Boa noite pessoal! Como está dito na minha descrição do blog, trabalho na área de TI mas desde criança fui interessado em computadores e similares.


Mensagem subliminar de um Pinguim traficante? Não! Apenas o mascote da distro SLACKWARE!


Eu tinha vizinhos japoneses que também eram fissurados em tecnologia e eles sempre apareciam com algum PC sucateado da IBM de tela verde ou daqueles computadores bem primitivos da Atari que traziam do Paraguai . Eles trabalhavam na feira e tinham banca de pastel) e me davam aula de reforço de matemática pois eram feras e depois deixavam eu fuçar em suas máquinas enquanto eu assistia o programa do BOZO (nossa que bosta!).

Os japas só deixavam eu assistir essa merda e mexer em seus PCS da IBM tela verde seu acertasse as expressões numéricas que eles passavam. Nossa que bosta!   


Hoje os sistemas operacionais em desktops dominantes aqui no Brasil são: Windows e Linux, mas é claro que existe muito mais gente usando Windows do que Linux.

Vou abaixo analisar os pontos positivos e negativos dos dois sistemas e o impacto na vida de um cara pobre que busca conexão na internet e conhecimento e o que cada um desses sistemas causam
direta ou indiretamente na produtividade do usuário em seu dia a dia na frente do monitor do PC.

WINDOWS

Uso muito o WINDOWS no trabalho apesar de também utilizar um notebook com Linux ao lado do desktop.


O sistema de Bill Gates foi evoluindo lentamente através dos anos e após fracassos como o WINDOWS VISTA e o WINDOWS 8 que desagradou usuários do mundo todo, hoje temos o WINDOWS 10 e minhas impressões sobre essa nova versão foram POSITIVAS: o sistema se mostrou bem mais estável sem tantos erros e travamentos; as janelas estão mais clean e o modo de buscar dados no sistema estão bem mais amigáveis e fáceis de manejar e encontrar o que se procura não é mais uma TORTURA como era no WINDOWS 8.
Um ponto positivo do Windows 10 é a opção de baixar programas auxiliares ou DRIVERS em sua loja virtual da MICROSOFT com rapidez e sem frescuras.



SEGURANÇA: realmente o Windows continua sendo o alvo preferido de crackers quando o assunto é invasão e roubo de dados: basta navegar na internet e esbarrar em um site malicioso ou baixar qualquer coisa para seu antivírus apitar como louco detectando ameaças; sem um bom antivírus PAGO você praticamente não tem segurança nenhuma ao navegar usando o windows, isso mesmo: somente antivírus PAGOS são eficazes no controle de infecções por vírus e malwares no WINDOWS. Para um sujeito pobre ter os dados do cartão de crédito ou dados de conta corrente roubados pode significar um grande prejuízo.




DIVERSÃO: infelizmente tenho que concordar que em matéria de jogos o Windows ainda supera em milhões de anos luz o Linux; com qualquer placa de vídeo 1GB de ram já dá pra jogar alguns games interessantes.

PRODUTIVIDADE: para quem usa planilhas, digita textos para trabalhos de faculdade, cria slides para apresentações ou usa programas para formatar fotos e vídeos também dou ponto positivo para o Windows e seu pacote OFFICE e outros programas de edição de imagens/vídeos : os nerdões e metidos a GEEKS ALTERNATIVOS podem chorar, esmurrar o teclado mas tenho que dizer: o OFFICE SUPERA QUALQUER OUTRO PACOTE DE PROGRAMAS DE ESCRITÓRIO e o OPEN OFFICE/LIBRE OFFICE da vida NÃO TEM NEM COMPARAÇÃO o quesito PRODUTIVIDADE E ESTABILIDADE, programas FREE não chegam nem perto do PACOTE OFFICE do Windows.
Experimenta fazer um trabalho de faculdade no OPEN OFFICE no LINUX seguindo as regras da ABNT e depois entrega por e-mail pra você ver a nota que você vai tirar: fica tudo desformatado quando o professor ler no Office dele...
Para um sujeito explorado por metas e notas, usar o office da Microsoft poupa horas de dor de cabeça.


crédito da imagem: http://img08.deviantart.net/47df/i/2008/241/b/9/mickeysoft_by_side_fx23.jpg 

Apenas lembrando que todo produto da MICROSOFT COBRA VALORES na forma de LICENSAS DE USO e a maioria é bem CARA mesmo, porém, eu digo: uma instalação PIRATA de um sistema ou software pode custar MUITO CARO no futuro gerando dores de cabeça e violações anais no usuário pois para ativar os produtos utilizam mini-programas infestados de vírus e malwares.



