Realmente não sei o que deu errado na minha vida... Me vejo hoje com quase 30 anos, mal casado, trabalhando num subemprego que exige curso superior, ganhando mixaria e TRABALHANDO EM PLENO SÁBADO EM SP...

Até “ontem”, eu era um gordinho feliz, morando com meus pais, assistindo animes japoneses mal dublados na TV aberta, comendo Doritos com coca-cola e engordurando os joysticks do meu playstation 2, passando a mão no saco e cheirando imaginando que era o cheiro da minha vizinha (coisa de macaco?). Não consigo me lembrar em que momento minha vida virou esse pesadelo.

Agora estou aqui, nesse escritório fedorento, o carpete tem cheiro de jaula, sala abafada pois meu chefe (mais gordo, careca e tetudo que eu) não permite que os funcionários que trabalham no sábado utilizem o ar condicionado com a desculpa de que como nesse dia há pouca gente, não há necessidade de gastar energia com o ar condicionado.

Nem a tia severina da limpeza trabalha hoje! Fora eu, tem mais dois infelizes na empresa hoje: a analista trintona saiu para almoçar e não voltou mais e o meu coordenador disse que ia fumar lá fora e já se passaram 3 horas.

Olho para a tela do computador e quase vomito de ansiedade ao ver essas planilhas chatas do Excel: quem foi o FDP que inventou essas porcarias??? Não seria mais simples resolver tudo no ato sem precisar ficar anotando, medindo e planilhando tudo o que fazemos? Uma mistura de tédio e ansiedade ficam oscilando minha mente.



E esse cheiro de jaula? Quando fico sufocado vou até uma janelinha que fica ao lado da mesa do chefe para respirar um pouco, mas não gosto de passar alí: tem um cheiro impregnado na mesa e cadeira do cara que me fazem mal, sei lá, um cheiro estranho que me faz sentir inferior, fraco, sei lá, acho que no fundo ainda somos apenas animais que marcam seus territórios seja com cheiros ou símbolos de status...

Pelos meus pentelhos! Já são quase 18 horas! Cadê esses infelizes (o coordenador e a analista)? Somente eles possuem as chaves do escritório e o controle remoto do alarme, será que foram embora e esqueceram esse pobre tetudo? Esqueceram de mim?

Tédio... estou afundando no tédio. Para distrair um pouco, quando dá, e hoje que é sábado dá, fico lendo os posts do blog do Pobretão: tem cada comentário hilário! Cada post bombástico! Sei lá, queria fazer um blog de finanças como o dele, mas sou tão estúpido com números e como já disse: ODEIO planilhas!

Ah! Os meus dois colegas paspalhões voltaram, a analista passou por minha mesa apressada e piscou e apontou pra mim fazendo com a boca “tiiiisssss”(???) e deixou no ar um rastro com cheiro de... camisinha! Nossa! Onde será que foi e fez??? Vishi! Suspeito isso...

O coordenador com cara de burro cansado está com a cara mais inchada que paciente renal fazendo hemodiálise! Deve ter bebido todas na sexta-feira! Coitado! Tem até MBA mas tem que se submeter ao chefinho gordo, careca e tetudo se quiser continuar pagando as prestações de seu HB20!

Bom amigos, está quase na hora de eu ir embora, preciso fazer correndo um mini-relatório embromashion em planilhas do que fizemos (enrolamos) hoje, para que na segunda o Chefe olhe e diga: “Isso aê meninos! Vocês valem cada segundo dos seus bancos de horas!”. E vocês? Também trabalham aos sábados com BANCO DE HORAS?

Att Gerson Rav