Caindo fora do sistema - blockchainsupertrader.com by Gerson Ravv

Tudo sobre TI-trabalho-dinheiro-mercado de trabalho-sistema-operacionais-computação e muito mais!

Hot

Post Top Ad

terça-feira, 12 de julho de 2016

Caindo fora do sistema

Como reagiram ao meu pedido de demissão


Antes algumas reflexões.

 Eu tinha um sonho... Sonhava em viver como meus pais: trabalhar tranquilamente em uma mesma atividade, ficando cada vez mais especialista e profissional nessa atividade, queria trabalhar numa empresa igual as empresas em que eles trabalharam onde os donos se preocupavam com seus funcionários...

Meus pais se aposentaram cedo, cada um com duas aposentadorias. Seus colegas e patrões fizeram até festa para eles no dia da aposentadoria deles. Meus pais eram apenas dois operários mas eram especializados com cursos e treinamentos em maquinários complexos e técnicas especiais, mas conseguiram comprar uma casa, guardar dinheiro para os tempos ruins e transformar uma casa de dois cômodos num grande sobrado e com uma casa térrea ao lado (a minha). 

Já eu, desde o meu primeiro emprego só fui tomando porrada de chefes, patrões e colegas. Empregos que apareciam eram tudo um lixo que pagavam mixaria. Ralei para conseguir me tornar especialista na minha área seguindo o exemplo de meus pais mas me decepcionei... continuei ganhando mixaria.

Não entendo essa mentalidade de pagar somente migalhas para o trabalhador, o cara que dá a cara à tapa para representar a empresa, o cara que se desgasta e perde sangue, suor e lágrimas para que a ideia ou negócio de alguém se materialize. 

Não confundam com "socialismo de zé ruéla esquerdista" esse meu pensamento, trata-se de VALORIZAÇÃO do homem que produz, que rala, que sacrifica suas vontades e tempo pelos ideais de outro CARA. Paguem pelo menos o suficiente para que possamos SONHAR e PLANEJAR nossas vidas! Como um cara vai se desenvolver ganhando mixaria?????

Viver parcelando dividas? Isso é horrível! É atraso para tudo e todos! Enriquecer banqueiros?    

Infelizmente hoje é assim: mão de obra altamente qualificada e mal remunerada. 

Hoje mesmo com o status de "especialista" a maioria dos salários não ultrapassa os míseros  2 mil reais ou menos... Em São Paulo esse valor é  pífio até para um solteiro, agora imagine para um cara pai de família? Como a sociedade vai se desenvolver e prosperar dessa forma???

Sempre me sentia estagnado em meus empregos , vivia esgotado, são tantas atividades que inventam e não definem um limite ou escopo, você é contratado como analista e aproveitam e te empurram atividades que não tem nada à ver com o cargo...

Vivem inventando METAS e PLANOS sem sentido nenhum, não pagam horas extras em DINHEIRO, ninguém ajuda ninguém ou se conhecem melhor...

Parece que só vamos para empresa para participar de reuniões inúteis sem fim, com atividades sem fim e metas e planos insanos com técnicas burocráticas e improdutivas que fazem a gente ODIAR o trabalho.  

Meus pais ganhavam EXTRAS em dinheiro, eu? Pagam em "saídas de 15 minutos mais cedo até zerar o banco de horas". Absurdo! Revoltante! LIXO!

Eu apenas queria ser valorizado. Sentir que meu trabalho físico e intelectual tem valor. Poder comprar coisas e guardar dinheiro: quem consegue fazer as duas coisas ao mesmo tempo hoje em dia sem sentir que está se SACRIFICANDO DEMAIS? Não é que nós brasileiros somos gastadores, COMO É QUE VAMOS GUARDAR DINHEIRO SE O QUE RECEBEMO SEQUER DÁ PARA PAGAR AS CONTAS MENSAIS E COMER????

