não deixe a blogosfera morrer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado man! Meu blog é simples, quase não tem acessos mesmo,é meu diário de recordações online, ler os comentários é a maior satisfação!

      Excluir
  10. E ai caçador de pepecas com HPV.

    Bom que voltou a versão mobile do seu blog podre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aê man: Gerson Ravv e você, tudo a ver!

      Excluir
  11. Lembrando que temos uma página exclusiva para vc desabafar, falar mal do seu emprego ou vida, acessa já e chore as pitangas: http://www.blockchainsupertrader.com/p/consultoria.html?m=1

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pelo blog, continue com ele. Na minha opinião é um dos melhores da blogosfera, tendo views ou não! Forte abraço!

    ResponderExcluir
  13. Tira o dominio do blog! Ta toda hora fora do ar cara.

    Pra que domínio se seu blog é um lixo mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fora do ar nada, é sua internet discada da zona rural que está falhando. Limpe o cachê desse seu windows pirata e use uma banda larga decente.

      Excluir
    2. Ta fora do ar o tempo todo gerson, de 10 vezes que tento entrar nele, 9 vezes nao consigo. Arruma isso ae, eh meio vergonhoso isso para um cara de TI com posts tão bom. Retorna o nome para gordo tetinhas pelo menos não caia toda semana. Ta dando raiva isso.

      Excluir
    3. Os acessos tão bombando e o servidor compartilhado do Google não tá aguentando.

      Excluir
  14. bota um dominio como umgordotretinha.com vai te muita treta

    ResponderExcluir
  15. Bla bla bla meu blog tá fora do ar.
    Bla bla bla o godaddy é o problema.
    Bla bla bla sãp muitos acessos.

    Qual a próxima desculpa pra não arrumar o problema do blog estar fora do ar toda hora?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois eu arrumo man. O blogger possui um Bug incorrigível com redirecionamentos. Na página de help do Google informam que não há como corrigir por enquanto. Depois eu arrumo fazendo apenas um redirecionamento simples no DNS apontando o blockchain.com para o antigo nome do blog, assim vai parar de cair.

      Excluir
  16. Cara... vou postar como anônimo, queria me identificar, mas acho melhor não. Devido a imensuráveis haters os blogs sobre finanças e da real diminuíram muito em quantidade e qualidade. Um exemplo da atualidade é o blog do mordor, é muita, mas muita gente criticando o cara. Não sei se o que falam é verdade mas foda-se, gosto do conteúdo do site e pelo que vejo corre o risco de infelizmente ser mais um que vai parar (O povo quando quer é muito chato, me lembro de uma frase de um chefe: " NÃO POSSO TE AJUDAR MAS ATRAPALHAR É FACINHO!".Conheci seu blog vindo de outro e gostei muito do conteúdo, no geral consegue passar a mensagem com qualidade. Cheguei a iniciar um blog mas vi que é muito trabalho para pouco resultado e muita gente criticando. A única opção de blogs que temos são os caras que querem fazer um diário pessoal, como você. Um abraço!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja bem vindo man! Espero que goste das postagens. Pra mim até que é fácil manter o blog, trabalhei quase a vida toda com sites, hospedagem, programação, etc e tenho facilidade em escrever. Nem pesquiso nada, só vou teclando e publicando. Se tiver tempo e quiser, pode ajudar o blog compartilhando o link com seus amigos! Abraços man e qualquer BO tô ae!

      Excluir

Comentários liberados, porém, se exagerar e postar discursos de ódio, preconceitos e spam vai levar bam! Att Gerson Ravv

Post Top Ad

Your Ad Spot