O software desenvolvido pelo Capeta - blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

O software desenvolvido pelo Capeta

O software de análise de produtividade que pulverizou diplomas e certificados de nerds e geeks que desfrutavam de regalias que não existem mais... 

Olá leitores, como sabem sou da área de TI e amarguei vários anos em cargos menores em empresas de TI e Telecom antes de conseguir um cargo melhor e depois, desiludido e cansado  larguei tudo e cai na vida de autônomo.

Alguns anos atrás eu trabalhava como um humilde analista de suporte à sistemas financeiros no modo remoto para usuários de um sistema de contabilidade complexo o suficiente para as equipes de TI das empresas enlouquecerem tentando configurar por conta própria.

A nossa equipe era formada por 72 pessoas divididas em dois andares: metade recebia as ligações do Brasil e do mundo e a outra metade realizava o suporte entrando em contato com os usuários que enviavam e-mails solicitando ajuda e relatando problemas, ou seja: metade da equipe fazia suporte estilo receptivo e a outra metade estilo ativo, uma verdadeira pastelaria de TI misturando suporte técnico, programação e telemarketing...  O ponto positivo era que tudo era manual. 

O atendimento não tinha limite de tempo e não existiam neuras com produtividade: o bom atendimento prestado e principalmente a solução de problemas eram prioridades para o CEO que era responsável pela empresa no Brasil. 

O suporte prestado não era assim tão simples: você tinha que ter um conhecimento acima do intermediário de XML, Javascript e até de SQL.

O salário era bem acima da média por causa que lidávamos diretamente com os departamentos de TI das empresas e bancos que utilizavam nosso sistema.

Quem entrava em contato conosco geralmente eram os caras dos departamentos de TI das empresas e bancos que usavam esse sistema: arrogância e falta de educação eram constantes pra cima da gente pois esses carreiristas de grandes empresas varejistas e bancos não admitem que não sabem configurar algo, não possuem a humildade de ligar dizendo: "Pô cara, me enrolei tentando configurar esses sistema, pode me ajudar por gentileza?".

Nossa equipe conseguia levar de boa a árdua tarefa de dar suporte e até que era tranquilo: o sistema de atendimento era simples para facilitar nossa atividade, sem firulas e frescuras, era quase tudo feito manualmente e não existiam metas por tempo de atendimento ou quantidade de problemas resolvidos.

Alta produtividade é boa e todos nós queremos, mas quando são implantadas técnicas de gestão e racionalização extrema, voltamos ao tempo da escravidão, ficamos robotizados, esquecemos que somos humanos e não máquinas.   


O ambiente era de descontração, um ajudava o outro, tínhamos tempo para virar para o lado e conversar amenidades, olhar pela janela e ver pássaros no parapeito, ir ao refeitório tomar um cafezinho para distrair a mente e descansar os olhos e ouvidos, era tranquilo. 

Mas... o CEO gringo da empresa foi substituído e em seu lugar entrou um lunático, um psicopata bitolado por metas, metas e metas.

Do nada recebemos uma notificação anunciando mudanças em nosso setor maneiras de prestar suporte.

Implantaram um software que parecia que tinha sido desenvolvido pelo Satanás: o negócio escutava, computava e calculava TUDO o que nós do suporte fazíamos...

O sistema maldito ouvia nosso atendimento, computava tudo o que era digitado, computava todo o tempo ocioso do TECLADO, do MOUSE e do TELEFONE.

Fazia cálculos mirabolantes como por exemplo classificava quais frases e palavras que usávamos consumiam mais tempo de atendimento e geravam tempo improdutivo...

Até aê tudo bem, nem nos incomodamos muito, nessa primeira fase, apenas notamos que a galera da gestão estava toda empolgada falando em planilhas, metas e produtividade, que esse sistema iria aumentar a produtividade da equipe em 400%...

ATENÇÃO: A figura do BEASTIE que utilizei aqui é apenas para divulgar sistemas Open Source, o FREEBSD é um sistema fantástico que uma vez que está rodando num server dificilmente vai dar pau.  OBS: esse "capetinha" da figura é o BEASTIE, o mascote do FREEBSD um sistema Open Source ótimo e ideal para servidores. A figura do Beastie é uma brincadeira com os "daemons" que são os processos do FreeBsd.  USEM FREEBSD em suas redes, ele é um dos melhores!     


O sistema de análise de produtividade funcionou assim: depois de computar nossas atividades durante 6 meses seguidos, o diabólico sistema calculou tudo e através de algoritmos e tecnologia moderna de IA analisando os dados computados gerou um relatório maldito que alterou nossa rotina para sempre..

O sistema do capeta indicou que ao invés da equipe ter 72 pessoas deveria ter apenas 16 pessoas...