Sei lá, sempre fui um cara otimista e cheio de energia, mas hoje com 37 anos me vejo como um homem ESGOTADO, CANSADO, quase ZERADO de energia mental, desiludido de toda essa merda.

O Brasil tem problemas enormes que precisam de  muitas soluções que gerariam  MUITOS EMPREGOS, mas a mentalidade do governo e dos empresários é tão mesquinha, tacanha, pequena e atrasada que acho que sempre seremos isso mesmo: pequenos, atrasados e com oportunidades mortas dentro de problemas que ninguém se dispõem em resolver pois é mais fácil ir empurrando com a barriga.  Valorizem o TRABALHO HUMANO, encolham o poder do governo, paguem de forma justa as vidas consumidas no trabalho e vejam o país evoluir.

REAÇÕES


Quando falei para o gestor que estava pedindo demissão e apresentei a minha carta, ele arregalou os olhos que pareciam que iam explodir, gaguejou e perguntou o motivo: respondi calmamente que não suportava mais aquela rotina estafante e sem futuro; que não tinha mais idade para engolir desaforos de clientes malucos e prepotentes e que o sistema da empresa era UM LIXO e que não sei que desculpa de crise é essa que a empresa vive se desde o dia que entrei aqui os cretinos do comercial assinam todo dia um contrato milionário com bancos e empresas publicas e privadas com direito as festinhas e dancinhas no setor.  

No RH ele foi tão FDP que falou assim nessas palavras para a tia do RH: "Desconta tudo que for possível dele! Não pague nem o que for de direito. Deixa que ele se vire no sindicato se achar que fomos injustos! Adeus, boa sorte e espero nunca mais te ver. Passar bem."

Nesse dia o dono como sempre estava ausente e o Don Falastrone (meu coordenador pé no saco) estava almoçando ás 17 horas... 

Depois meus ex-colegas mandaram mensagens SURPRESOS dizendo que: "Cara! você tá louco? Pedir demissão nessa crise?", "Vai viver do quê??", "Man! Faz isso não! O VR daqui é muito bom!", "Aguenta mais um pouco que você já sabe inglês, agora é só aprender o alemão e fazer um intercâmbiozinho nos EUA ou Alemanha  pra conseguir ir para o nível 3!".

Mal sabem eles... Planejei muito para chegar nesse dia e desabafar, mandar tudo ao inferno. A vida é muito mais valiosa que um VR ou um convênio de saúde lixo...

Fui assinar ontem uma papelada lá e um tiozão (52 anos) do nível 1 me cumprimentou emocionado: "Gostaria de ter tido essa sua coragem anos atrás! Você é diferente, se ficar aqui vai acabar como eu: hoje vivo somente para pagar dívidas minha e da minha mulher. Não sei o que você vai fazer fora daqui mas sei que você é muito esperto, seus olhos e modos dizem isso, mas te desejo de coração boa sorte cara e que Deus te abençoe!".       

Se você que lê esse blog tem um emprego CLT digno, num ambiente favorável para sua atividade, que paga um valor que permite que você viva de forma tranquila, sem medos do dia seguinte, se você consegue comprar seus alimentos, pagar suas contas e ainda reservar um pouco para o futuro, você é realmente um abençoado e uma exceção.

Att Gerson Rav      







27 comentários:

  1. Cara fez muito bem.

    Recebeu tudo direitinho? Faltou um centavo? Bota na justiça e ainda coloca a tríade dos crimes contra a honra. A causa já estará ganha, o advogado da empresa só irá para ficar renegociando o prejuízo.

    Agora que você é dono do próprio negócio, terá tempo para ficar sorrindo de ponta a ponta, vendo a cara de seus ex-chefes nos tribunais suando frio por causa dos centavos caindo de suas carteiras.

    Hoje uma babuína que odeio no trampo veio com historinha de falar uma merda que tinha falado, direto pro dono da empresa. Que caso ele escutasse aquilo era olho da rua na certa.

    Só mandei: Eu falaria pra ele obrigado!

