Olá amigos leitores fiéis desse pobre blog! 

O BLOG 


O blog completou 2 anos no mês passado, nunca pensei que fosse durar tanto! Antes desse blog tive inúmeros outros blogs que focavam mais assuntos técnicos como programação, área de TI e até literatura: todos já nasceram mortos, fadados ao fracasso nesse nosso país de farristas e pessoas carnavalescas que buscam pelo prazer do corpo acima de todas as outras coisas e detestam estudar ou ler...

Esses blogs quase não tinham leitores e os poucos que comentavam ou me xingavam ou não entendiam nada do que eu postava.

Enfim, resolvi criar esse meu blog aqui de forma mais relaxada, sem muita seriedade do tipo de sabichão, compartilhando minha visão de mundo de forma simples e espontânea, minhas opiniões e experimentos no mundo dos negócios, trabalhos e investimentos e ele vem dando certo.

Não sei até quando continuarei aqui postando, sei que o tempo passa, o mundo muda e nossa mente muda junto, aguardo o dia em que estiver mais amadurecido e ao reler as minhas postagens rir de mim mesmo e pensar o quanto eu era ingênuo e infantil de ter escrito aquilo! E será que chegará o dia em que apertarei o botão de deletar e mandarei todas as postagens para o limbo?

BALANÇO DO ANO DE 2017


O ano de 2017 foi um dos melhores anos da minha vida em relação à ganhos financeiros: em 2016 acumulei dinheiro com minhas atividades de micro empreendedor, aluguéis de imóveis e até recebi dinheiro de forma inesperada deixado por minha falecida mãe, esse acumulo de dinheiro permitiu que em 2017 eu ficasse mais "relaxado", sem tanta preocupação com contas e o futuro. Posso dizer tranquilo que hoje TENHO LIBERDADE.

LIBERDADE: LUTE PARA SER LIVRE DA IGNORÂNCIA 


O FIM DE UM SONHO


Em 2017 cansei de trabalhar por conta própria, cansei de atender gente folgada que muitas vezes agia de má fé comigo, o ruim de ter um micro negócio em que você tem que atender diretamente os clientes é que o brasileiro médio, o cliente médio, é um baita de um folgado ávido por encontrar uma brecha para ferrar com você e seu micronegócio. 

Era muito desgastante lidar diretamente com clientes indesejáveis, sabe aquelas pessoas que sabem que você vende apenas o produto X, compram o produto X agindo de má fé e depois vem encher o saco porque queriam o produto X tivesse as características do produto Y?

 Isso sem falar em furtos, mendigos, caras mal encarados que entram no seu estabelecimento e  mostram um papel dizendo que acabaram de sair da cadeia e que pertencem à certo grupo organizado e que precisam arrecadar dinheiro não sei para o quê, tem também drogados e traficantes que se passam por clientes e "camaradas" apenas para usar seu ponto para vender suas porcarias, enfim, não é fácil não amigos ter um pequeno negócio no Brasil um país de todos!

Enfim, com minha birósquinha e atividades autônomas consegui me manter por um bom tempo, mas o stress e o medo de ser morto ou assaltado não valiam o sacrifício.

O fim da picada foi a parceria desastrosa que fiz como MEI com um empresário falido e enrolão.

Também tentaram me assaltar, a sorte foi que consegui fechar a janela de atendimento à tempo! E por 3 vezes tentaram arrombar o portão de madrugada, na última vez o infeliz era tão burro que apenas roubou esqueiros vagabundos e ignorou por completo livros que custavam até R$250,00 e pentes de memória RAM de 2 e 4 GB, para me irritar mais ainda, o pobre coitado deixou um baseadão jogado no balcão que impregnou nas quatros paredes e mercadorias...

DE VOLTA AO "INFERNO"


Em 2017 voltei ao mundo corporativo em um emprego formal, mas dessa vez fui criterioso: escolhi uma atividade mais tranquila, local perto de casa, jornada de trabalho de 5 horas e salário de jornada de 8 horas.

Ainda acho um  lixo toda essa balela corporativa que temos que fingir que acreditamos, detesto confraternizações idiotas e sei que sou apenas uma peça descartável na grande máquina de fazer dinheiro. Mas o bom é que agora, mais amadurecido, mais tranquilo e com dinheiro acumulado e mais tempo para VIVER, consigo levar de boa ignorando completamente esses pequenos pontos negativos de um trabalho formal no regime CLT: posso pedir demissão quando quiser que ficarei bem, não dependo mais de salário para pagar as contas, dois aluguéis recebidos pontualmente todo mês fazem mais efeito que Diazepan ou antidepressivos. 

Vou seguindo fazendo o que tenho que fazer, não faço nada mais que não esteja no contrato. Vamos ver até onde aguento esse mundinho chato dos assalariados dependentes de salário mensal.


APRENDENDO COISAS NOVAS


Estou indo à sinagoga rezar, lá conheço pessoas legais com mais experiência de vida que eu, com outros estilos de vida e pensamento, aprendo muito com o conhecimento e sabedoria compartilhada lá. Conhecimento, fé e ética são a base da civilização, sem isso, descemos ao nível de animais irracionais.

ESPECULANDO E LUCRANDO


Outra nova atividade que aprendi foi a especulação com criptomoedas. Sei que é uma atividade de risco, sei que um dia essa onda vai passar, mas enquanto durar, porque não aproveitar né?

Estou muito satisfeito, para vocês terem uma idéia, comprei BITCOIN pelos valores de 3 mil e 3.500 reais, hoje o Bitcoin ultrapassou a casa dos 24 mil reais! Claro que já fiz o trade e embolsei o lucro astronômico. 

Claro que não sou louco de pegar todo o meu patrimônio e ficar reinvestindo nessa ONDA, sou prudente! Invisto, faço cálculos, sou paciente e não tenho ilusões,tiro meu lucro e fico aguardando, tenho como lema nunca voltar a comprar criptomoedas com o LUCRO que obtive com elas, aplico o lucro em outras modalidades de investimento, vai que o Governo de uma hora para outra criminaliza essas moedas! Enfim, acredito na tecnologia do Block chain mas não acredito em FEBRES que duram para sempre. Tudo passa... Seja prudentes com esse tipo de especulação!

FINALIZANDO


Quero desejar um ótimo fim de ano para todos os meus leitores fiéis e ocasionais! Que vocês tenham fartura em suas vidas, consigam bons trabalhos, que espalhem coisas boas por ondem passarem! Aos casados que cuidem bem de suas famílias, aos solteiros que se cuidem e não desperdicem suas vidas com vícios e gastanças, aos desempregados desejo que consigam um bom emprego ou que tenham um ímpeto de empreender alguma atividade por mais simples que seja, aos jovens que sentem feios e pobres: não caiam no vitimismo e no extremismo de se sentirem inúteis, façam a coisa certa e ajudem os outros sem interesse e não sintam ódio de quem despreza vocês, no momento certo, persistindo no bom caminho da ética e não se viciando em nada, vocês evoluirão e viverão de forma plena com muitos momentos de felicidade, é só uma fase  o que vocês estão passando, acreditem: eu já passei por isso, hoje dou risada ao lembrar das minhas crises de vitimismo e sentimentos de ódio contra o mundo! Aos insatisfeitos com seus empregos: persistam e tenham objetivos e planos, somente assim para poder mudar suas realidades para algo melhor, persistam na mudança e não percam a cabeça! 

Att Gerson Ravv