Processos seletivos bizarros e cretinos - blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Processos seletivos bizarros e cretinos

Quem nunca passou por constrangimentos e foi humilhado em processos seletivos conduzidos pelos cretinos e cretinas do RH?

Passei muito perrengue nessa minha vida ao procurar empregos e na maioria das vezes me pegava participando de um processo seletivo conduzido por aquelas tias de RH que seguem o padrãozinho de mulher branca, classe média, em processo de engorda com barriguinha semi-pendente, loira oxigenada, estilo Miss Pig, e o pior: essas tias de RH não sabem NADA sobre a profissão que os candidatos concorrem...

Meu Deus! Qual o motivo de colocar um cabeça de bagre que não manja nada de determinada área para entrevistar candidatos??? O RH devia se limitar à cuidar do processo da papelada e nada mais...

No último processo do qual participei, a vaga era para analista de sistemas mas não especificaram qual seria a linguagem, atividades e salário, cheguei à perguntar por telefone mas pediram para ir pessoalmente lá; eu não acreditei quando a tia do RH que me entrevistava perguntou se os cursos que eu tinha de Java me habilitavam para "formatar notebooks e trocar toners de impressoras",  assustado eu perguntei com cara de indignado: "Mas como assim?????", e ela: "Ah, o gestor abriu uma vaga pra analista de sistema e dentre as funções o que mais vai ter pra você fazer é formatar computadores, instalar pacote office e trocar cartucho de impressora, você como analista de sistemas sabe  fazer isso né?".

Perceberam isso amigos? A criatura sequer sabia o que um analista de sistema faz!!!! Depois de ouvir a resposta dela simplesmente joguei a papelada no lixo e fui embora, já imaginou o inferno que deve ser trabalhar numa empresa dessas?

"Estou lendo aqui no seu curriculum "JAVA",  você realmente sabe formatar um Java?", a típica entrevistadora de RH...   


Outro processo que me deixou com profundas cicatrizes mentais foi um processo no qual tivemos que estourar balões com o nossos corpos! PQP! Foi lá num RH  em Alphaville: fizemos duplas e enquanto um ficava sentado com um balão no colo vinha outro candidato e sentava com força para estourar o balão... Meu Deus! Eu era mais jovem e me submeti à isso!

Fiz dupla com um cara mais gordo e gigantossauro que eu, o cara suava demais e parecia uma cachoeira e veio correndo pra cima de mim que estava sentado na cadeira de plástico: só lembro do urro bestial do gordo: "UAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!" e a cadeira quebrou, caímos no chão, fiquei sem ar, a galera morreu de rir e a porcaria do balão nem estourou, que lixo!!!!! E nem sequer passei nessa droga de dinâmica.

Acho que a primeira dinâmica ridícula da qual participei eu tinha uns 18 anos e era para trabalhar nas Lojas Americanas.

Tivemos que usar gravatas borboletas bufantes de palhaço e bolar uma musiquinha curta que falasse sobre nossas qualidades e defeitos, a ideia era que nos apresentássemos como se fossemos um produto para o pessoal do RH que seriam os compradores...

Eu fiquei travadasso, petrificado de medo e vergonha e apenas gaguejei baixinho como um retardado "eu sou legal e gosto de trabalhar",  e claro, não passei...    

O cara que passou: tremendo gayzinho afetado com bigodinho ralo que cantou uma musiquinha irritante com rimas idiotas por quase 10 minutos, deu piruetas, cambalhotas, sentou a bunda no calcanhar e rodou,  e pra finalizar escreveu com letras garrafais na lousa da sala: "HONESTIDADE, ESSE É MEU NOME".   

Ele foi aplaudido de pé pelas tias do RH... passou e meu primo que trabalhava na loja me contou que 3 meses depois o nosso bailarino honesto foi demitido por roubar mercadorias da loja e dinheiro dos caixas... 

Um outro processo que me deixou traumatizado foi para uma vaga de desenvolvedor para trabalhar com C e C#.

Três caras na sala numa mesa redonda, cada um com uma pilha de provas, eram 10 provas no total com questões de múltipla escolha e alguns cálculos.

A brincadeira era: a gente ia fazendo as provas e duas garotas assistentes da tia do RH ficavam atrás da gente com BUZINAS de gás e em determinados momentos quando elas buzinavam aquelas porcarias a gente parava o que estava fazendo e entregava a prova do jeito que estava, eram 10 provas cada uma com 5 páginas...

Esse dia foi tenso: a gente começou a primeira prova e tudo bem, buzinaram após 10 minutos, tranquilo, depois começou a patifaria: as garotas começaram à cantar alto, pulavam, chacoalhavam a gente, assobiavam, contavam piadas sem graça, tentando tirar nossa concentração... depois começaram a buzinar aquelas merdas de buzina na nossa cara cada vez mais rápido! 