    Ela: Como assim?

    Eu: Já dei obrigado em outros empregos e a reação deles são ótimas. Pensam que estão estão prejudicando, mas não. Só estão me fazendo um favor.

    Ela: hahaha, você quer ser mandado embora, mas não quer pedir né? Se mandar beleza...

    Eu: Isso aí hahaha

    Ela: Mas e a crise? lá fora tá brabo...

    Eu: Crise? Que crise? Isso é invenção midiática... hahahaha

    ----

    Ela ficou sem reação ao ouvir eu falando isso. Com certeza deve ter levado ao ouvido de minha chefinha sapatona.

    Se me mandar embora eu realmente agradeço. Tenho certeza que as coisas por aqui melhorarão depois das olimpíadas. Claro que depois de um crise mais braba ainda.

    Mas crise? Só existe para quem é acomodado.

    Abraços e sucesso financeiro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A tia do RH me falou que eu posso ficar tranquilo para não levar em consideração o gestor que estava apenas nervoso. Ainda vou lá no sindilixo dar baixa na papelada.

      Cuidado com essas colegas traíras do seu trampo! Esse pessoal não pensa duas vezes para ferrar com quem não compactua com eles e seus puxa saquismos.

      Excluir
  2. Muito bom o posto pobretinha, eu no momento estou desempregado, mas graças a deus continuo firme na faculdade. Gostaria de saber sua opinião sobre comércio online, mercado livre, estou pensando em vender camisas de bandas por la. Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comércio online no Mercado Livre tentei uma vez vender um violino mas depois desisti, muita gente se interessou. Fiquei surpreso. Você poderia investir num site básico em WordPress (18 reais mensais mais domínio anual de 30 reais) mesmo ou com a plataforma gratuita com um template da Prestashop, mas demoraria um tempo e também teria de investir em divulgação em massa e SEO para obter clientes. Legal sua ideia! Sucesso cara!

      Excluir
  3. Olá Gerson,

    Realmente um salário de 2K em São Paulo parece ser muito pouco, e seria necessário fazer mágica mês a mês para conseguir viver e ainda ter alguma sobra p/ poupar.

    Não sei se você teve a oportunidade de trabalhar em alguma empresa maior, multinacional, pois este foi o caminho que trilhei e não me arrependo, pois sempre tive na minha cabeça que multinacional pagaria mais que empresa menor, além dos demais benefícios como a PR / PLR (partilha dos lucros).

    Ganhei muita hora extra, era hora extra paga mesmo, nunca teve o famoso ‘banco de horas’. Este de sair 15 minutos nunca tinha visto. O que são 15 minutos? Pegar um ônibus mais cedo? Ou dependendo ficar 15 minutos a mais no ponto de ônibus aguardando o mesmo ônibus ... Complicado mesmo.

    Sobre o que o gestor falou, seria excelente se você tivesse gravando o áudio ... Se se sentir prejudicado, não deixe de procurar um advogado trabalhista, e entrar com ação contra a empresa, principalmente agora que você esta empreendendo e não dependerá de passar por isto.

    Um salário destes é quase como uma escravidão nos tempos modernos: O que você ganha é pouco para se manter, se tiver família, pior ainda, e você fica tão cansado pelo trabalho que não tem forças p/ tentar estudar, se especializar, ou mesmo tentar um novo emprego, pois se este plano falhar, você pode perder o atual e não conseguiria manter a família e as contas ... É viver no limite mesmo.

    Pelo final do seu texto que eu valorizo e faço o máximo pelo meu trabalho, pois o ambiente é muito bom, as metas são desafiadoras, e gerenciando projetos não temos uma dia de rotina, é sempre diferente, além de ter algum status ... Cara, eu lutei muito p/ conseguir chegar nesta vaga de gerente de projetos, eu conheço bem a luta de quem trabalha com suporte, vejo que alguns colegas do meu nível ou acima tratam mal o pessoal do suporte, e quando alguma aplicação dá problema eles dão aquele showzinho.