A segunda fase foi implantada: as 16 pessoas apontadas como as mais produtivas da equipe (eu me incluo nessa turma), foram separadas numa célula especial de testes aonde o SISTEMA DO CAPETA foi implantado de forma INTEGRAL: 

O sistema maldito além de computar tudo o que fazíamos, ainda AUTOMATIZAVA as atividades de atendimento da ligações: 8 pessoas recebiam ligações no modo receptivo enquanto as outras 8 atendiam LIGAÇÕES AUTOMATIZADAS AGENDADAS e realizadas pelo próprio sistema do CAPETA após recebimentos de chamadas que caiam ou que passavam mais de 10 minutos da fila de atendimento dos caras do receptivo... 

O sistema captava os números de telefones de quem ligava e não conseguia atendimento e distribuía esses números numa fila e ligações eram realizadas de forma autônoma pelo próprio sistema que rastreava quem estava OCIOSO no momento... Direcionava essas ligações tanto para os caras do ativo quanto para os do receptivo.     

Nossas vidas viraram um INFERNO da noite para o dia.  

Acabou-se o clima agradável que reinava no ambiente, não existia mais tempo livre para virar para o lado e conversar sobre outra coisa, não dava para tomar aquele cafezinho revigorante pra tirar o sono pós almoço, sequer tínhamos tempo para engolir a saliva e respirar!


Os outros 56 caras foram todos para rua: os dois andares que abrigavam as 72 pessoas foram desativados e nós os 16 PRODUTIVOS fomos enfiados no meio da galera da QUALIDADE...

Os gestores envolvidos na implantação dessa nova forma de tortura davam pulinhos de satisfação cada vez que o CEO gringo elogiava por e-mail ou videoconferência as alterações que o poderoso software da análise de produtividade e automação estava fazendo pois a empresa estava economizando muitos U$ com a demissão dos 56 analistas demitidos e a desativação de dois andares que custavam milhares de reais com aluguel...                   

Depois desse sistema implantado nem preciso dizer que o suporte parecia mais um campo de concentração nazista: não havia conversas amenas para dar um respiro, não havia mais tempo para nada, nós os 16 coitados atendíamos sem parar, como robôs seguíamos à risca scripts sugeridos pelo SISTEMA DO CÃO para evitar sermos apontados como IMPRODUTIVOS...

Ai tudo ficou uma merda: era gente ficando doente, outros faltando direto, alguns tacando o foda-se...

Eu ainda aguentei mais um ano e quando pedi demissão a equipe já estava destruída pelo sistema: o novo relatório apontou que eram necessários somente 12 pessoas atendendo no suporte...

O mais bizarro era que apesar do volume de clientes e em consequência os chamados do suporte aumentarem sempre, o SISTEMA DO CAPETA não sugeria ou apontava que a equipe precisava de mais analistas... A gente vivia sobrecarregado e esgotados.

Nem sei mais como esse empresa está, só sei que fiquei aliviado e menos tenso após pedir demissão de lá.         

Depois consegui trampo em outros lugares menos tensos e até consegui melhores cargos em funções diferentes.

E vocês, o que pretendem fazer após seus empregos ou atividades serem alteradas, precarizadas ou ubertizadas por softwares ou apps sinistros? 

Att Gerson Rav  



  

12 comentários:

  1. Meu penúltimo texto na blogosfera, em breve não terei mais tempo de vir aqui compartilhar minhas experiências e reflexões com vocês meus amigos, vou participar de um projeto, um empreendimento que vai consumir 100% do meu tempo. Abraços e até o próximo e último texto! Att Gerson Rav

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah não vei, já foi o pobreta, castiel, rover e agora vc? pqp mano está sendo um ano de perdas.
      MAAAAS
      Se é melhor pra vc que assim seja, sucesso gerson o/ e mto obrigado.

      Excluir
    2. Disponibiliza ai uns trechos da hq, ninguem vai saber que hq é mesmo. Ou fala do futuro dos empregos, de um panorama do futuro, sei lá... Mas seu blog foi muito bom enquanto durou, parabéns!

      Excluir
    3. Não vou excluir o blog, vou postar com menos frequência até acertar meu horários em minhas novas rotinas.Nesse ano vou postar mais um texto até o final de 2016. Depois acredito que em menos de 2 meses já consigo me adaptar e regular as atividades. Valeu pessoal pelo incentivo, é muito legal mesmo trocar idéias com vocês aqui.

      Excluir
  2. Cara, não suma! Racho de rir com suas postagens! Abs

    ResponderExcluir
  3. Não se vá Gerson, seu trabalho é de utilidade pública!

    Abraços e sucesso financeiro!

    ResponderExcluir
  4. Estou com os demais confrades Gerson

    Continue na blogosfera!