Eu quase infartei! Lembro que na última prova elas buzinaram em menos de 5 segundos. Teve um candidato que era da Bahia que se irritou tanto que picou as provas e atirou os pedacinhos nas meninas e saiu xingando todo mundo.   

Pra que isso???? Qual o sentido disso? Testar a concentração da gente? Acredito que existem melhores métodos de avaliação...

Existem sim profissionais de RH que tratam com dignidade, objetividade e respeitos os candidatos, para essas profissionais eu tiro o chapel e geralmente são MULHERES MADURAS que sabem tratar com humanidade o gado humano, coisa cada vez mais rara de se ver nos RHs das empresas que só tem mocinhas e mocinhos juvenis cheios de sí que acabaram de sair de suas uniesquinas.  Essa molecada por acaso tem competência para SELECIONAR pessoas?    

Esses são alguns exemplos das humilhações que passei em busca do pão de cada dia na mão dessas tias de Rh estilo Miss Pig e molecas e moleques. 

Isso sem mencionar casos que beiravam o assédio sexual que passei por duas vezes: certa vez um gerente de RH gayzão simplesmente se insinuou pra mim, alisou minha coxa e foi  propondo um "encontro casual" num famoso point gay da Consolação após a entrevista garantindo a vaga pra mim! Aaaaaaaaaaaaah! VSF! Como pode isso?!  Claro que não aceitei e claro que não passei...

Enfim, amigos que procuram emprego: não desanimem, porém, não se sujeitem à esse tipo de tortura mental e humilhação, se a empresa em que vocês tentam entrar faz esse tipo de coisa, saibam que essa empresa NÃO MERECE você.

As tias de RH geralmente só querem saber se o candidato não é maluco, a dica é: não falem demais, falem apenas o perguntado, não baixem a guarda, se elas desviarem o foco da entrevista para assuntos pessoais questione o motivo da pergunta se for algo abusivo ou dê respostas genéricas, sem cor, cheiro e sabor.    

Já quando processo de seleção é iniciado com TÉCNICOS ou GESTORES da área, tudo ocorre bem, geralmente, o ideal é o processo ser conduzido por um técnico da área juntamente com um profissional do RH.

Dos processos dos quais participei e foram conduzidos por técnicos ou gestores da área eu sempre me dei bem e mesmo nos que não passei, pelo menos sai de lá com a sensação de que fui bem tratado e avaliado de forma justa. Bem diferente de sentir que estou sendo analisado por uma cabeça de bagre que sequer sabe o que vamos fazer na empresa, e pior: o sentimento de ter sido exposto, humilhado em processos idiotas e sem sentido demora muito pra ser "digerido".

Att Gerson Rav

RECOMENDAÇÃO DE LEITURA:


  




           


18 comentários:

  1. cara quando tem uma vaga de TI e quem faz entrevista são essas psicólogas de RH, fuja desse tipo de vaga, certeza que é uma empreseca de fundo de quintal querendo um faz tudo na empresa pagando salario de fome.

    Antes eu participava dessas entrevistas de RH, mas eu via que 100% das empresas era tudo ruins, agora eu sempre escolho vagas que a contratação é feito por profissionais internos da empresa.

    Mas era engraçado ver a cara da mulher do RH quando eu contava o que fazia na outra empresa, usava termos tecnicos da área e ela balançava a cabeça toda hora como se tivesse entendendo o que eu estava falando rs.

    Abç

    ResponderExcluir
  2. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK MORRI AQUI NA DO GORDO E DO BALÃO PQP!!!!! CONSEGUI VISUALIZAR PERFEITAMENTE.

    ResponderExcluir
  3. Kkkkkkkk,
    Ja passou por cada uma hein.
    Ate hj n entendo pq tem empresas que cobfiam uma seleção tecnica na mao desssa galera louca de rh.
    Abcs

    ResponderExcluir
  4. Se o gordão não estourou o balão, foi porque ele mirou em outra coisa entre tuas pernas kkkkkkkkkkkkkkkkkk.

    Ótima postagem para alertar quem stá entrando no mercado, boa sorte Gerson.

    ResponderExcluir
  5. Primeiramente, vejam esse webchat de trainees da cargill
    https://youtu.be/WmCWUrDe9k8
    Caralhas!!! Elas falam abertamente que dão preferência à mulheres do que homens na seleção, depois falam de incentivos a minorias e apoio a causa gay. A misandria rolando solta, não sei como aguentei quase uma hora de blablablá onde se aproveitou apenas 2 minutos de informações úteis.