    Eu trato a galera super bem, de igual pra igual, e sempre que preciso os caras me atendem super bem e rapidamente.

    Seu empreendimento vai dar muito certo!

    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A pior empresa de TI em que estive foi uma gigante americana que pagava salários de fome até para os gestores e diretores brasileiros.

      Respeitar e ensinar os novatos é fundamental! Eu também tratava muito bem meus colegas e novatos de níveis mais baixos da hierarquia pois aprendia muito com eles também! Eu ficava louco de raiva quando via os "picas das galáxias" que só por dominarem algum assunto humilhavam,tiravam sarro ou prejudicavam os outros, nunca aceitei isso!

      Valeu man!

      Excluir
  4. Me identifiquei muito com esse post, porque também sou da área de TI e sei como é. Tem muito gerente e empresário sem noção nesse meio que pagam mixaria e querem um especialista, além de sugarem até a tua alma.

    Pelo que reparei você não é casado, isso te dá um liberdade incrível de sair do emprego e tentar outros vôos - algo que um casado não possui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda tenho cadastros pagos no InfoJobs e Catho: é cada proposta absurda pagando mixaria e exigindo milhões de qualificações, experiências e skills que eu fico besta de ler!

      Tenho sorte da minha ex-mulher ser muito tonta, irresponsável que não pensa no futuro e ser de família de pobres soberbos: moram no meio do mato lá no Sul mas se sentem RICAÇOS só pq possuem uma horta de subsistência e todos os membros da família tem uma moto véia CG... Po isso foi embora sem pedir e levar nada, até porque a casa não está no meu nome (é do meu pai).


      Excluir
  5. Tudo bem cara ? Acompanho seu blog há algum tempo e hoje resolvi postar por me identificar com a realidade abordada no assunto.

    Trabalho desde os meus 14 anos (hoje tenho 29), já trabalhei como garçom, ajudante de pedreiro, em sacolão (fazendo carga e descarga de caminhões) e por último cai justamente na área de TI, desde os meus 23 anos atuo na área e em todas as minhas oportunidades de trabalho eu encontrei a realidade citada por você, uma exploração sem fim, com a diferença de que na área de TI eles sempre esperam um ESCRAVO SUPER ESPECIALIZADO, é simplesmente ridículo, enfim... sai da área de suporte e fui para programação, nada mudou, porém comecei a perceber como de fato todo esse sistema funciona, a meritocracia nesse pedaço de bosta chamado Brasil não existe e para conseguir boas colocações no mercado a única coisa que importa é ter um bom networking.

    Comecei portanto a ser mais solícito no ambiente de trabalho, ajudar os retardados que ganhavam mais do que eu e não sabiam nem desempenhar as próprias funções, quando me chamavam para chopadas imundas eu aceitava o convite (mesmo não querendo ir) e assim fui criando uma rede grande de contatos, até que fui indicado para um bom cargo na área de desenvolvimento.

    Puxa-saquismo ? Não, nunca babei ovo de ninguém, mas só por indicações através de "amizades" é que se consegue boas oportunidades nesse lugar de merda, apenas usei da engenharia social para conseguir um bom lugar e ser um "privilegiado".

    Te desejo sorte nessa tua nova fase, já fiz o mesmo que você alguns anos atrás e de fato é libertador trabalhar para você mesmo, infelizmente por alguns acasos do destino não pude continuar.

    Continue com o blog e um grande abraço.

    Anon do networking

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! É legal saber que colegas da área estão lendo o blog também!
      Eu também para conseguir mudar de cargo tive de "socializar" com gente que eu detestava. Aqui no Brasil não te avaliam pelos conhecimentos e produtividade: tem que ser falastrão, palhação, piadista de escritório.

      Cara, se pintar um trampo numa empresa legal com um salário legal posso pensar em passar uns 6 meses para levantar uma grana para planos futuros.