LINUX

Agora vou falar do sistema OPEN SOURCE (sistema de código aberto) que mais uso em casa. O pessoal costuma dizer: “Linux é grátis, logo, o que é grátis não presta!”; mas não é bem assim: algumas versões do sistema (DISTROS) ou distribuições realmente são GRATUÍTAS, porém, muitas vezes o suporte é cobrado e temos distros como a RED-HAT que não é grátis.

Existem milhões de versões do sistema Linux para todos os gostos e níveis de habilidade; como no Windows, nas versões modernas conseguimos baixar e instalar softwares PAGOS ou GRATUITOS através dos chamados REPOSITÓRIOS, o fato de que algumas distribuições Linux serem de graça faz com que muitas vezes o valor cobrado em um notebook ou desktop seja mais baixo do que um mesmo desktop ou notebook com o Windows. Para um sujeito pobre todo desconto é LUCRO.




 

SEGURANÇA: se você que é entusiasta do Linux pensa que vou dizer que Linux é invulnerável está muito enganado... A arquitetura do sistema pode até ser mais bem estruturada e segura que o Windows, porém é aquilo: de que adianta um super-sistema-operacional se o usuário é uma mula-sem-cabeça que negligencia tudo o que se refere à segurança na hora da conexão ou utilização de softwares? A única diferença na segurança do Linux para o Windows é: se você por acaso infectar o PC rodando Linux com um software ou link malicioso somente aquele arquivo ou diretório em que você instalou o vírus ficará danificado e não se espalhará pela árvore do sistema de arquivos; já no Windows é como um efeito dominó: a infecção vai se espalhar pois a arquitetura do Windows favorece isso.

DIVERSÃO: somente nos últimos dois anos é que nós usuários Linux ganhamos alguns games mais bem feitos com gráficos bons, jogabilidade legal mas mesmo assim: os jogos atuais disponíveis para Linux não chegam nem perto dos ÓTIMOS GAMES desenvolvidos para a plataforma do tio Bill Gates.

PRODUTIVIDADE: esse fator depende: se você for um programador que utiliza constantemente as linguagens mais FODELONAS como C, C++ e PHP programar utilizando um PC com Linux faz você ganhar HORAS senão DIAS de produtividade; acredito que isso se deve ao fato de que todo programador (acho que a maioria) por ser curioso aprendeu a usar Linux NA MARRA e isso ajuda no desenvolvimento de habilidades com o TERMINAL (pesquisa na WEB pra saber mais) onde a comunicação com o PC é toda feita através de digitação de códigos, bem diferente do Windows e seus next-next-next arrastando mouse sem saber muito bem o que se está fazendo.
Ponto negativo: a produtividade cai e muito se você utiliza esses pacotes FREE de softwares de escritório tipo OFFICE_LIBRE e outros softwares de edição de imagens, arquivos, vídeos, etc.
Tente fazer um folder com o GIMP ou editar um vídeo com os programas gratuitos para Linux para ver se você não vai ter vontade de DINAMITAR o computador e depois tacar fogo nele...

Enfim, essas são somente as MINHAS OPINIÕES sobre os sistemas operacionais que mais são utilizados aqui no Brasil.

Minha dica é: procure os famosos SUCATÕES DE INFORMÁTICA e arranje um PC usado bem baratinho que você ou algum amigo que entenda faça um DUAL BOOT: você terá os dois sistemas disponíveis em seu computador, só não esqueça de que deve PRIMEIRO INSTALAR O WINDOWS na primeira partição  e na outra partição instale o LINUX. 

Com os dois sistemas no mesmo HD você vai treinando nos dois: a internet está repleta de vídeos e tutoriais com os segredos do Windows e Linux para quem quiser aprender DE GRAÇA.   



Como eu disse: utilizo os dois sistemas e ambos possuem qualidade e defeitos, pontos positivos e pontos negativos e confesso que não conseguiria viver sem os dois.

Talvez um dia teremos um sistema operacional que seja um super-híbrido dos dois sistemas e que tenha o melhor das DUAS FILOSOFIAS E PARADIGMAS, pois um sistema operacional nada mais é do que o reflexo do pensamento daqueles que os projetam e desenvolvem.

Boa noite e busquem o sucesso sempre!

Att Gerson Rav