    Me lembrei da grande gestora Marissa Mayer que afundou tanto o Yahoo que até a única empresa que estava disposta a comprar deu com o pé atrás.

    Voltando ao assunto do post.

    É impressionante como essas gestoras de RH se comportam da mesma maneira. Só mudam a empresa. Eu tenho até um relato no meu blog de uma entrevista de trainee que não passei por não aguentar mais a palhaçada pelo que estava passando. O salário era uma merda e só estava lá porque já estava a um bom tempo desempregado e o plano de carreira era muito bom.

    Teve até uma filha de uma puta de uma feminista antes da minha apresentação para atrapalhar minha concentração e depois quando fui fazer a entrevista com as gestoras e começaram a me perguntar sobre relacionamentos, aí que me fudeu. Puto da vida mandei a real e me fudi.

    Das lojas americanas é impressionante como contratam bandidos. Eu trabalhei um certo tempo de promotor e rodava de loja em loja. Eu ficava abismado como próprios funcionários roubam as lojas. Por isso um pedaço de gordura hidrogenada que chamam de chocolate nessas biroscas são tão caros. Além dos próprios "clientes" roubarem os que deveriam impedir isso, ajudam.

    Elas adoram nós humilhar, principalmente se aparentar ser nerd.

    Bandidos? Falastrões? Elas molham calcinha.

    ResponderExcluir
  6. Ola Gerson,

    Que situacoes bizarras.

    Esta do balao foi muito estranha, nos dias atuais daria ate processo contra a empresa.

    Participei de poucos processos, mas lembro de alguns casos.

    Lembro de um processo que eu fui umas 7 vezes na empresa, desempregado, sem dinheiro, e eu desisti do processo, afinal, nao dava pra ficar indo la de dois em dois dias e passando varias horas.

    Imagino que hoje em dia ir disputar uma vaga sem ter feito intercambio seria como um grande fiasco caso voce nao tenha, hoje em dia infelizmente esta assim.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala man! Hoje em dia se o cara recém saído da faculdade não tiver intercâmbio e pelo menos o inglês no nível intermediário para conversação, está praticamente fadado aos subempregos mal remunerados de:telemarketing, caixa de supermercado ou motoboy.

      Excluir
  7. Quase um ano de blog, quem diria! No próximo texto além do balanço geral de 1 ano de blog vou também, contar para vocês como fracassei como escritor e artista: sim, lancei um livro e uma HQ. Até lá amigos leitores. Att Gerson Rav

    ResponderExcluir
  8. Cara, ri demais. Infelizmente é assim...

    ResponderExcluir
  9. Ri muito pra não chorar dessa dinâmica aí do gordo sentando em cima de você em quebrando a cadeira , vai tomar no cú vei que porra é essa ?! como uma empresa se diz séria quando aplica uma metodologia dessa pra selecionar candidatos!

    ResponderExcluir
  10. Um dos motivos de ter procurado os concursos públicos foi não ter que participar dessas bizarrices de Rh, Dinâmicas de grupos e outras idiotices.

    ResponderExcluir
  11. Olá, gordo, acompanho suas postagens e tenho um blog bacana sobre finanças e assuntos betas também. Dá uma força aí! Abraço!

    www.pobre-diabo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi!! Tudo bem? Vamos trocar indicações no blogroll? Meu blog tá bem visitado, acho que seria um bom impulso para nós dois... Beijinhos! Já te adicionei, tá? Vai aí meu link... gatinhainvestidora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza, adicionei o seu aqui também, vi que vários blogueiros top comentam no seu blog! Valeu e seja bem vinda.

      Excluir
  13. Huahuahaua, ótimo texto amigo, muito bom o blog como um td, é difícil achar esse tipo de qualidade na blogosfera em meio a tantos blogs raivosos que repetem falácias/ chavões sem sentido, creio que o seu e o do seu madruga investimentos estão entre os poucos que se salvam. Por favor mantenha o conteúdo de qualidade.

    ResponderExcluir
  14. Certa Feita, fui uma entrevista com estas tias RH. E a velhinha não me deixava eu responder as perguntas que ela fazia. Ela lia meu currículo, fazia a pergunta pontual e quando eu estava começando a frase, ela interrompia com outra pergunta. Ela alisou meu currículo, olhou, fez hum hum e no final perguntou se eu estava estudando. Ao responder que sim, ela disse:
    Ah! essa vaga é para a noite.

    Eu pensei, porra! Se eu não tenho perfil, me dispense, parece que quer fazer número.

    Ser entrevistado por quem não conhece sua profissão é uma merda.

    ResponderExcluir

Comentários liberados, porém, se exagerar e postar discursos de ódio, preconceitos e spam vai levar bam! Att Gerson Ravv

Post Top Ad

Your Ad Spot