      Valeu pelo incentivo do blog e abraços!

      Excluir
  6. Olá, li todo o post e tou aqui torcendo por vc sem nem te conhecer. Duas coisas no seu texto me deixaram pensativo, a primeira foi do gestor que foi duro com vc, achei um tremendo fdp, como pode existir pessoas desse jeito querendo foder até com direitos do outro??!!
    O segundo foi do coroa que te elogiou e te desejou sorte, senti pena dele.
    Boa sorte cara, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O gestor só estava nervoso, a tia do RH falou que posso ficar tranquilo que tudo que for de direito e na lei eu vou receber sem problemas.
      O coroa é uma ótima pessoa, faz o trampo de uns 8 caras! Certa vez numa reunião o gestor anunciou que apesar do tiozão estar lá faz tempo e apesar de ter certificações e saber muito ele NÃO TEM PERFIL DE LÍDER ou ESPECIALISTA e nunca vai conseguir sair do primeiro nível! Conheço o cara e SIM, ele seria um bom líder.

      Obrigado pelo comentário man! Abraços!

      Excluir
    2. Ele não seria um bom líder só por não ser falastrão? Por isso não ia para frente?

      Excluir
    3. Caro Anônimo13 de julho de 2016 23:09: o problema é que aqui no Brasil é que além do cara ter que ser um super-técnico com habilidades mutantes, o cara também tem que ter a habilidade e molejo de um passista de escola de samba, a irreverência afro-indígena de um comediante do Pânico na TV e a criatividade de um artista do Hermes e Renato para fazer a chefia e coleguinhas darem risada no expediente e nas happy-hours.
      Para os gestores e gerentes que dão o aval para o cara subir de cargo, não basta ser um funcionário sério e expert no que faz, tem que ser um falastrão como eles.
      Quem manja mesmo de computação e afins dificilmente é um palhaço comediante de escritório pois está concentrado em resolver problemas e criar novas soluções.

      Excluir
  7. Lembro que nas duas décadas passadas diziam que TI era a profissão do futuro. Que bando de idiotas. As profissões que mais dão dinheiro são justamente as mais antigas do mundo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, diziam e ainda dizem isso nos jornais e tvs. Podem inventar APPS coloridos, cheios de purpurina e cheirinho de chiclete mas no fim, a onda passa e voltamos à velha forma de comércio: trocar trabalho por dinheiro e dinheiro por mercadorias e serviços, e para esse movimento funcionar não é necessário nada além de força e pensamento.

      Excluir
  8. Boa sorte nesta nova fase confrade Gerson!

    Gestor FDP esse hein! Nem pode ser chamado de gertor esse traste.

    O tiozinho que te elogiou é o retrato futuro de muitos jovens sonhadores que vivem neste brasil sonhando com um futuro melhor que nunca chega, aliás chega sim, a morte!

    Que você possa fazer parte de uma nova geração empreendedora, sonhadora, idealizadora e principalmente REALIZADORA!

    Um Abraço e parabéns pela coragem!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Mestre!
      o gestor só estava nervoso, falou apenas por falar para desabafar (ele é comandado por uma mulherzinha irritante que está acima dele na empresa).

      o tiozinho é muito gente boa, mas em TI meu amigo: se você até os 30 anos não alcançou o posto de gerente ou gestor ESQUECE, não é com 52 anos que vai conseguir! Infelizmente é assim. Abraços!

      Excluir
  9. Se todos os clientes de TI no Bostil falassem inglês o suporte já teria sido terceirizado para a Índia... Parabéns pela coragem, Gordo. Votos de sucesso na nova rotina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trabalhei numa empresa que demitiu o suporte inteiro do primeiro ao terceiro nível deixando apenas dois caras alocados na empresa, o resto foi terceirizado para um CallCenter indiano que tinha técnicos indianos que arranhavam o Português! Também usavam um callcenter na MALÁSIA para atendimento remoto. Bizarro!
      Valeu man! Obrigado!