    ResponderExcluir
  5. Se um dia acontecer de haver só emprego assim, irei pro campo, trabalhamos para ganhar dinheiro e melhorar nossa vida, irracional trabalhar pra ferrar sua vida, não sei como as pessoas no início do século 20 aguentavam jornadas acima de 12 horas nas fábricas, terrível a psicopatia desses Empresários, pra piorar, esses em cargos de chefia são os últimos a chegar e os primeiros a sair do ambiente de trabalho e querem ter moral pra falar sobre produtividade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente essa é a tendência mundial, com a automatização de tudo agora competimos com máquinas e algoritmos cada vez mais inteligentes. Quem trabalha de suporte e telemarketing sabem como esse regime de trabalho esquematizado por máquinas/sistemas inteligentes de produtividade é desumano e cansativo.

      Excluir
  6. Tive de alterar o texto e acrescentar explicações sobre a figura do BEASTIE (mascote daemon do FREEBSD), por conta de haters da quinta série e usuários FUNDAMENTALISTAS cabeças de bagre de sistemas open source me enchendo o saco nos comentários. Mudei apenas para que o FREEBSD seja mais conhecido incentivando assim a sua utilização. Mesmo assim: valeu haters e fundamentalistas, suas dicas sempre agregam mais valor ao blog!Amo vocês!

    ResponderExcluir
  7. Mudando de assunto, faz um texto explicando sua visão de marketing multinivel e de uma dicas para um pobreta aqui q não ta conseguindo trampo ou me responde aqui nos comentarios

    O Desemprego ta alto no Brasil e isso esta sendo uma porta aberta para oportunistas, meu primo insiste em me convidar pra essas empresas afinal ele sabe que to entrando em desespero ja rs pois perdi o emprego e não to achando outro já faz 5 meses q to na procura, pois mando curriculos e quase nunca me chamam pra entrevista, e quando me chamam e eu faço a entrevista, não ligam de novo, ele me dizia q em 1 mes eu já teria ganhos bons, ele é de MMN(marketing multinivel) já faz 8 meses, e ele mudou da Hinode para a UP recentemente e até agora não vi mudanças na vida dele, mas ele insiste em me convidar pra isso, que é dinheiro rapido e tals, que vai mudar de vida, ai me convidou pra essa tal de UP dizendo que era melhor que a Hinode, eu posso estar um pouco preocupado de não conseguir emprego mas pesquisei com calma, embora eles tenham um poder de persuasão incrivel eu mantive os pés no chão e pesquisei e não dei a resposta na hora

    Ja aproveitando que dicas vc tem para q eu consega uma renda se eu não conseguir emprego? e q dicas vc tem pra achar emprego?

    vlw

    ResponderExcluir
  8. Pode deixar man, valeu pela sugestão, já vinha pensando em postar algo sobre o MMN e entre sábado ou domingo talvez eu publique aqui no blog; MMN aqui no Brasil tem que ficar esperto para não cair nas arapucas do tipo: a "empresa" de fachada só se interessa em recrutamento de novos afiliados ou divulgadores e o que menos importa é o produto ou serviço.

    Trabalhar com vendas não é fácil não, ainda mais vender esses produtos furrécas das empresas de MMN, pelo que pesquisei nessa Hinode e Up tudo gira em torno de captar novos afiliados, vender até vende mas nunca se consegue vender "em massa", logo, o dinheiro ganho com vendas vai ser dinheiro de pinga e a renda principal gerada sempre é por ganhos com recrutamento de novos vendedores que tem pagar por kits ou adesões, as famosas indicações ou afiliados novos na rede.

    Sendo sincero cara: conseguir gerar renda desempregado em sem dinheiro é quase impossível: ou o cara vai ficar refém de exploradores ou vai morrer de fome; o ideal é sempre guardar dinheiro quando se está empregado e sempre ter um plano B; a crise tá tão feia aqui em SP que até as atividades de vender chocolates e balas em ônibus e semáforos estão saturadas e os ganhos são irrisórios e nem cola mais aqueles esquemas de se vestir de terno ou de cosplay para chamar a atenção: ninguém mais dá atenção ou compra nada dos caras...

    Caso você tenha alguma habilidade ou conhecimento técnico em alguma coisa pode tentar vender seus serviços de forma autônoma para pessoas físicas e depois com um pouco de dinheiro no bolso formalizar e tirar um MEI, aê já dá para emitir notas fiscais e oferecer serviços para empresas e faturar muito mais.

    No próximo texto vou falar do MMN e algumas dicas para quem está desempregado não ser enganado ou explorado por picaretas.

    Abraços e valeu pela sugestão!

    ResponderExcluir

Ah! A moderação de comentários voltou! Se seu comentário cair no filtro vou analisar sua contribuição intelectual e aprovarei rapidamente amigo! Volte sempre! Somos amigos! Att Gerson Rav

Post Top Ad

Your Ad Spot