      Excluir
  10. Eu, você e os outros anons da TI somos commodity do século XXI.

    ResponderExcluir
  11. Olá cara!

    Seus textos são muito interessantes continue escrevendo e não nos abandone hehehe.

    Duas coisas:

    O que vc aconselharia para um jovem de 18 anos que está começando no mercado de TI? No momento ele só pensa em aprender programação e se aprofundar em alguns frameworks para tentar alguma vaga de programador e sair do suporte! ( meu irmao )

    Segundo: Vc vai concluir a história do pseudo marketing digital e seus testes na faculdade? Estou ansioso para ver os resultados. Pois sou formado na área e antes de ler o seu blog sonhava em construir um negócio do zero que vendesse milhares de infoprodutos no piloto automático e eu apenas administrasse esse empreendimento de qualquer lugar do mundo hehehe. Obrigado por abrir meus olhos!

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado cara pelo elogio, eu realmente penso muitas vezes em abandonar o BLOG mas no fim acabo voltando atrás.

      O seu irmão está fazendo certo, saber alguns frameworks muitas vezes tem mais peso que muita certificação por aê, todo programado no BRASIL tem que ter o objetivo de se tornar um GERENTE DE PROJETOS para no futuro não ficar desempregado ou subempregado aos 35 anos.

      Sim, vou publicar sim o trabalho sobre marketing digital, está quase pronto. Aguardem!

      Cara, se você não tiver problemas em ganhar dinheiro vendendo ILUSÕES você realmente pode ACUMULAR MUITO DINHEIRO co infoprodutos. Estamos no Brasil e numa época difícil: há milhões de brasileiros desesperados em busca de ALGUM SEGREDO ou técnica para ficar rico, sacou?

      Eu particularmente não conseguiria fazer isso por questões MORAIS, sei lá... Prefiro o velho ciclo de compra-venda-revenda de produtos físicos ou prestação de trabalhos intelectuais cara-a-cara.

      Abraços!

      Excluir
    2. Vítima do Épico Brocha detected.

      Excluir
  12. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  13. Amigo, não leve a mal, sempre acompanhei seu blog. Mas desconfio de suas estórias, cada vez mais você utiliza de situações fantasiosas nos posts.

    No seu primeiro post de 2015 você disse que não tinha nem 30 anos. Neste já diz que tem 37.

    Gosto dos seus posts, mas acho que você está fugindo muita da realidade. E isso acaba por comprometer o intuito principal de páginas desta natureza: contar o sofrimento real de pobres como nós!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já esclareci em um texto anterior que o único fato não verdadeiro que escrevi era a idade; não tenho culpa de ter acontecido tanta coisa na minha vida, 37 anos não são 3 meses, sempre procurei enriquecer minha existência experimentando de tudo e participando de experiências SEM PRECONCEITO NENHUM.
      Passei por todas as situações que escrevo nos textos. Se eu não tivesse buscado coisas novas na juventude quando tinha mais liberdade para ERRAR hoje seria apenas mais um pinguço, cheirador de pó, pobre de espírito e de experiências, reclamão e chorão em busca da felicidade nas esquinas de SP ou em parcelamentos sem fim em cartões de crédito.
      Escrevo bem pois antes da TI cursei também 4 anos de Letras e Literatura em uma boa faculdade e sempre li muito.
      Me sentiria muito mal em escrever mentiras aqui, não faz parte da minha índole.
      Como digo: sou completamente BIZARRO a começar pelo meu nome verdadeiro. Meus pais e parentes não são típicos brasileiros, nasci aqui numa família FECHADA e minha criação e o que os adultos mais próximos falam e te ensinam como tradição moldam sua vida e pensamento.

      Excluir

Comentários liberados, porém, se exagerar e postar discursos de ódio, preconceitos e spam vai levar bam! Att Gerson Ravv

Post Top Ad

Your Ad Spot